Supercopa do Brasil de Futebol Feminino de 2023

A Supercopa do Brasil de Futebol Feminino de 2023, oficialmente Supercopa Feminina Betano por motivos de patrocínio,[1] foi a segunda edição dessa competição brasileira de futebol feminino organizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O torneio foi realizado entre 4 e 12 de fevereiro.[2]

Supercopa do Brasil de Futebol Feminino 2023
Supercopa do Brasil
Supercopa do Brasil de Futebol Feminino de 2023
Dados
Participantes 8
Organização CBF
Local de disputa Brasil
Período 4 – 12 de fevereiro
Gol(o)s 33
Partidas 7
Média 4,71 gol(o)s por partida
Campeã Corinthians (2.º título)
Vice-campeã Flamengo
Melhor marcadora 3 gols:
Maior goleada
(diferença)
Flamengo Rio de Janeiro 10–0 Ceará Ceará
Luso-BrasileiroRio de Janeiro
5 de fevereiro, quartas
Público 1 594
Média 797 pessoas por partida
◄◄ 2022 2024 ►►

O Corinthians foi bicampeão, após vencer o Flamengo, na final, por 4–1, com gols de Tamires e Millene — cada atleta marcou dois gols — sendo o primeiro de Tamires, aos 46 segundos do primeiro tempo e o mais rápido da história da competição. Com uma bonificação financeira histórica, o campeão recebeu 500 mil reais e o vice-campeão, 300 mil.[3]

Regulamento

editar

A competição foi disputada no sistema de mata-mata, no qual duas equipes se enfrentaram em jogo único e o vencedor foi promovido à próxima fase do torneio. Em caso de empate no tempo regulamentar, o vencedor da partida era decidido após uma disputa por pênaltis.[4][5]

O mando de campo pertenceu ao time da Federação melhor qualificada no Ranking da CBF.[6][7][8]

Equipes classificadas

editar
Estado Clube Forma de classificação
  Ceará Ceará Melhor colocado CE – Série A2
  Distrito Federal Real Brasília Melhor colocado DF – Série A1
  Minas Gerais Atlético Mineiro Melhor colocado MG – Série A1
  Paraná Athletico Paranaense Melhor colocado PR – Série A2
  Rio de Janeiro Flamengo Melhor colocado RJ – Série A1
  Rio Grande do Sul Internacional Melhor colocado RS – Série A1
  Santa Catarina Kindermann Melhor colocado SC – Série A1
  São Paulo Corinthians Melhor colocado SP – Série A1

Partidas

editar

Os confrontos foram sorteados, pela CBF, em 17 de janeiro de 2023.[9]

Em itálico, as equipes que possuiram o mando de campo no confronto e, em negrito, as equipes classificadas.
Quartas de final Semifinal Final
4 de fevereiro – Beira-Rio        
   Internacional 5
9 de fevereiro – Neo Química Arena
   Athletico Paranaense 1  
   Internacional 1
5 de fevereiro – Distrital do Inamar
     Corinthians 2  
   Corinthians 1
12 de fevereiro – Neo Química Arena
   Atlético Mineiro 0  
   Corinthians 4
4 de fevereiro – Serejão
     Flamengo 1
   Real Brasília 2
8 de fevereiro – Luso-Brasileiro
   Avaí/Kindermann 1  
   Real Brasília 2
5 de fevereiro – Luso-Brasileiro
     Flamengo 3  
   Flamengo 10
   Ceará 0  

Quartas de final

editar
4 de fevereiro Internacional   5 – 1   Athletico Paranaense Estádio Beira-Rio, Porto Alegre
18:45
Roberta   4'
Belén   25',   47'
Bruna Benites   37'
Djenifer Becker   56' (pen)
Súmula (CBF)
Financeiro (CBF)
  3' Verônica Público: 1 405
Renda: R$ 12 325,00
Árbitro:  SP Marianna Nanni Batalha

4 de fevereiro Real Brasília   2 – 1   Avaí/Kindermann Estádio Serejão, Taguatinga
21:00
Carol   53'
Karla   85'
Súmula (CBF)
Financeiro (CBF)
  17' Rafaela Público: 189
Renda: R$ 0,00
Árbitro:  MG Francielly Fernanda Lima de Castro

5 de fevereiro Corinthians   1 – 0   Atlético Mineiro Estádio Distrital do Inamar, Diadema
10:30
Vic Albuquerque   56' Súmula (CBF) Árbitro:  RJ Rejane Silva (FIFA)

5 de fevereiro Flamengo   10 – 0   Ceará Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
10:30
Sole Jaimes   2'
Crivelari   8',   66',   83'
Maria Alves   20'
Duda Francelino   29',   39'
Thaísa   74'
Gica   88' (pen)
Jucinara   90+2'
Súmula (CBF) Árbitro:  SC Charly Deretti (FIFA)

Semifinal

editar
Fonte: [10]
8 de fevereiro Flamengo   3 – 2   Real Brasília Estádio Luso-Brasileiro, Rio de Janeiro
21:30
Duda Francelino   42'
Rafaela Soares   46' (g.c.)
Sole Jaimes   56'
Súmula (CBF) Karla   8'
Gabrielly   60'
Árbitro:  MG Andreza Helena Siqueira (FIFA)

9 de fevereiro Corinthians   2 – 1   Internacional Neo Química Arena, São Paulo
16:20
Diany   58'
Tamires   69' (pen.)
Súmula (CBF) Priscila   84' Árbitro:  PE Deborah Cecilia (FIFA)
Fonte: [11]
12 de fevereiro Corinthians   4 – 1   Flamengo Neo Química Arena, São Paulo
10:15
Tamires   1',   57'
Millene   36' (pen.),   45+3'
Súmula (CBF) Daiane   68' Árbitro:  SE Thayslane Costa (FIFA)
Corinthians
Flamengo
G 12   Lelê    
LD 6   Belinha     82'
Z 3   Tarciane    
Z 74   Andressa    
LE 71   Yasmim     73'
V 8   Diany     65'
V 28   Ju Ferreira    
M 17   Vic Albuquerque     65'
A 18   Gabi Portilho    
A 14   Millene   37'   73'
A 37   Tamires       
Reservas:
G 1   Tainá    
LD 2   Katiuscia     82'
LD 13   Carol Tavares    
V 5   Luana    
V 55   Gabi Morais     65'
M 7   Grazi    
M 11   Liana Salazar     65'
M 20   Mariza    
A 30   Jaqueline   79'   73'
A 9   Jheniffer     73'
A 77   Carol Nogueira    
A 22   Fernandinha    
Treinador:
  Arthur Elias  
 
G 1   Bárbara    
LD 2   Monalisa     46'
Z 3   Daiane       
Z 27   Thais Regina   45+1'  
Z 81   Jucinara    
V 5   Kaylane Melo     43'
V 17   Thaísa     46'
M 10   Duda Francelino    
A 9   Maria Alves   18'   60'
A 19   Crivelari    
A 99   Sole Jaimes   41'  
Reservas:
G 23   Karol Alves    
LD 94   Rayanne     46'
Z 22   Agustina     46'
LE 6   Gisseli    
V 8   Cris    
M 11   Leidi    
M 18   Louvain    
M 32   Duda Rodrigues    
M 35   Kaylaine Souza     43'
A 7   Darlene    
A 21   Gica     60'
A 33   Tuca    
Treinador:
  Luis Andrade  

Premiação

editar
Supercopa do Brasil de Futebol Feminino de 2023
 
CORINTHIANS
Bicampeão
(2.º título)

Estatísticas

editar

Hat-trick

editar

Estes foram os hat-tricks do Campeonato:

Futebolista Gols Mandante Placar Visitante Data Etapa Ref.
1 Crivelari   8',   66',   83' Flamengo 10 – 0 Ceará 5 de fevereiro Quartas [13]

Transmissão

editar

Todos os jogos foram transmitidos pelo Grupo Globo, através do SporTV, sendo que quatro jogos também foram exibidos na TV Globo.[14][15][16]

Referências

  1. «Betano adquire naming rights da Supercopa do Brasil Feminina 2022». Games Magazine. 4 de fevereiro de 2022. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  2. Assessoria CBF (20 de dezembro de 2022). «CBF divulga calendário de competições femininas 2023». CBF. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  3. Assessoria CBF (12 de fevereiro de 2023). «Corinthians é bicampeão da Supercopa Feminina Betano 2023». CBF. Consultado em 12 de fevereiro de 2023 
  4. Assessoria CBF (14 de janeiro de 2023). «CBF divulga Regulamento Específico e Tabela Básica da Supercopa Feminina». CBF. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  5. «Regulamento Específico da Competição – Supercopa Feminina 2023» (PDF). CBF. 14 de janeiro de 2023. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  6. Assessoria CBF (5 de dezembro de 2022). «Corinthians é líder pelo terceiro ano consecutivo do Ranking Nacional de Clubes do Futebol Feminino 2023». CBF. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  7. «RNC/FF – Ranking Nacional de Clubes – 2023» (PDF). CBF. 5 de dezembro de 2022. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  8. «RNF/FF – Ranking Nacional de Federações – 2023» (PDF). CBF. 5 de dezembro de 2022. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  9. Assessoria CBF (17 de janeiro de 2023). «Sorteio define confrontos da primeira fase da Supercopa Feminina Betano 2023». CBF. Consultado em 3 de fevereiro de 2023 
  10. «Supercopa do Brasil de Futebol Feminino - 2023 - Semifinais». CBF. Consultado em 6 de fevereiro de 2023 
  11. «Supercopa do Brasil de Futebol Feminino - 2023 - Final». CBF. Consultado em 10 de fevereiro de 2023 
  12. «Tabela - Supercopa do Brasil Feminina». ge. Consultado em 5 de fevereiro de 2023 
  13. «Flamengo 10 x 0 Ceará». ge. 5 de fevereiro de 2023. Consultado em 10 de fevereiro de 2023 
  14. «Consolidado, futebol feminino inicia temporada com transmissão da Supercopa do Brasil». O Globo. 5 de fevereiro de 2023. Consultado em 2 de outubro de 2023 
  15. Entretenimento, Portal Uai (10 de fevereiro de 2023). «Semifinal da Supercopa feminina faz Globo crescer 37% em audiência». Portal Uai Entretenimento. Consultado em 2 de outubro de 2023 
  16. Esporte, Redação Máquina do (13 de fevereiro de 2023). «Globo obtém 11 pontos de audiência com Corinthians x Flamengo na Supercopa Feminina». Máquina do Esporte. Consultado em 2 de outubro de 2023 

Ligações externas

editar