Symphyta

Symphyta é uma subordem de insectos himenópteros, provavelmente parafilético,[1] que incluem os membros mais primitivos da ordem (alguns com 200 milhões de anos). Os membros da subordem são distintos de outros himenópteros pela conexão entre o tórax e o abdómen, que carece do estreitamento comum em vespas, e pelas larvas semelhantes a lagartas de outros artrópodes.

Como ler uma infocaixa de taxonomiaSymphyta
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Hymenoptera
Subordem: Symphyta

Podem ser referidos pelo nome comum de moscas-serra, devido à aparência do ovopositor, utilizado pelas fêmeas para perfurar as plantas para depositar os ovos. Algumas populações de várias espécies podem causar danos económicos substanciais em florestas e plantas de cultivo. Outras espécies possuem porém ovopositores afilados para perfurar a madeira.

Os adultos, os da família Cephidae, possuem estruturas na parte inferior da asa que ajudam à sustentação das mesmas quando o insecto está em repouso. Estas estruturas estão ausentes nos membros da subordem Apocrita, que se localizam atrás do escutelo, no tórax.

Um dos táxons dentro dos Symphyta terá dado origem à subordem Apocrita (vespas, abelhas e formigas, provavelmente da família Orussidae, o único grupo da subordem que tem membros parasitas.

Larva de Nematus ribesii, família Tenthredinidae.

Ciclo vitalEditar

As larvas são semelhantes às lagartas de lepidópteros. Diferem delas por possuírem seis pares de pernas em vez de cinco ou menos. As pernas falsas carecem de garras. As larvas de algumas famílias, como por exemplo Orussidae, alimentam-se no interior das plantas e carecem de pernas ou têm-nas muito reduzidas. Outra diferença é que possuem um só par de olhos simples ou ocelos, enquanto que as lagartas possuem mais. São herbívoros, desenvolveram-se numa ampla variedade de plantas, sendo bastante específicas no tipo de planta utilizada como alimento. No geral, alimentam-se no exterior das plantas, com a excepção mencionada.

As larvas de várias espécies exibem o comportamento de minar folhas, de as enrolar, ou de formar galhas. Três famílias são estritamente xilófagas e uma família é parasita.

Geralmente têm uma única geração por ano. Passam o inverno em forma de larva madura ou de pupa envolta num casulo ou em algum lugar refugiado; os que se alimentam externamente comedores externos no solo e os internos no interior da planta. Algumas espécies, especialmente as de maior tamanho, necessitam mais de um ano para completar seu ciclo vital. Os adultos são predadores, sobretudo de outros insectos, mas outros também se alimentam de néctar.

Superfamílias e famíliasEditar

Segundo o ITIS, possui as seguintes superfamílias e famílias:[2]

Referências

  1. Tree of Life, Hymenoptera
  2. Symphyta - consultado a 5 de Janeiro de 2014, da base de dados online Integrated Taxonomic Information

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

O Wikispecies tem informações sobre: Symphyta
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Symphyta