Abrir menu principal
Surf's Up
Dia de Surf (PRT)
Tá Dando Onda (BRA)
 Estados Unidos
2007 •  cor •  85 min 
Direção Ash Brannon
Chris Buck
Roteiro Lisa Addario
Christian Darren
Don Rhymer
Elenco Shia LaBeouf
Zooey Deschanel
Jeff Bridges
James Woods
Jane Krakowski
Género animação
Lançamento Estados Unidos 8 de Junho de 2007
Portugal 2 de Agosto de 2007
Brasil 26 de Outubro de 2007
Idioma inglês
Receita $149 milhões
Cronologia
Surf's Up 2 (2017)
Página no IMDb (em inglês)

Surf's Up (bra: Tá Dando Onda /prt: Dia de Surf) é uma animação computadorizada produzida pela Sony Pictures Animation. Foi lançada em 8 de junho de 2007 nos Estados Unidos e em 26 de outubro de 2007 no Brasil. O filme contou com a direção de Ash Brannon (codiretor de Toy Story 2) e Chris Buck (diretor de Tarzan).

Em Portugal Dia de Surf estreou em 2 de Agosto de 2007.[1][2][3]

EnredoEditar

Cadu Maverick é um grande surfista fã de surfe. Seu ídolo Big Z falecido há alguns anos foi sempre sua inspiração para se desenvolver dentro do surfe. Usando um colar presenteado pelo seu próprio ídolo, Cadu passa os dias de sua vida surfando e se imaginando o campeão da categoria. Um dia, resolve ir ao campeonato mundial de surfe: uma competição anual em memória de Big Z. No caminho para o local da competição Cadu cria amizade com João Frango um maluquinho surfista desajeitado, ao chegar ao local fica sem muita simpatia pelas pessoas locais, Cadu logo arruma briga com o atual campeão da competição, Tank Evans um surfista trapaceiro que gosta de provocar os competidores.

Cadu deixa a briga de lado, mas logo conta com a ajuda de Geek, um velho surfista morador da região, que não liga muito com os surfistas locais. Com o tempo, os dois vão criando uma forte amizade, ao mesmo tempo em que Cadu se apaixona pela sobrinha de Geek, a salva-vidas Lani. Agora, com a ajuda de seu melhor amigo João Frango, Cadu vai dar tudo de si para provar, em pleno campeonato real, que Tank Evans não é o melhor da categoria.

ElencoEditar

Personagem Original   Dobragem  
Cody Maverick Shia LaBeouf[4] Tiago Castro[5]
Lani Allikai Zooey Deschanel[4] Margarida Cardeal[5]
Geek Jeff Bridges[4] Fernando Luís[5]
Chicken Joe Jon Heder[4] António Feio[5]
Tank 'The Shredder' Evans Diedrich Bader[4]
Reggie Belafonte James Woods[4] Filipe Duarte[5]
Mikey Abromowitz Mario Cantone[4] André Maia[5]
Kelly Kelly Slater[4]
Rob Rob Machado[4]
Locutor da SPEN Sal Masekela[4]
Glen Maverick Brian Posehn[4]
Edna Maverick Dana L. Belben[4]
Arnald Reed Buck[4]
Kate Reese Elowe[4]
Smudge Jack P. Ranjo[4]

ProduçãoEditar

Os cineastas inventaram uma nova tecnologia para simular o set de filmagem, fazendo com que os movimentos de câmera pareçam realmente que estamos assistindo a um documentário. Ele ligavam pontos entre o teto da parede e colocavam superfícies ligadas por volta da sala. Assim, onde a câmera fosse, o set virtual entendia o movimento instantâneo, sem parar a animação. Dessa forma, os animadores e o pessoal dos efeitos visuais teriam mais liberdade em se mover ao longo do set, dando a impressão de um documentário antigo.

O filme entrou em pré-produção no ano de 2002, 4 anos antes de O Bicho vai Pegar, primeiro filme de animação do estúdio, chegar aos cinemas.

O longa-metragem chegou a ser indicado ao Oscar em 2008, na categoria de Melhor Filme de Animação. Mas perdeu para o filme da Pixar, Ratatouille.

RecepçãoEditar

Comentários do filme foram, em geral positivas, conquistando 78% no Rotten Tomatoes por 143 votos, levando o consenso " Ressaca acima é um filme de animação previsto para trás, visualmente deslumbrante que traz um toque fresco para algumas convenções familiares. Seu formato mockumentary espirituoso é divertido e inventivo, eo CGI é incrivelmente realista.''[4] . No Metacritic, o filme mantém uma pontuação de  64% em 100, com base em 26 críticos, indicando "revisões positivas'.[6]

Video GameEditar

Uma versão em videogame do filme foi lançada dias depois do lançamento do filme. O game está disponível para as plataformas Playstation 3, Playstation 2, Xbox 360, Nintendo GameCube, Wii, Nintendo DS, PSP e PC.

DVDEditar

O DVD do filme foi lançado nos Estados Unidos no dia 9 de outubro de 2007, enquanto que, no Brasil, foi lançado em meados de novembro. O DVD do filme incluiu extras voltados para a área da tecnologia, dispensando um pouco os jogos infantis e demais atrativos para o público pré-adolescente.

  • Comentários em áudio dos diretores
  • Curtas-Metragens - The ChubbChubbs/The ChubbChubbs Save Xmas
  • Cenas Excluídas
  • Ilustrações de Surfe com Arnaldo
  • Demonstrando nova tecnologia
  • Encontrando os Pinguins
  • Jogos e Atividades
  • Sequência de Criação
  • Videoclipe - Lose Myself
  • Galerias de Imagens
  • Trailers - (Sem Legendas)
  • Formato de Tela - widescreen

Banda SonoraEditar

O filme apresenta, na trilha sonora, parte das músicas "Holiday" e "Welcome to Paradise", da banda americana Green Day e mais:

  1. "Reggae Got Soul" - 311
  2. "Drive" - Incubus
  3. "Stand Tall" - The Dirty Heads
  4. "Lose Myself" - Lauryn Hill
  5. "Just Say Yes" - Ken Andrews
  6. "Forrowest" - Forro in the Dark
  7. "Pocket Full of Stars" - Nine Black Alps
  8. "Into Yesterday" - Sugar Ray
  9. "Big Wave" - Pearl Jam
  10. "Wipe Out" - The Queers
  11. "Run Home" - Priestess
  12. "What I Like About You" - The Romantics
  13. "You Get What You Give" - New Radicals
  14. "Hawaiian War" - Bob Wills & His Texas PIayboys

Referências

  1. «Ficha : Dia de Surf». IOL Cinema. Consultado em 8 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 5 de agosto de 2007 
  2. Jorge Mourinha (3 de agosto de 2007). «Crítica : Dia de Surf». Público. Consultado em 8 de dezembro de 2010. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2018 
  3. «Lazer : Estreias Cinema». Millennium BCP. Consultado em 8 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 2 de agosto de 2007 
  4. a b c d e f g h i j k l m n o p «Surf's Up». www.rottentomatoes.com. Para ver elenco total clicar "View All" em "Cast". 8 de junho de 2007. Consultado em 21 de janeiro de 2016 
  5. a b c d e f «Cartaz Cinema : Dia de Surf». Expresso. personagem denominado "Mikey Abramowitz". 2 de agosto de 2007. Consultado em 19 de outubro de 2017 
  6. «Surf's Up». Metacritic. Consultado em 21 de janeiro de 2016 

Ligações externasEditar