Abrir menu principal

TV Barriga Verde

emissora de televisão brasileira de Florianópolis, SC
TV Barriga Verde
TV Barriga Verde S.A.
Florianópolis, Santa Catarina
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 32 UHF
Virtual: 9 PSIP
Outros canais ver mais
10 / 510 HD (Claro TV)
519 HD (Vivo TV)
Analógico:
09 VHF (1982-2018)
Sede Bandeira de Florianópolis.svg Florianópolis, SC
Slogan Barriga verde com orgulho
Rede Rede Bandeirantes
Rede(s) anterior(es) SBT (1982-1985)
Rede Manchete (1985-1993)
Fundador Saul Brandalise Júnior
Pertence a Grupo Barriga Verde
Proprietário Saul Brandalise Júnior
Presidente Saul Brandalise Júnior
Fundação 25 de outubro de 1982 (37 anos)
Prefixo ZYB 766
Nome(s) anteriore(s) TV Bandeirantes Santa Catarina (2012-2016)
TV Catarina (2016-2019)
Emissoras irmãs Band FM Florianópolis
Cobertura 93% do estado de Santa Catarina
Coord. do transmissor 27° 35' 19.7" S 48° 32' 1.4" O
Potência 2 kW
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF

TV Barriga Verde é uma emissora de televisão brasileira sediada em Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina. Opera no canal 9 (32 UHF digital) e é afiliada a Rede Bandeirantes. Seus estúdios e escritório ficam localizados no bairro do Pantanal, e sua antena de transmissão está no topo do Morro da Cruz.

HistóriaEditar

A TV Barriga Verde foi inaugurada em 25 de outubro de 1982 pelo canal 9 VHF, transmitindo a programação do SBT. Seu nome é uma referência ao gentílico usado para descrever os nascidos em Santa Catarina, os barriga-verdes. Em 1985, a emissora deixou o SBT e tornou-se afiliada à Rede Manchete,[1] sendo uma de suas principais emissoras. A parceria durou até 1993, quando se torna afiliada a Rede Bandeirantes.

Por muito tempo, a emissora possuiu uma co-irmã, era a TV Catarinense. Em 2005, essa emissora foi vendida ao Grupo RBS e a TVBV passa a cobrir todo o estado. Hoje, a emissora ficou mais ampla e regionalizada, abraçando toda Santa Catarina e norte do Rio Grande do Sul.

No dia 1 de março de 2012, a TV Barriga Verde passa a se chamar Band Santa Catarina.[2] A mudança, no entanto, se resume apenas ao nome, mantendo sua condição de afiliada sem ser uma emissora própria, como ocorre com a Band RS e com a Band Curitiba.

Com a mudança, diversos programas também mudam seus nomes e formatos, o TVBV Esportes vira Jogo Aberto Santa Catarina, enquanto o tradicional Jornal da TVBV vira Band Cidade. De acordo com Saul Brandalise Júnior, presidente da emissora, a mudança foi necessária.

Em 2013, a Band Santa Catarina passa por uma crise, chegando a cancelar programas como a edição local do Brasil Urgente. Mais de 38 profissionais são demitidos. Em 12 de julho, uma greve geral se inicia na emissora.[3] Cerca de 20 jornalistas se recusavam a trabalhar por falta de pagamento. Sem programação local, retransmitiram a programação da geradora sem interrupções até o dia 15 de julho, quando uma reunião de emergência foi feita e os salários devidamente pagos.

Com a greve, também surgiram boatos de venda da emissora para o apresentador Ratinho e até para o bispo Valdemiro Santiago. Em vídeo-resposta, o empresário Saul Barndalise Júnior afirma que não pretende vender a emissora. Os programas locais voltaram ao ar em 16 de julho.[4] Por conta da crise, a emissora fechou as suas sucursais no interior do estado, demitindo dezenas de profissionais em Tubarão, Lages, Joaçaba, Chapecó, Itajaí e Joinville.[5][6]

 
Logotipo utilizado entre 2016 e 2017

Em 19 de dezembro de 2016, a emissora abandona a nomenclatura da rede, e passa a se chamar TV Catarina.[7] Em 2017, a crise dos anos anteriores volta a se agravar e o Grupo Barriga Verde entra com um pedido de recuperação judicial em 1º de novembro.[8] Em 16 de novembro, os funcionários da emissora entram novamente em greve, suspendendo a veiculação da programação local e dos comerciais, repetindo integralmente a programação da Rede Bandeirantes.[9] O mesmo voltou a ocorrer em 15 de março de 2018.[10]

Em 1.º de maio de 2019, a TV Catarina voltou a se chamar TV Barriga Verde, recuperando a tradicional nomenclatura utilizada entre 1982 e 2012. No mesmo dia, a emissora estreou o programa jornalístico Barriga Verde Agora, marcando o retorno de Roberto Salum ao canal.[11]

Sinal digitalEditar

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
9.1 32 UHF 1080i Programação principal da TV Barriga Verde / Band
Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a então TV Catarina, bem como as outras emissoras de Florianópolis, cessou suas transmissões pelo canal 9 VHF em 28 de fevereiro de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[12] A emissora cortou o sinal às 23h59, durante a exibição do Cine Band, inserindo o aviso do MCTIC e da ANATEL sobre o switch-off.

ProgramasEditar

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Bandeirantes, atualmente a TV Barriga Verde produz e exibe os seguintes programas:

RetransmissorasEditar

Referências

  1. Da Luz, Eduardo Rivelino (2005). «Análise dos hábitos do consumo de televisão da região da Serra Catarinense» (PDF) 
  2. Guedin, Giorgio (1 de março de 2012). «TVBV muda de nome e se chamará Band SC». Blog SulBRTV 
  3. Guedin, Giorgio (12 de julho de 2013). «Jornalistas da Band SC param por falta de pagamento». Blog SulBRTV 
  4. Guedin, Giorgio (15 de julho de 2013). «Termina greve na Band SC». Blog SulBRTV 
  5. «Band-SC fecha sucursais de Joinville e Tubarão». Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina. 4 de março de 2016. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  6. Barão, Milton (25 de julho de 2016). «Band TV fecha sucursal de Lages». Milton Barão. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  7. Dias, Dilermando (20 de dezembro de 2016). «Band SC é oficialmente TV Catarina». Blog SulBRTV. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  8. «Barriga Verde insiste no pedido de recuperação judicial». Making Of. 9 de novembro de 2017. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  9. «Funcionários da TV Catarina decidem por greve e noticiosos ficam fora do ar». Making Of. 17 de novembro de 2017. Consultado em 17 de novembro de 2017 
  10. Selistre, Cleiton (19 de março de 2018). «Funcionários da Band SC decidem continuar em greve». Making Of. Consultado em 21 de março de 2018 
  11. Trindade, Juliano (26 de abril de 2019). «Afiliada da Band em SC troca de nome pela terceira vez na década». SulBRTV. Consultado em 1 de maio de 2019 
  12. «Desligamento do sinal analógico na Grande Florianópolis é adiado para 28 de fevereiro». RIC Mais. 30 de janeiro de 2018. Consultado em 14 de março de 2018. Arquivado do original em 31 de janeiro de 2018 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar