Symbols foi uma das bandas mais importantes da cena brasileira de heavy metal e power metal e foi fundada em São Paulo, em 1997. Teve como destaque os irmãos Edu e Tito Falaschi cantando juntos nos dois primeiros álbuns, "Symbols" e "Call To The End".

Symbols
Informação geral
Origem  São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Power Metal, Heavy Metal
Período em atividade 1997 - 2005
Integrantes Edu Falaschi
Tito Falaschi
Rodrigo Arjonas
Rod Mello
Demian Tiguez
Marcelo Panzardi
Ex-integrantes Fabrizio Di Sarno
César Barreiros

HistóriaEditar

Tudo começou com a ideia de Rodrigo Arjonas e Tito Falaschi de gravar um álbum. Ambos chamaram o tecladista Marcelo Panzardi e o guitarrista Demian Tiguez para o projeto. O irmão de Tito, Edu Falaschi, foi chamado para ser o produtor musical do álbum e o baterista Rod Mello foi chamado para completar o time 10 dias antes do começo das gravações. Edu gravou muito bem algumas partes vocais e acabou assumindo os vocais principais da banda junto com seu irmão Tito, completando a formação.[1]

Essa formação lançou o primeiro álbum da banda, "Symbols", no início de 1998, com uma faixa interativa contendo materiais da banda. O álbum obteve excelente sucesso de público e mídia, fazendo do Symbols uma das principais bandas de Heavy Metal underground do país.

Em 2000, a banda lança o 2º álbum chamado "Call to the End", esse mais pesado e rápido que o antecessor. A última apresentação com os irmãos Falaschi foi em dezembro de 2000, na lendária casa de rock Led Slay, em São Paulo, na primeira edição do festival "Brasil Metal Union".[2]

Em 2001, o vocalista Edu Falaschi é convidado para integrar a banda Angra, substituindo o renomado vocalista André Matos. Meses depois, deixa o Symbols.[3]

No final de 2002, Tito e Arjonas saem da banda[4] para trabalhar em outro projeto juntos, e o Symbols mais uma vez entra em estúdio mas com uma nova formação, com o guitarrista Demian Tiguez nos vocais e guitarra, Rod Mello continua no posto de baterista, César Barreiros (ex-Dragster) assume o baixo e Fabrizio Di Sarno como tecladista. Com essa nova formação, em 2004, o Symbols lança o 3º álbum da banda, "Faces", pela Hellion Records,[5][6] esse mais progressivo que os antecessores. Edu Falaschi participa neste álbum na faixa "Bright Times".[7]

Após a saída de Rod Mello e César Barreiros, Demian Tiguez ainda tenta continuar a banda[8] com novos integrantes mas encerra por definitivo suas atividades para se dedicar ao Ceremonya, onde ficou de 2003 à 2008, quando, então, foi convidado à integrar a banda Anjos de Resgate.

Em dezembro de 2012, a banda se reúne com os integrantes originais[9] e faz uma apresentação única no Manifesto Bar, em São Paulo.[10] A casa estava lotada mesmo após uma década depois do término da banda.[11]

IntegrantesEditar

Formação ClássicaEditar

  • Edu Falaschi - vocal (1997 - 2001)
  • Tito Falaschi - vocal e baixo (1997 - 2002)
  • Demian Tiguez - vocal e guitarra (1997 - 2005)
  • Rodrigo Arjonas - guitarra (1997 - 2002)
  • Rodrigo "Rod Indian" Mello - bateria e percussão (1997 - 2004)
  • Marcelo Panzardi - teclado (1997 - 2005)

Outros MembrosEditar

  • Fabrizio Di Sarno - teclado (2002 - 2005)
  • César Talarico - baixo (2002 - 2004)

DiscografiaEditar

  • 1998 - Symbols
  • 2000 - Call to the End
  • 2004 - Faces

Referências

  1. Costa, Aline (30 de julho de 2020). «Hidden Treasures – Symbols (Brasil)». Roadie Metal. Consultado em 19 de abril de 2021 
  2. «Tito Falaschi em show do Symbols com o Massacration». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 
  3. «Edu Falaschi despede-se do Symbols». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 
  4. «Terceiro CD e mudanças no Symbols». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 
  5. Omelete (16 de novembro de 2004). «O retorno do Symbols». Consultado em 6 de setembro de 2020 
  6. «Symbols assina com a Hellion Records». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 
  7. «Symbols assina contrato com a Hellion». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 
  8. «Banda Symbols em webchat na AOL». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 
  9. «Symbols: confirmado show em São Paulo com formação clássica». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 
  10. «Mais uma lenda do metal nacional, o Symbols, celebra a sua história». Combate Rock. Consultado em 19 de abril de 2021 
  11. «Symbols: video de performance de reunião no Manifesto Bar». whiplash.net. Consultado em 19 de abril de 2021 

Ligações externasEditar

  • «Whiplash»  - Matérias sobre a banda (reviews de CDs, entrevistas, etc.)