Técnico em meio ambiente

Em formação profissional, Técnico em Meio Ambiente ou Técnico Ambiental é um curso de nível médio que qualifica indivíduos em gestão e controle do meio ambiente. O profissional depois de formado está habilitado para coletar, armazenar e interpretar dados, informações e documentações ambientais. Elabora relatórios e estudos ambientais com objetivo de propor medidas para a minimização dos impactos ambientais e a recuperação de áreas degradadas, realizando de acordo com os sistemas de gestão ambiental. [1]

AtuaçãoEditar

Um técnico em meio ambiente atua na elaboração de levantamentos ambientais, na identificação dos padrões de produção e consumo de energia, na realização e coordenação dos sistemas de coleta seletiva, na organização de programas de Educação ambiental com base no monitoramento, correção e prevenção das atividades antrópicas, conservação dos recursos naturais através de análises prevencionista. Gerencia a redução, reuso e reciclagem de resíduos e/ou recursos utilizados em processos. Opera sistemas de tratamento de poluentes e resíduos sólidos. Relaciona os sistemas econômicos e suas interações com o meio ambiente. Executa plano de ação e manejo de recursos naturais. Elabora relatório periódico das atividades e modificações dos aspectos e impactos ambientais de um processo, indicando as consequências de modificações. Pode usar esta formação parar trabalhar em instituições de assistência técnica, pesquisa e extensão rural, estações de tratamento de resíduos, cooperativas e associações, empresas de licenciamento ambiental, unidades de conservação ambiental e em demais locais cuja funcionalidade abranja a área. Também pode trabalhar em empreendimento próprio ou como profissional autônomo. [1]

• O Técnico em Meio Ambiente é o profissional com atuação fundamental em diversas atividades de instituições públicas e privadas, tais como:

  1. Análises física, química e microbiológica da água e do solo.
  2. Georreferenciamento de áreas com identificação de trilhas, residências, mananciais, vegetação dentre outros aspectos como a digitalização de mapas.
  3. Caracterização dos aspectos sócio-econômicos de comunidades.
  4. Interpretação de resultados de parâmetros hidrológicos.
  5. Execução e monitoramento do manejo racional dos recursos hídricos bem como de atividades relativas ao funcionamento de estações de tratamento de água e resíduos sólidos.
  6. Desenvolvimento de atividades relativas à prevenção e minimização de impactos ambientais.
  7. Gestão e fiscalização ambiental.
  8. Apoio à implantação e condução de política ambiental.
  9. Participação na elaboração de AIA/EIA/RIMA.
  10. Participação em projetos ambientais.

• Este profissional poderá de forma autônoma nos limites de sua responsabilidade técnica junto à:

  1. Companhia de Água e Esgoto;
  2. Fundação de Saúde;
  3. Indústrias consumidoras de água bruta;
  4. Farmácia de manipulação;
  5. Hospitais ou Clínicas, Laboratórios;
  6. OEMAS (Organizações Estaduais do Meio Ambiente);
  7. Unidades de Conservação (parques e reservas);
  8. Apoio de atividades ligadas à Educação Ambiental em Instituições de Ensino.[2]

Duração do cursoEditar

O Curso Técnico em Meio Ambiente de modalidade subsequente (pós-médio) necessita ter carga horária mínima de 1.200 horas, exigida pelo MEC. Contudo, de acordo com o projeto pedagógico da instituição de ensino que ofereça o curso, a carga horária pode variar. Na modalidade concomitante (junto com o ensino médio) tem a duração do curso de ensino médio que é de três a quatro anos, dependendo da instituição. [3][4]

Instituições de ensino técnico no BrasilEditar

Entidades da rede federal de educação profissional, científica e tecnológica de ensino técnico na rede pública de ensino, que por sinal são referência no Brasil, tanto no ensino técnico quanto no ensino médio (integrado). O curso Técnico em Meio Ambiente pode ser encontrado nos IFETs, CEFETs, Escolas Técnicas vinculadas a Universidades Federais, Institutos Federais, como do estado da Paraíba no IFPB: Campus Sousa, Campus Cajazeiras, Campus Cabedelo e Campus Santa Rita. Dentre as entidades particulares, pode ser encontrado nos centros educacionais do SENAI e SENAC,em âmbito nacional.


Referências

  1. a b Ministério da Educação. «Catálogo Nacional de Cursos Técnicos - Sistec - Mec». portal.mec.gov.br. Consultado em 15 de Julho de 2017 
  2. IFPB. «Curso técnico subsequente em meio ambiente». editor.ifpb.edu.br. Consultado em 15 de Julho de 2017 
  3. IFPB. «Matriz curricular do curso técnico em meio ambiente modalidade subsequente» (PDF). estudante.ifpb.edu.br. Consultado em 15 de Julho de 2017 
  4. IFPB. «Curso técnico em meio ambiente». Consultado em 15 de Julho de 2017