Abrir menu principal
Taça FPF de 2016
Paraná
Dados
Participantes 7
Período 17 de julho9 de outubro
Gol(o)s 95
Partidas 33
Média 2,88 gol(o)s por partida
Campeão Bandeira ponta grossa.png Operário-PR (1° título)
Vice-campeão Bandeira Campo-Largo.png Andraus
Melhor marcador Vandinho (Operário-PR) - 6 gols
Maior goleada
(diferença)
Portuguesa Londrinense Bandeira londrina.svg 0-9 Bandeira ponta grossa.png Operário-PR
Estádio do CaféLondrina
21 de agosto, primeira fase
◄◄ Paraná 2015 Soccerball.svg 2017 Paraná ►►

A Taça FPF de 2016 foi a oitava edição da Copa Paranaense de Futebol, organizada pela Federação de Paranaense de Futebol. Em outras edições, foi nomeada de Taça Sesquicentenário e de Copa Paraná, recebendo o nome atual a partir de 2015.

Participaram da Taça FPF equipes que disputaram o Campeonato Paranaense de Futebol de 2016 e Campeonato Paranaense de Futebol de 2016 - Segunda Divisão. Atuarão na Taça FPF de 2016, atletas nascidos nos anos de 1993 a 2000.

RegulamentoEditar

O Taça FPF de 2016, será disputado em quatro fases com início em 17 de julho.

Primeira Fase

Na Primeira Fase do campeonato as 7 equipes se enfrentam em turno único, de 7 rodadas, com todos auto-classificandos para a próxima etapa em mata-mata;

Critérios de Desempate da Fase Classificatória
  1. Número de vitórias;
  2. saldo de gols;
  3. número de gols a favor;
  4. menor número de cartões vermelhos;
  5. menor número de cartões amarelos;
  6. sorteio.
Quartas de Final

Nas Quartas de Final, os 7 classificados se enfrentam em play-off eliminatório de duas partidas, com os confrontos definidos pela posição de cada clube na fase anterior, o primeiro colocado na fase anterior, se encontra automaticamente na semi-final. (2º x 7º, 3º x 6º, 4º x 5º). Os critérios de desempate são a pontuação, depois o saldo de gols, e persistindo a igualde nos dois jogos, a decisão será nas penalidades, sendo que a equipe de melhor campanha na Primeira Fase, tem a vantagem de decidir a vaga em casa. Classificam-se para a Semifinal as quatro equipes vencedoras de cada chave.

Semifinal

Na Semifinal, os 4 classificados se enfrentam em play-off eliminatório de duas partidas. Os critérios de desempate são a pontuação, depois o saldo de gols, e persistindo a igualde nos dois jogos, a decisão será nas penalidades, sendo que a equipe de melhor campanha na Primeira e Segunda Fase, tem a vantagem de decidir a vaga em casa. Classificam-se para a Final as duas equipes vencedoras de cada chave.

Final

Na grande final, os dois times vencedores, se enfrentam duas partidas para definir o campeão da edição. Os critérios de desempate são a pontuação, depois o saldo de gols, e persistindo a igualde nos dois jogos, a decisão será nas penalidades, sendo que a equipe de melhor campanha na Primeira, Segunda e Terceira Fase, tem a vantagem de decidir a vaga em casa. O ganhador da disputa garante o troféu da Taça FPF de 2016, além de ficar com uma vaga no Campeonato Brasileiro da Série D de 2017.[1]

ParticipantesEditar

Equipe Cidade Estádio Capacidade Títulos
Andraus   Campo Largo Atílio Gionédis 2.000 0 (não possui)
Apucarana Sports   Apucarana Olímpio Barreto 11.000 0 (não possui)
Foz do Iguaçu   Foz do Iguaçu Estádio do ABC 12.000 0 (não possui)
Grêmio Maringá   Maringá Willie Davids 21.600 1 (em 1999)
Operário   Ponta Grossa Germano Krüger 8.620 0 (não possui)
Paranavaí   Paranavaí Waldemiro Wagner 25.000 0 (não possui)
Portuguesa Londrinense   Londrina Uady Chaiben 3.000 0 (não possui)

Primeira FaseEditar

ClassificaçãoEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % Classificação
1   Operário-PR 16 6 5 1 0 22 4 18 88% Zona de classificação para a Terceira Fase
2   Andraus 11 6 3 2 1 9 4 5 61% Zona de classificação para a Segunda Fase
3   Paranavaí 11 6 3 2 1 6 4 2 61%
4   Grêmio Maringá 6 6 1 3 2 11 13 -2 33%
5   Foz do Iguaçu 4 6 0 4 2 7 11 -4 22%
6   Apucarana Sports 3 6 0 3 2 5 13 -8 16%
7   Portuguesa Londrinense 3 6 0 3 3 5 16 -11 16%

Desempenho por rodadaEditar

Clubes que lideraram o campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7
OPE

Clubes que ficaram na última posição do campeonato ao final de cada rodada:

Rodadas
1 2 3 4 5 6 7
AND FOZ APL APU FOZ APL

Segunda FaseEditar

Fase finalEditar

Quartas de final Semifinais Final
    17 a 25 de setembro  01 e 09 de outubro
                                     
   Apucarana Sports 2 3 5  
   Paranavaí 0 0 0  
     Apucarana Sports 2 0 2  
     Andraus 1 2 3  
   Portuguesa Londrinense 0 0 0
   Andraus 4 4 8  
     Andraus 1 0 1
     Operário-PR 1 1 2
   Foz do Iguaçu 4 2 6  
   Grêmio Maringá 0 1 1  
     Foz do Iguaçu 0 0 0
     Operário-PR 0 2 2
   Operário-PR
 Diretamente classificado

Em itálico, os times que possuem o mando de campo no primeiro jogo do confronto e em negrito os times classificados.

FinaisEditar

01 de Outubro Andraus   1 – 1   Operário-PR Eco-Estádio, Curitiba
15:00
Morais   72' Súmula   66' Vandinho Público: 928
Renda: R$ 19.980,00
Árbitro:  PR Fábio Filipus




09 de Outubro Operário-PR   1 – 0   Andraus Germano Krüger, Ponta Grossa
11:05
Vandinho   49' Súmula Público: 2 879
Renda: R$ 47.770,00
Árbitro:  PR Leonardo Sigari Zanon

PremiaçãoEditar

Taça FPF 2016
 
Operário Ferroviário Esporte Clube
Campeão
(1º título)

Classificação GeralEditar

Pos Times Pts J V E D GP GC SG % Classificação ou eliminação
1   Operário-PR 24 10 7 3 0 26 5 21 80 Campeão e acesso para a Série D 2017
2   Andraus 21 12 6 3 3 21 8 13 58 Finalista
3   Apucarana Sports 12 10 3 3 4 12 16 -4 40 Eliminados na semifinal
4   Foz do Iguaçu 11 10 2 5 3 13 14 -1 36
5   Paranavaí 11 8 3 2 3 6 9 -3 45 Eliminados nas quartas de final
6   Grêmio Maringá 6 8 1 3 4 12 19 -7 25
7   Portuguesa Londrinense 3 8 0 3 5 5 24 -19 12

Referências