Abrir menu principal
Question book-4.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde agosto de 2019). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Suzana Faini
Faini em 2018.
Nome completo Myriam Suzana Faini
Outros nomes Suzana Faíni
Nascimento 09 de março de 1933 (86 anos)
São Paulo, SP
Nacionalidade brasileira
Cônjuge Livío Rangan
Filho(s) Milenka Rangan (n. 1963)
Ocupação atriz
bailarina
Período de atividade 1969–presente
Prêmios

Myriam Suzana Faini, mais conhecida apenas como Suzana Faini (São Paulo, 09 de março de 1933) é uma atriz e ex-bailarina brasileira.

Índice

BiografiaEditar

Suzana Faini nasceu na cidade de São Paulo em 09 de março de 1933 e mesmo sendo uma das atrizes mais dedicadas ao seu ofício, dos 19 aos 34 anos de idade foi bailarina. Como atriz Suzana integrou o elenco de importantes novelas, entre os grandes feitos de sua carreira está o fato de ser a única atriz que participou das duas versões da novela Selva de Pedra.

Dos 19 aos 34 anos, Suzana trabalhou como bailarina profissional. Foi ano de 1967 que decidiu começar a participar de aulas de artes dramáticas, sendo uma das primeiras alunas de Maria Clara Machado antes da abertura do "O Tablado". A transição aconteceu de maneira muito natural, pois como bailarina, Suzana fazia muitos trabalhos de danças mais interpretativas. A partir do começo do estudo, Suzana encontrou oportunidades como atriz ingressando no cinema em 1969 no filme Os Paqueras de Reginaldo Faria.

Começou a atuar em telenovelas em 1969 com Rosa Rebelde. Despontou no ano de 1970, quando teve um desafio ao interpretar o papel de Cema na novela Irmãos Coragem. A personagem sofria com uma gravidez complicada.

No teatro começou no ano de 1971 com a peça Hoje é dia de Rock de autoria de José Vicente. Participou de peças de grande sucesso como Hamlet, peça adaptada da obra de Shakespeare. No ano de 2011, participou do musical Sete e no ano seguinte atuou na peça A Mecânica das Borboletas em que contracenou com Eriberto Leão, Ana Kutner e Otto Jr.

A carreira de Suzana Faini é recheada de trabalhos de grande sucesso na TV como Dancin' Days, Pai Herói, Eu Prometo e as minisséries Chiquinha Gonzaga e Hoje é Dia de Maria. O cinema também faz parte da carreira da atriz e dentre os sucessos de mais destaque estão O Crime de Zé Bigorna, Eternamente Pagu e A Extorsão, que lhe rendeu prêmio de melhor atriz coadjuvante no Festival de Cinema de Lages em 1975.

Em 1988, deu vida à exigente dona de casa Maria em Vida Nova. Na trama, Maria era casada com Amadeu, interpretado por Rogério Márcico, e mãe de Bianca, interpretada por Patricia Pillar[1] Sua personagem era dura com a filha e sua atuação a fez ganhar o Troféu APCA de melhor atriz coadjuvante. Em 1989, esteve no elenco de Top Model, onde interpretou a viúva batalhadora Cleide, mãe da protagonista Duda, interpretada por Malu Mader.[2]

Durante alguns bons anos a atriz esteve afastada da TV, a sua última atuação com um personagem fixo em produções televisivas havia sido em Irmãos Coragem de 1995, até que houve o retorno triunfal de Suzana Faini em A Favorita, interpretando uma personagem forte e que passou a vida toda sabendo que não era o grande amor do seu marido, Copola, interpretado por Tarcísio Meira.

Em 2012 voltou ao horário nobre da Rede Globo em Salve Jorge, interpretando a vilã Áurea. Sua personagem gerou bastante discussão a respeito da intromissão de algumas mães na vida de seus filhos. Para Suzana a forma como Áurea se mete na vida de Théo – seu filho interpretado por Rodrigo Lombardi – é resultado de uma dedicação exclusiva a ele. A atriz diz que quando começou a pensar nesse trabalho percebeu que o comportamento de Áurea vem dessa dedicação exclusiva ao filho que fez com que ele passasse a acreditar que tem esse direito. Além da forma de controlar a vida do filho a personagem ainda mostrou o preconceito que existe contra as pessoas que moram em comunidades. Quando soube que a futura nora era do morro, a personagem de Suzana já se põe contra o relacionamento, pois como ela mesma dizia não havia criado o filho para esse destino. O status social de Morena, interpretada por Nanda Costa, não deixou que Dona Áurea percebesse que as qualidades da moça. Uma discussão importante.

Entre setembro de 2018 e abril de 2019, esteve no ar em Espelho da Vida, novela das seis da Rede Globo. Na trama interpretou uma guardiã, personagem repleta de mistérios e no passado é a mãe intransigente do Coronel Eugênio, interpretado por Felipe Camargo.[3]

Vida PessoalEditar

Suzana foi casada com o publicitário Lívio Rangan, com quem teve uma filha, Milenka, nascida em 1963. Sua filha é portadora da Síndrome de Williams, uma desordem genética causada pela falta de cerca de 21 genes no cromossoma 7, incluindo o gene para a produção de elastina.[4]

É sobrinha do violinista Jorge Faini. A família da atriz sempre foi muito musical e ela aprendeu a tocar piano. Além disso, ela também estudou violino por um bom tempo. Os pais dela eram cantores de ópera e a tia era violinista da Orquestra Sinfônica.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Notas
1969 Rosa Rebelde
Véu de Noiva Dulce
1970 Irmãos Coragem Iracema (Cema)[5]
Simplesmente Maria
1971 Meus Filhos Telefilme
O Homem Que Deve Morrer Sônia
1972 Selva de Pedra Olga
Sombra Suspeita Telefilme
1973 Carinhoso Renata
1975 Cuca Legal Luz Divina (Diva)
1976 Duas Vidas Ana Paula
1979 Dancin' Days Anita Participação especial
Pai Herói Jussara Brandão
1981 Brilhante Renée Toledo Sampaio
1983 Eu Prometo Iracema
1984 Livre para Voar Marta
1986 Selva de Pedra Dra. Ana Fróes[6]
1987 Direito de Amar Mercedes
Mandala Glória Lunardo Episódios: "12–13 de outubro"
1988 Vida Nova Maria
1989 Top Model Cleyde Pinheiro (Cleyde)
1991 Salomé Firmina
1992 Você Decide Suzana Episódio: "Sagrada Família"
Episódio: "Verdades e Mentiras"
1993 O Mapa da Mina Amélia Borges (Madre Amélia)
1994 74.5: Uma Onda no Ar Irene
1995 Malhação Hilda
Irmãos Coragem Dalva
1996 Perdidos de Amor Amélia
1998 Você Decide Episódio: "Tabu"
Mulher Madre Salete Episódio: "Prazeres e Limites"
1999 Chiquinha Gonzaga Freira
Você Decide Alma Episódio: "Romântica Até Certo Ponto"
2002 Desejos de Mulher Madre
2005 Hoje É Dia de Maria Velha Carpideira[7]
Começar de Novo Juíza Episódios: "12–14 de abril"
2007 Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Zeferina
2008 A Favorita Iolanda Marelo Copola
2009 Caminho das Índias Virgínia Magalhães Oliveira[8] Episódios: "02–12 de setembro de 2009"
2010 Escrito nas Estrelas Antônia Ribeiro[9]
2012 As Brasileiras Dona Diva Episódio: "A Viúva do Maranhão"
Entre Dois Amores Yvone 
Salve Jorge Áurea Garcia (Dona Áurea)
2018 Espelho da Vida Senhora (Guardiã)
Albertina Castelo[10][11][12]
Sob Pressão Dona Letícia Episódio: "4 de dezembro"

CinemaEditar

Ano Título Papel Notas
1969 Os paqueras Secretária
1974   O último malandro
1975 Ana, a libertina Esposa[13]
  A Extorsão Renata[14]
1976 O Ibrahim do subúrbio
  Um Brasileiro Chamado Rosaflor
1977 O crime do Zé Bigorna Eulália
  Os Amores da Pantera Mônica -
1978 A noiva da cidade
1987 Eternamente Pagu
1988 Adultério Curta-metragem
1994 Chuvas e Trovoadas Senhora Curta-metragem
1997 O Amor Está no Ar Valquíria[15]
2005 Coisa de Mulher Norma
2016 Vidas Partidas Dona Marli [16]
Bodas Dora [17] Curta-metragem

TeatroEditar

  • 1977 - A Morte de Danton... Júlia[18]

1978 - Os Veranistas...Esposa de Doukadov[19]

  • 1991 - Um Certo Hamlet
  • 1991 - Phaedra
  • 1992 - O Retrato de Gertrude Stein Quando Homem
  • 2003 - As Bruxas de Salém
  • 2004 - Édipo Unplugged
  • 2006 - A Maratória
  • 2011 - A Mecânica das Borboletas
  • 2014/2017 - Silêncio...Esther
  • 2015 - Família Lyons
  • 2017 - O Como e o Porquê

Prêmios e IndicaçõesEditar

Lista de prêmios e nomeações
Prêmios
Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado Ref.
1975 Festival de Cinema de Lages Melhor atriz coadjuvante
A Extorsão
Venceu [20]
1989 Troféu APCA Melhor atriz coadjuvante
Vida Nova
Venceu
2014 Prêmio Shell Melhor atriz
Silêncio!
Indicado [21]
Prêmio Cesgranrio Venceu [22]
Prêmio FITA (Festa Internacional de Teatro de Angra dos Reis) Indicado
2015 Prêmio Cesgranrio
Família Lyons
Venceu [23]
Prêmio Shell Indicado   [22]
Prêmio Cenym Indicado [24]
Prêmio APTR Melhor atriz coadjuvante Indicado
2017 Melhor atriz protagonista
O Como e o Porquê
Venceu [25]

Referências

  1. Vida Nova - Galeria de Personagens Memória Globo
  2. Top Model Memória Globo
  3. «Guardiã era avó de Julia. Veja outras revelações em 'Espelho da vida' - Patrícia Kogut, O Globo». Patrícia Kogut. Consultado em 4 de janeiro de 2019 
  4. Suzana Faini: 'Toda mãe é protetora Revista Quem.
  5. «Irmãos Coragem». Memória Globo. Consultado em 23 de março de 2018 
  6. «Dramaturgia > Novelas > Selva de Pedra (2a versão)». Memória Globo. Consultado em 3 de setembro de 2012 
  7. Hoje é Dia de Maria
  8. Virgínia Cavendish e Suzana Faini participam de Caminho das Índias Acesso em 01.08.19
  9. Campanharo, Carol (14 de junho de 2010). [https://extra.globo.com/tv-e-lazer/jandira-martini-suzana-faini-as-mediuns-de-escrito-nas-estrelas-371322.html Jandira Martini e Suzana Faini: As médiuns de 'Escrito nas estrelas'». Extra Online. Consultado em 1 de julho de 2010
  10. Redação (31 de março de 2018). «Emiliano Queiroz e Suzana Faini são escalados para a novela "Espelho da Vida"». Notícias de TV. Consultado em 1 de setembro de 2018 
  11. Redação (25 de setembro de 2018). «Conheça Senhora, personagem de Suzana Faini na novela "Espelho da Vida"». Notícias de TV. Consultado em 27 de setembro de 2018 
  12. Redação (25 de setembro de 2018). «Conheça Senhora, personagem de Suzana Faini na novela "Espelho da Vida"». Notícias de TV. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  13. Ana, a libertina
  14. «A Extorsão». Consultado em 23 de maio de 2019. Arquivado do original em 3 de março de 2016 
  15. O Amor Está no Ar
  16. «Vidas Partidas». Globo Filmes. Consultado em 21 de maio de 2018 
  17. «Bodas». Porta Curtas  Parâmetro desconhecido |acesso data= ignorado (|acessodata=) sugerido (ajuda)
  18. A Morte de Danton. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: A Morte de Danton Acesso em: 02 de Ago. 2019. Verbete da Enciclopédia.
  19. OS Veranistas. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: Os VerNistas. Acesso em: 02 de Ago. 2019. Verbete da Enciclopédia.
  20. Cinemateca. A Extorsão Acesso em 01.08.2019
  21. BRUNO Astuto (16.12.2014) Andrea Beltrão e Suzana Faini disputam prêmio de teatro na categoria melhor atriz. Época. Acesso em 01 de agosto de 2019
  22. a b MÔNICA Riani Suzana Faini completa 85 anos nos palcos Jornal do Brasil. Acesso em: 01 de ago de 2019
  23. Suzana Faini completa 50 anos de carreira Acesso em 01.08.2019
  24. Indicados Cenym 2015
  25. Globo Teatro. Prêmio APTR elege os melhores do ano no teatro no Rio de Janeiro. Acesso em 01 de agosto de 2019

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.