Abrir menu principal
TUE Hyundai Rotem 9500
CPTM 9500.jpg
Trem Unidade Elétrico Hyundai Rotem Serie 9500
----
CPTM Série 9500.jpg
Visão interna. Passagem livre entre carros.
----
Fabricante Hyundai Rotem
Fábrica Brasil Araraquara, São Paulo, Brasil
Período de construção 2017 a 2019
Entrada em serviço 2017
Total construídos 30
Total em serviço 29[1]
Total desmanchados 0
Formação 8 carros (operando com GANGWAY acoplados cada)
Capacidade 2.600 passageiros por TUE
Operador CPTM
Linhas Atual:
7roxo.png Rubi
Especificações
Comprimento Total 170 m[2]
Altura 4,545 m[2]
Altura do Piso 1,335 m[2]
Portas 8 por carro (4 de cada lado)
Velocidade máxima 90 km/h[2]
Aceleração 0,90 m/s2[2]
Desaceleração Serviço: 1,10 m/s2
Emergência: 1,20 m/s2[2]
Tipo de transmissão elétrica
Tipo de climatização ar condicionado
Alimentação 3000 Vcc[2]
Captação de energia Catenária[2]
Bitola 1.600 mm

O TUE Hyundai Rotem-Série 9500 é um trem unidade elétrico pertencente à frota da CPTM, fabricado pela Hyundai Rotem nos anos de 2017 e 2019.[3]

HistóriaEditar

Em julho de 2013, o consórcio formado pela empresa brasileira IESA e a sul-coreana Hyundai Rotem venceu a concorrência para fornecer 30 trens, com oito vagões cada (totalizando 240 carros), à Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O valor do projeto era de 789 milhões de reais e a fabricação deveria ser executada em até 36 meses:[4][5]

Fabricante/série Quantidade (TUE) Valor do contrato Prazo original (última unidade) Atraso (em relação ao prazo original)
CAF/Série 8500 35 R$ 1 bilhão junho de 2016 (35 meses) Entregas em andamento
Hyundai Rotem-IESA/Série 9500 30 R$ 788 milhões julho de 2016 (35 meses) maio de 2019 (34 meses)

Com data limite para a entrega em julho de 2016, o primeiro trem chegou ao país somente em janeiro do mesmo ano, após um longo atraso em que a Hyundai Rotem precisou mudar seus planos, quando a sua parceira nacional IESA, teve que sair do negócio por conta de falência. A IESA é quem faria a montagem dos trens no Brasil para a empresa sul-coreana. Logo a encomenda dos 22 trens da Série 9500 ficou atrasada[6].

Com a saída da IESA, a Hyundai Rotem decidiu construir uma fábrica própria em Araraquara (SP) para produzir as composições da encomenda. Em março de 2016, a empresa investiu R$ 100 milhões na inauguração de sua primeira fábrica na América Latina, que hoje já é a segunda maior unidade da companhia no mundo[7]. Os primeiros trens tiveram de ser montados na Ásia e finalizados na nova fábrica da empresa no interior paulista. A Série 9500 possui passagem entre os carros e um acabamento considerado superior aos demais trens da CPTM.

Após longos testes para homologação e certificação do modelo, enfim em junho de 2017, a empresa pôde colocar em operação o primeiro trem da Série 9500[8]. A partir de então, a empresa passou a entregar regularmente as composições . No dia 25 de fevereiro de 2019, o último trem de perfixo D620 (9617-9620) foi entregue a CPTM .

O atraso nas entregas fez a CPTM multar a Hyundai Rotem em R$ 4,27 milhões.[9]

OperaçãoEditar

Três composições já circularam pela Linha 13–Jade, mas atualmente todas elas operam somente na Linha 7–Rubi.[10][11][12] Abaixo consta a tabela com a relação dos trens entregues, contendo a numeração, data inicial de operação, linha na qual opera e notas.

Numeração Linha de Operação Data de Operação
9501-9504 7-Rubi 06/12/2017[13]
9505-9508 13/06/2017[13]
9513-9516 14/07/2017[13]
9517-9520 17/10/2017[13]
9521-9524 26/09/2017[13]
9525-9528 06/11/2017[13]
9529-9532 06/12/2017[13]
9533-9536 29/12/2017[13]
9537-9540 24/01/2018[13]
9541-9544 15/03/2018[14]
9545-9548 06/04/2018[15]
9549-9552 25/05/2018[16]
9553-9556 10/05/2018[17]
9557-9560 15/06/2018[18]
9561-9564' 19/07/2018[10]
9565-9568 23/08/2018
9569-9572 03/10/2018
9573-9576 31/08/2018
9577-9580 25/10/2018[19]
9581-9584 10/12/2018[20]
9585-9588 08/11/2018[21]
9589-9592 26/11/2018[22]
9593-9596 28/12/2018[23]
9597-9600 21/03/2019[24]
9601-9604 21/03/2019[24]
9605-9608 09/04/2019[25]
9609-9612 28/05/2019[26]
9613-9616 27/06/2019[27]
9617-9620 28/05/2019[26]
9509-9512 Imobilizado[1] 04/08/2017[13]

Acidentes e incidentesEditar

  • 17 de dezembro de 2018 - Descarrilamento durante manobra no Pátio Lapa. Sem vítimas[1]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c Renato Lobo (17 de dezembro de 2018). «Trem da série 9500 descarrila em pátio da CPTM». São Paulo: Via Trolebus. Consultado em 18 de dezembro de 2018 
  2. a b c d e f g h Audiência Pública (PDF) (Relatório). CPTM 
  3. Ricardo Meier (26 de fevereiro de 2019). «Último trem da série 9500 da CPTM é finalizado pela Hyundai Rotem». Metrô-CPTM. Consultado em 24 de julho de 2019 
  4. Roberta Vilas Boas (18 de julho de 2013). «Consórcio com Inepar vence licitação para fornecer trens à CPTM». G1. Consultado em 23 de julho de 2018 
  5. Márcio Pinho (15 de julho de 2013). «SP compra 65 trens por R$ 1,8 bilhão em licitação internacional». G1. Consultado em 23 de julho de 2019 
  6. Fernanda Manécolo; Tom Oliveira (4 de setembro de 2016). «Iesa passa por crise, beira falência e deve demitir mais até o final do ano». araraquara.com. A Cidade On. Consultado em 23 de julho de 2018 
  7. «Hyundai Rotem entrega mais um trem à CPTM». Porto Gente. 18 de julho de 2017. Consultado em 23 de julho de 2018 
  8. Ricardo Méier (13 de junho de 2017). «Série 9500 entra em operação na Linha 7-Rubi». Metrô CPTM. Consultado em 23 de julho de 2018 
  9. Estadão (15 de agosto de 2016). «Governo impõe multa de R$ 12 milhões por atraso na entrega de trens da CPTM». Época Negócios. Consultado em 24 de julho de 2019 
  10. a b Renato Lobo (18 de julho de 2018). «CPTM recebe novos trens e companhia realoca unidades entre linhas». Via Trólebus 
  11. Ricardo Meier (26 de agosto de 2018). «A "dança" dos trens da Linha 13-Jade». Metrô CPTM. Consultado em 4 de agosto de 2019 
  12. «Frota de Trens». Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Consultado em 4 de agosto de 2019 
  13. a b c d e f g h i j «Entrega e Operação dos Trens» (PDF). CPTM. Cópia arquivada (PDF) em 2 de julho de 2018 
  14. «CPTM recebe 35º novo trem». CPTM. 15 de março de 2018. Consultado em 24 de julho de 2018. Cópia arquivada em 17 de junho de 2018 
  15. «CPTM recebe 37º novo trem». CPTM. 6 de abril de 2018. Consultado em 24 de julho de 2018. Cópia arquivada em 16 de junho de 2018 
  16. «40º novo trem entra em operação na CPTM». CPTM. 25 de maio de 2018. Consultado em 24 de julho de 2018. Cópia arquivada em 17 de junho de 2018 
  17. «CPTM recebe 39º novo trem». CPTM. 10 de maio de 2018. Consultado em 24 de julho de 2018. Cópia arquivada em 17 de junho de 2018 
  18. «CPTM recebe 42º novo trem». CPTM. 15 de junho de 2018. Consultado em 24 de julho de 2018. Cópia arquivada em 17 de junho de 2018 
  19. «Linha 7-Rubi recebe mais um trem novo». CPTM. 27 de outubro de 2018. Consultado em 26 de janeiro de 2019 
  20. «CPTM entrega mais um trem novo para Linha 7-Rubi». CPTM. 10 de dezembro de 2018. Consultado em 26 de janeiro de 2019 
  21. «CPTM entrega mais um trem novo para Linha 7-Rubi». CPTM. 8 de novembro de 2018. Consultado em 26 de janeiro de 2019 
  22. «CPTM entrega mais 2 trens novos». CPTM. 26 de novembro de 2018. Consultado em 26 de janeiro de 2019 
  23. «CPTM entrega mais um trem novo para a Linha 7-Rubi». CPTM. 28 de dezembro de 2018. Consultado em 26 de janeiro de 2019 
  24. a b «CPTM entrega mais dois novos trens à Linha 7-Rubi». CPTM. 21 de março de 2019. Consultado em 22 de março de 2019 
  25. «Governo de SP amplia Expresso Leste-Mogi, que passa a operar em horário integral». Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. 10 de abril de 2019. Consultado em 10 de abril de 2019 
  26. a b «CPTM completa 27 anos e entrega dois novos trens à população». Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. 28 de maio de 2019. Consultado em 29 de maio de 2019 
  27. «CPTM conclui entrega dos novos trens para a Linha 7-Rubi». CPTM. 27 de junho de 2019. Consultado em 28 de junho de 2019 

Ligações externasEditar