Abrir menu principal

TV Morena

emissora de televisão brasileira de Campo Grande, MS
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2017). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde setembro de 2017). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Disambig grey.svg Nota: Se procura o bairro de Campo Grande, veja TV Morena (bairro de Campo Grande).
TV Morena
Televisão Morena Ltda.
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 30 UHF
Virtual: 6 PSIP
Outros canais Analógico:
06 VHF (1965-2018)
Sede Bandeira de Campo Grande.svg Campo Grande, MS
Slogan Com você
Rede RMC (Rede Globo)
Rede(s) anterior(es) TV Excelsior (1965-1969)
Rede Tupi (1965-1976)
REI (1965-1976)
Fundador Ueze Zahran
Pertence a Grupo Zahran
Proprietário Grupo Zahran
Fundação 25 de dezembro de 1965 (53 anos)
Prefixo ZYA 942
Emissoras irmãs Morena FM
Cobertura Cobertura - TV Morena Campo Grande.svg
Coord. do transmissor 20° 28' 46.3" S 54° 36' 1.2" O
Potência 20 kW
Página oficial redeglobo.globo.com/tvmorena

TV Morena é uma emissora de televisão brasileira sediada em Campo Grande, capital do estado de Mato Grosso do Sul. Opera no canal 6 (30 UHF digital), e é afiliada à Rede Globo. Pertence à Rede Matogrossense de Comunicação, rede de televisão do Grupo Zahran que atua nos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, sendo a TV Morena cabeça de rede para o primeiro, bem como a primeira emissora da rede a ser fundada.

HistóriaEditar

A TV Morena foi a primeira emissora de TV do estado de Mato Grosso, localizada em Campo Grande, através da visão empreendedora do fundador Eduardo Elias Zahran. Através de uma repetidora que passaria por vários municípios, o sinal de TV viria de São Paulo para Campo Grande. Mas pela dificuldade que surgiu em relação aos municípios, resolveu deixar de lado a repetidora e construir uma geradora de imagens.

E assim no dia 25 de dezembro de 1965, dia de Natal, Eduardo Elias Zahran inaugurava a TV Morena, emissora que se tornava a terceira cidade no interior de um estado brasileiro a ter uma emissora de televisão depois de Bauru/SP (TV Bauru, atual TV TEM Bauru, inaugurada em 1960) e Londrina/PR (TV Coroados, atual RPC Londrina, inaugurada em 21 de setembro de 1963).

No início eram transmitidos programas da TV Record, então parte integrante da Emissoras Unidas (como musicais, humorísticos, etc.), novelas da TV Excelsior e alguns programas da Rede Tupi. O primeiro telejornal local foi ao ar dois dias depois da inauguração, tendo como apresentador Joaquim Leite Neto.

O primeiro escritório da TV Morena localizava-se na Rua 14 de Julho, ao lado do escritório da Copagaz, e o seu primeiro estúdio era improvisado no segundo andar da atual sede, na Avenida Eduardo Elias Zahran. Lá foi gravado o primeiro programa de auditório da história da emissora, com o nome de Calouros na Chimbica. A emissora teve como primeira diretora Antonieta Ries Coelho, que posteriormente realizou o trabalho de implantação da TV Centro América em Cuiabá, que era a capital.

Em 1976, a emissora deixa de transmitir a programação mesclada da REI e da Rede Tupi e torna-se afiliada à Rede Globo, com a qual está até hoje. Em 1977, teve início o desmembramento do atual estado do Mato Grosso do Sul, onde a TV Morena e a TV Cidade Branca de Corumbá passaram a gerar sua programação, enquanto a TV Centro América ficava responsável pelo Mato Grosso, nascendo então o caráter bi-estadual da RMT como rede de televisão.

Sinal digitalEditar

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
6.1 30 UHF 1080i Programação principal da TV Morena / Globo

A TV Morena inaugurou oficialmente o seu sinal digital na noite do dia 4 de maio de 2009, ao fim do MSTV 2ª Edição, através do canal 30 UHF.[1]

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Morena, bem como as outras emissoras de Campo Grande, cessou suas transmissões pelo canal 6 VHF no dia 31 de outubro de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.[2]

ProgramasEditar

  • Bom Dia MS: Telejornal, com Maureen Mattiello;
  • MSTV 1ª edição: Telejornal, com Bruna Mendes;
  • Globo Esporte MS: Jornalístico esportivo, com Átilla Eugênio;
  • MSTV 2ª edição: Telejornal, com Lucimar Lescano;
  • Meu Mato Grosso do Sul
  • MS Rural

RetransmissorasEditar

Lista de retransmissoras
Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital
Água Clara 07 - Anastácio 10 30 Aquidauana 10 30 Bandeirantes 02 -
Bodoquena 12 30 Bonito 07 30 Camapuã 07 - Chapadão do Sul 04 -
Corguinho 12 - Costa Rica 04 - Coxim 09 - Jardim 05 -
Miranda 05 31 Nioaque 08 - Nova Alvorada do Sul 03 - Paraíso das Águas 09 -
Pedro Gomes 03 - Porto Murtinho 06 30 Ribas do Rio Pardo 13 - Rio Negro 11 -
Rio Verde de Mato Grosso 12 - São Gabriel do Oeste 10 30 Sonora 13 -

Referências

  1. TV Morena inicia as transmissões do sinal digital em Campo Grande
  2. Higa, Paulo (15 de fevereiro de 2016). «Quando a TV analógica será desligada na sua cidade». Tecnoblog. Consultado em 4 de abril de 2017 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar