Abrir menu principal

TV Universitária (Boa Vista)

emissora de televisão brasileira de Boa Vista, RR
TV Universitária
Universidade Federal de Roraima
Empresa Brasil de Comunicação S.A. - EBC
Boa Vista, Roraima
Brasil
Tipo Pública
Canais Digital: 15 UHF
Virtual: 2 PSIP
Outros canais Analógico:
02 VHF (1990-2018)
Sede Boa Vista, RR
Rua José Nepote, 948 - São Francisco
Rede TV Brasil
Rede(s) anterior(es) TV Cultura
TVE Brasil
Pertence a Núcleo de Rádio e TV da Universidade Federal de Roraima (UFRR)
Proprietário Universidade Federal de Roraima
Antigo proprietário Prefeitura Municipal de Boa Vista
Fundação março de 1990 (29 anos)
Nome(s) anteriore(s) TV Macuxi (1990-1995)
Emissoras irmãs Rádio Universitária FM
Cobertura Município de Boa Vista
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial ufrr.br/institucional/tv-universitaria/

A TV Universitária é uma emissora de televisão brasileira instalada na cidade de Boa Vista, Capital do estado de Roraima. A emissora de TV é afiliada à TV Brasil e é sintonizada no canal 2 (15 UHF digital).

A emissora de televisão pertence ao Núcleo de Rádio e TV da Universidade Federal de Roraima (UFRR). Da inauguração em 1990 até 1995, a emissora pertencia à Prefeitura de Boa Vista e era conhecida como TV Macuxi.

HistóriaEditar

Até 1990, a única emissora atuava sozinha do então Território Federal de Roraima era a TV Roraima, quando no final do governo dos presidentes José Sarney (1985-1990) e início do Fernando Collor de Mello (1990-1992). No governo Sarney, ocorreu centenas de concessões para exploração de sinais de radio-teledifusão distribuídas por todo o país. No caso de Roraima, foram liberadas quatro concessões em Boa Vista. A Prefeitura Municipal de Boa Vista foi a primeira a conseguir concessão de canal de televisão na cidade.[1]

A TV Macuxi entrou no ar em março de 1990, como afiliada à TVE Brasil (hoje TV Brasil) no Canal 2 (que até então foi ocupado pela TV Roraima entre 1974 a 1975), tornando-se a segunda emissora entrar no ar em Roraima, acabando o monopólio de 16 anos da TV Roraima.[1]

A inauguração fez parte das comemorações do centenário da capital de Roraima (Boa Vista),[1] ocorrida em 9 de julho de 1990.

As instalações eram provisórias[1] e inicialmente só repetia apenas imagens da TVE Brasil.

Em 1992, a sede da emissora foi transferida na estrutura definitiva, sendo considerada uma das melhores da região e com equipamentos de alta tecnologia. Com bons profissionais e recursos para produzir, a emissora investiu em vários programas, alguns sobre a história de Roraima e de seus antepassados. Foi a primeira a transmitir ao vivo em Roraima, durante as quatro noites do carnaval de 1992.[1]

Em 30 de abril, a emissora foi inaugurada oficialmente.[2] Depois de ganhar sede definitiva e os novos programas, entrou com período de declínio.[1]

Em 1992 ou 1993,[quando?] a emissora trocou a TVE Brasil pela TV Cultura.[carece de fontes?]

Em 1994, na eleição de governadores, senadores e deputados, a Justiça do Estado proibiu a TV Macuxi de operar no período eleitoral e foi obrigada ficar fora ar por mais de um mês.[1] O motivo é que a emissora desrespeitou as leis eleitorais, pois os programas locais apresentavam forte conotação política favorecendo um dos grupos que disputavam as eleições.[1]

Em novembro de 1995, a Prefeitura de Boa Vista e a Universidade Federal de Roraima (UFRR) firmaram convênio para que a UFRR gerenciar a emissora por cinco anos (até 2000).[1] Porém, a Câmara dos Vereadores de Boa Vista, ao analisar Projeto de Lei do Executivo Municipal, aprovou a Lei 395/95 que passou a concessão da TV Macuxi para a UFRR em definitivo.[1] Com isso, a emissora foi extinta e passou a se chamar de TV Universitária.[1]

Em ano incerto,[quando?] deixou a TV Cultura e passou ser afiliada à TVE Brasil, voltando às origens da época da TV Macuxi.

Em 2 de dezembro de 2007, a TVE Brasil é extinta e no lugar entra no ar a TV Brasil, tornando-se afiliada da nova rede.

Sinal digitalEditar

Canal virtual Canal digital Resolução de tela Programação
2.1 15 UHF 1080i Programação principal da TV Universitária / TV Brasil
Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a TV Universitária, bem como as outras emissoras de Boa Vista, cessou suas transmissões pelo canal 2 VHF em 31 de outubro de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL.

AtualmenteEditar

Até a presente data, tramita em Brasília o processo de transferência, o que tem dificultado o aporte de recursos para a emissora por parte da Universidade. A programação local é esporádica e irregular, produzida por alunos do curso de Jornalismo da UFRR.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e f g h i j k Prof. Msc. Edileuson ALMEIDA (Universidade Federal de Roraima, UFRR) (2008). «Além do Equador: A história da mídia audiovisual em Roraima» (PDF). UFRGS. Consultado em 11 de dezembro de 2012 
  2. «A Televisão Universitária no Brasil (TV MACUXI)» (PDF). Unesdoc (UNESCO). 2004. Consultado em 12 de dezembro de 2012  Página 94.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.