TUE Série 2005 (Supervia)

Tipo de trem unidade elétrico operado pela Supervia no Brasil
TUE Hyundai Rotem Série - 2005
Trem Coreano
Estação Saracuruna (08-06-2015) 11.jpg
Trem Unidade Elétrico Série 2005 na Estação Saracuruna.
----
Fabricante Hyundai Rotem
Fábrica Coreia do Sul Seul, Coréia do Sul
Período de construção 2005-2007
Entrada em serviço 2006
Total construídos 20
Total em serviço 20
Total desmanchados 0
Formação 4 carros (operando com gangway acoplados cada)
Capacidade 1.316 passageiros
Operador SuperVia
Linhas Ramal Deodoro
Ramal Belford Roxo
Serviço Circular Honório - Deodoro
Ramal Santa Cruz
Ramal Japeri
Ramal Saracuruna
Especificações
Corpo Aço Inox
Comprimento Total 22.000 mm
Comprimento do veículo 22.180 mm
Largura 2,97 m
Altura 4,0 m
Portas 8 por carro (4 de cada lado)
Velocidade máxima 120 km/h[1]
Peso 185,5 t
Aceleração 0,9 m/s2
Desaceleração Serviço: 1,10 m/s2
Emergência: 1,20 m/s2
Tipo de tração inversor VVVF IGBT
Motor 210 kW
Potência 2.520 kW
Tipo de transmissão Manual / ATO - Automático
Tipo de climatização HVAC (Ar condicionado)
Alimentação 3000 Vcc
Captação de energia Catenária
Freios Elétricos regenerativos
Acoplamento engate Janney tipo E (padrão AAR)
Bitola 1.600 mm

O TUE Hyundai Rotem Série - 2005 é um Trem unidade elétrico pertencente à frota da SuperVia, fabricados pela Hyundai Rotem entre os anos de 2005 e 2006. Cada composição é constituída de 4 carros com salão contínuo, formando um único salão.

HistóriaEditar

No ano de 2004, durante o governo de Rosinha Garotinho, foram adquiridos pela SuperVia 20 TUE’s (80 carros, cada TUE é formado por 4 carros) que viriam a formar a nova Série 2005 da companhia fluminense, como parte de um investimento de 100 milhões de dólares com financiamento do Banco Mundial.

Os trens foram produzidos pela empresa sul-coreana Hyundai Rotem e começaram a ser entregues em 2006. Na época foram apelidados pelos passageiros de "modernões", devido ao alto grau de tecnologia embarcada, muito diferente das composições antigas existentes que a empresa operava até então[2].

EspecificaçõesEditar

  • Painéis eletrônicos: foi o primeiro a contar com painéis eletrônicos informativos, além de outras características marcantes como as TVs adaptadas no teto do carro.
  • Assentos: diferentemente dos existente na Supervia, foi o primeiro equipado com um assento semi-transversal. O material do assento é FRP[3].
  • Tração: primeiro veículo elétrico a adotar o inversor VVVF IGBT.

Ver tambémEditar

Referências

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre SuperVia - Série 2005