Surto de cólera no Iêmen (2016–presente)

O Surto de cólera no Iêmen (português brasileiro) ou Iémen (português europeu) é um surto de cólera que começou no Iêmen em outubro de 2016[1] e está em andamento até os dias atuais.[2] Em fevereiro e março de 2017, o surto estava em declínio,[3][4] mas o número de casos de cólera ressurgiu depois de 27 de abril de 2017,[5] supostamente dez dias depois que o sistema de esgoto de Saná parou de funcionar.[6] A devastação dos sistemas e instalações de infraestrutura, saúde, água e saneamento do Iêmen pelos ataques aéreos da coalizão liderada pela Arábia Saudita levou à disseminação da cólera.[7][8][9] Ataques aéreos da coalizão liderada pela Arábia Saudita estão deliberadamente visando os sistemas de água no Iêmen.[10][11][12] A ONU acusou a coalizão liderada pela Arábia Saudita de "total desrespeito pela vida humana".[13]

O surto é o resultado da guerra em andamento liderada pela coalizão liderada pelos Sauditas contra os Houthis no Iêmen desde março de 2015. Conforme indicado na declaração dos diretores executivos da UNICEF e da OMS: "Este surto mortal de cólera é a consequência direta de dois anos de conflito pesado. O colapso dos sistemas de saúde, água e saneamento cortou 14,5 milhões de pessoas do acesso regular a água potável e saneamento, aumentando a capacidade de disseminação da doença. O aumento das taxas de desnutrição enfraqueceu a saúde das crianças e as tornou mais vulneráveis à doença. Estima-se que 30.000 trabalhadores de saúde locais dedicados, que desempenham o maior papel no fim deste surto, não recebem seus salários há quase 10 meses".[14] O surto é duma "escala sem precedentes", segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), uma das piores da história registrada.[15]

Até novembro de 2019, já tinha infectado 2 236 570 pessoas no Iêmen (quase 10% da população do país), causando pelo menos 3 886 mortes confirmadas.[16]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Cholera cases in Yemen». Organização Mundial da Saúde. 10 de outubro de 2016. Consultado em 26 de junho de 2017 
  2. «WHO EMRO | Outbreak update – Cholera in Yemen, 14 April 2019 | Cholera | Epidemic and pandemic diseases». WHO EMRO. 14 de abril de 2019. Consultado em 20 de abril de 2019 
  3. «Update on cholera in Yemen». Organização Mundial da Saúde. 26 de fevereiro de 2017. Consultado em 27 de junho de 2017 
  4. «Cholera situation in Yemen: May 2017» (PDF). Organização Mundial da Saúde. Consultado em 27 de junho de 2017 
  5. «Statement from UNICEF Executive Director Anthony Lake and WHO Director-General Margaret Chan on the cholera outbreak in Yemen as suspected cases exceed 200,000». UNICEF. Consultado em 26 de junho de 2017 
  6. Bruwer, Johannes (25 de junho de 2017). «The horrors of Yemen's spiralling cholera crisis». BBC News. Consultado em 26 de junho de 2017 
  7. «Thousands in Yemen get sick in an entirely preventable cholera outbreak». Consultado em 19 de setembro de 2018 
  8. «U.S. Support "Vital" to Saudi Bombing of Yemen, Targeting Food Supplies as Millions Face Famine». Consultado em 19 de setembro de 2018 
  9. Kennedy, Jonathan (2 de agosto de 2017). «Blame the Saudis for Yemen's cholera outbreak – they are targeting the people - Jonathan Kennedy». The Guardian. Consultado em 19 de setembro de 2018 
  10. «Access to water continues to be jeopardized for millions of children in war-torn Yemen». www.unicef.org. Consultado em 19 de setembro de 2018 
  11. «PressTV-UNICEF censures Saudi attacks on Yemen water systems». Consultado em 19 de setembro de 2018 
  12. Sputnik. «Water Facility Attack Cuts Off 10,500 People From Safe Drinking Water in Yemen». sputniknews.com. Consultado em 19 de setembro de 2018 
  13. «Saudi-led air strikes in Yemen killed 68 civilians in one day, UN says». Consultado em 19 de setembro de 2018 
  14. «UNICEF Yemen - Media centre - Statement from UNICEF Executive Director Anthony Lake and WHO Director-General Margaret Chan on the cholera outbreak in Yemen as suspected cases exceed 200,000». www.unicef.org. Consultado em 2 de outubro de 2017 
  15. Lyons, Kate (2 de outubro de 2017). «Yemen's cholera outbreak now the worst in history as millionth case looms». The Guardian (em inglês). Consultado em 23 de fevereiro de 2018 
  16. WHO Regional Office for the Eastern Mediterranean Cholera Situation in Yemen November 2019". Acessado em 30 de novembro de 2019.
  Este artigo sobre epidemias ou pandemias é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.