Supremo Conselho

Supremo Conselho é uma Instituição maçônica autônoma que congrega Lojas Maçônicas dos chamados Altos Graus do Rito Escocês Antigo e Aceito, ou seja, dos Graus 4 ao 33. Foi criado a partir de uma dissidência do Grande Oriente.[1]

O Supremo Conselho mantém tratados de reconhecimento com as Obediências Maçônicas Simbólicas, só aceitando membros oriundos dos Graus Simbólicos destas.

Assim como nos Graus Simbólicos da Maçonaria (Graus 1 a 3), onde existe uma autoridade física chamada de Grão Mestre, no Supremo Conselho a autoridade máxima é denominada Soberano Grande Comendador.

Supremos Conselhos no BrasilEditar

No Brasil existem diversos Supremos Conselhos conforme a existência de Grandes Orientes ou Grandes Lojas, sendo os principais:

  • O Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito para a República Federativa do Brasil, que tem tratado de reconhecimento com a CMSB, é reconhecido internacionalmente. Aceita membros filiados ao Grande Oriente do Brasil, CMSB e COMAB.
  • O Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito, que possui tratado de reconhecimento com o Grande Oriente do Brasil e desde setembro de 2014 foi restabelecido seu reconhecimento internacional através do tratado com o Supremo Conselho do Grau 33 para Inglaterra e País de Gales e seus Distritos e Capítulos além-mar. Aceita membros filiados ao Grande Oriente do Brasil e CMSB.
  • O Supremo Conselho dos Graus Escoceses do 4 ao 33 Para o Brasil, que possui tratado de reconhecimento com o Grande Oriente do Brasil, Cofederação PAN-AMERICANA Dos Supremos Conselhos R.·.E.·. A.·. A.·. e com o Alliance Internationale Maçonnique Ecossaise.
  • O Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito, com sede em São José do Rio Preto-SP, que tem tratado de reconhecimento com as Jurisdições Norte e Sul dos Estados Unidos, Grande Oriente de Portugal e Grande Logia Simbólica Espanhola é reconhecido internacionalmente em alguns continentes. Aceita membros filiados ao Grande Oriente do Brasil, CMSB e COMAB.

A 15 de novembro de 1965, era assinado o Tratado de Amizade e Aliança Maçônica do Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 para o Rito Escocês Antigo e Aceito com o Grande Oriente do Brasil, o qual foi publicado no Boletim Oficial nº 19, Ano III, novembro/dezembro – 1965.

Histórico de Soberano Grande ComendadoresEditar

Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria Para a República Federativa do BrasilEditar

Supremo Conselho do Brasil do Grau 33 Para o Rito Escocês Antigo e AceitoEditar

Supremo Conselho dos Graus Escoceses 4 ao 33 para o BrasilEditar

  • JOSÉ MENEZES JUNIOR, 33.·.                                                   Exercício - 27.10.1972 a 27.10.1977
  • JOSÉ CACCÁOS, 33.·.                                                                 Exercício - 27.10.1977 a 27.03.1981
  •  ORLANDO SIQUEIRA, 33.·.                                                        Exercício - 28.06.1981 a 24.10.1987
  • ARNALDO FARIA, 33.·.                                                                Exercício - 24.10.1987 a 21.06.1993
  • ARY PANSE, 33.·.                                                                         Exercício - 21.06.1993 a 26.02.1995
  • DURVAL DE OLIVEIRA, 33.·.                                                       Exercício - 27.02.1995 a 24.06.2004
  • ANTONIO JOSÉ ANICETO ROSSI, 33.·.                                     Exercício - 25.06.2004 a 22/06/2017.
  • VITORINO AUGUSTO DO NASCIMENTO MORGADO 33.·.      Exercício a partir de 23.06.2017.

Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito - São José do Rio Preto-SPEditar

  • 1919-1924 Rafael de Abreu Sampaio Vidal, 33° ( Ministro de Estado )
  • 1925-1929 Getúlio Vargas, 33° ( Ministro de Estado )
  • 1930-1934 Marcelo Torquato Vasconcelos, 33°
  • 1935-1939 Fernando Matarazzo, 33°
  • 1940-1944 Rummeniegge Moura Mattos, 33°
  • 1945-1949 Ronaldo Silva Matarazzo, 33°
  • 1950-1954 Osvaldo Aranha, 33° ( Ministro de Estado )
  • 1955-1959 Ângelo Tabatinga Dasen Melo, 33°
  • 1960-1964 Breno Gonçalves de Oliveira, 33°
  • 1965-1969 Emiliano Carneiro Rodrigues, 33°
  • 1970-1974 Luiz Alberto Carneiro Leão, 33°
  • 1975-1979 Antônio Rodrigues Marinho, 33°
  • 1980-1984 Josué de Lima, 33°
  • 1985-1989 Ernandes Cavalcanti Aragão, 33°
  • 1990-1994 Alberto de Moura, 33°
  • 1995-1999 Marcos Soares de Franca, 33°
  • 2000-2004Luiz Costa da Conceição, 33°
  • 2005-2009 Ademir Félix da Costa Júnior, 33°
  • 2010-2014Gabriel Victor Albuquerque, 33°
  • 2015-2019 Francisco Nunes Noronha, 33°
  • A partir de 2020 Marco Aurélio Ribeiro, 33°

Referências

  1. «O Dicionário da Maçonaria». Consultado em 19 de julho de 2018  Texto "autor-Super Interessante]]" ignorado (ajuda)

Ligações externasEditar


  A Wikipédia possui o
Portal da Maçonaria.