Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o programa de televisão. Se procura pelo canal de televisão, veja Mix TV.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2013). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

TV Mix foi um programa de televisão brasileiro da TV Gazeta, exibido entre 1987 e 1989, tendo seu auge de audiência em 1988. Ocupava todas as manhãs da programação da emissora, bem como o início da noite, de segunda a sexta.

HistóriaEditar

O TV Mix era um programa de variedades, misturando jornalismo, videoclipes, comentaristas dos mais variados assuntos, como sexo, cinema, artes, teatro e culinária, além de humor, dentro de um formato inovador para a época.

O programa não tinha um cenário, pois naquela época a TV Gazeta encontrava-se em crise financeira. Como a Fundação Cásper Líbero, dona da emissora, é localizada num prédio no número 900 da Avenida Paulista, as janelas e a vista da avenida faziam as vezes de cenário.

No térreo do edifício, ficava um repórter ao vivo, para entradas, num quadro chamado Câmera aberta. Em certas épocas, o TV Mix chegou a ter mais de 6 horas de duração.

Os repórteres faziam as matérias sem cameramen, acumulando as funções e eram chamados de "abelhas".

O TV Mix foi pioneiro na interatividade. Feito totalmente ao vivo, tinha a participação direta dos telespectadores através de telefone e nas calçadas da Paulista. Boa parte do tempo dos programas era destinado à interação com os espectadores.

ProgramaçãoEditar

TV MIX I - Era o primeiro a entrar no ar, às 09:00 até as 11:30. Apresentado pela Condessa Giovanna, interpretada pelo ator Luís Henrique, conhecido hoje pelo seu personagem Mamma Bruschetta. O programa apresentava as notícias da manhã, previsão do tempo, trânsito, horóscopo e trazia alguns quadros de entrevistas sobre sexo e comportamento. A Condessa também constumava descer até a porta da emissora, em plena calçada da Paulista, para entrevistas e enquetes com as pessoas na rua.

TV MIX II - Entrava no ar na sequência do I. Apresentado pelo jornalista Luiz Fernando Ramos e pela então estreante Astrid Fontenelle, o programa se estendia até às 13:20 e trazia as notícias do momento, política, esportes, culinária, atualidades e o quadro "Crochê do Meio-Dia". O Mix II encerrava a série Mix para a entrada do Mulheres em Desfile (Ione Borges e Claudete Troiano).

TV MIX III - Voltava com a programação Mix às 19:30. As notícias da noite, quadros de humor, informativos e esporte dominavam o programa. Era um dos mais dinâmicos, com apresentadores rodando a redação o tempo todo e os "repórteres abelha" nas ruas. Entre os participantes do Mix III estavam nomes hoje bem conhecidos como Cléber Machado. O quadro de humor ficava a cargo de Marcelo Mansfield.

TV MIX IV - Encerrava a programação Mix a partir das 21:30 com apresentação de Serginho Groisman. Entrevistas com personalidades, músicos e curiosidades paulistanas recheavam o programa, que foi o embrião do formato que Serginho Groisman adotaria desde então em seus outros programas até hoje, como Matéria Prima (Cultura), Programa Livre (SBT) e Altas Horas (Globo)

Alguns apresentadores e repórteresEditar

  Este artigo sobre televisão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.