Abrir menu principal
Taça Guanabara 1966
Guanabara
Dados
Participantes 6
Período 4 de agosto – 7 de setembro
Gol(o)s 37
Partidas 16
Média 2,31 gol(o)s por partida
Campeão Fluminense
Vice-campeão Flamengo
Melhor marcador Mário (Fluminense) e Silva "Batuta" (Flamengo) - 4 gols
Melhor ataque (fase inicial) Bangu e Flamengo - 7 gols
Melhor defesa (fase inicial) 1 gol: Botafogo
Maior goleada
(diferença)
Bangu 4–1 Bonsucesso
Rio de Janeiro

27 de agosto
◄◄ Guanabara Taça Guanabara de 1965 Soccerball.svg Taça Guanabara de 1967 Guanabara ►►

A Taça Guanabara de 1966 foi a segunda edição da Taça Guanabara, porém não foi o primeiro turno do Campeonato Carioca de Futebol de 1966, e sim uma competição à parte, que classificava o seu campeão para a Taça Brasil de 1966.[1][2] O vencedor foi o Fluminense.[3]

HistóriaEditar

Inicialmente a Taça Guanabara de 1966 estava programada para ser disputada por quatro participantes, que seriam os quatro primeiros colocados no Campeonato Carioca de 1965,[4] mas posteriormente teve o seu número aumentado para seis, a saber, pela ordem de colocação: Flamengo, Bangu, Fluminense e Botafogo (empatados em terceiro lugar, pois não havia critério de desempate, embora o Fluminense tivesse mais vitórias, gols a favor e melhor saldo de gols), Vasco da Gama e Bonsucesso.[5]

Tendo havido empate em número de pontos (7) durante a competição, Flamengo e Fluminense fizeram partida desempate para decidir o título,[3] com o Fluminense tendo a vantagem do empate durante a partida e após sua prorrogação, por conta de ter um melhor saldo de gols (quatro contra dois).[6]

Ao vencer o Flamengo por 3 a 1 no jogo extra, o Fluminense terminou a Taça Guanabara de 1966 com três vitórias e três empates, nove gols a favor e três contra, se sagrando o primeiro campeão invicto da História da Taça Guanabara.[3]

Fórmula de disputaEditar

Os seis participantes jogaram contra os demais participantes apenas em jogos de ida no sistema de pontos corridos. Em caso de empate por pontos, jogo(s) extra(s) para decidir o título.[3] Em caso de empate no jogo extra e na sua prorrogação, sagraria-se campeão o time de melhor campanha.[7]

Campanha do campeãoEditar

 
Taça Guanabara de 1966.
  1. Fluminense 0–0 Botafogo.[3]
  2. Fluminense 1–0 Bonsucesso.
  3. Fluminense 0–0 Bangu.
  4. Fluminense 2–2 Flamengo.
  5. Fluminense 3–0 Vasco da Gama.
Jogo extra
6. Fluminense 3–1 Flamengo.

Decisão - Jogo extraEditar

Fluminense 3–1 Flamengo[8]
Data - 7 de setembro de 1966.
Local - Estádio do Maracanã.
Público - 69.730 pagantes.
Renda - NCr$ 101.154,81.
Árbitro - Aírton Vieira de Morais.
Gols - 1° tempo: Fluminense 1 a 0, Amoroso aos 30'; Final: Fluminense 3 a 1, Mário aos 62' e 85' e Silva Batuta aos 70'.
Fluminense - Jorge Vitório, Oliveira, Caxias, Altair e Bauer; Denílson e Jardel; Amoroso, Samarone, Mário e Lula. Técnico: Elba de Pádua Lima "Tim".
Flamengo - Valdomiro, Murilo, Mário Braga, Ditão e Paulo Henrique; Carlinhos e Juarez; Fio "Maravilha", Almir, Silva "Batuta" e Osvaldo "Ponte Aérea". Técnico: Armando Renganeschi.

PremiaçãoEditar

Taça Guanabara de 1966
 
FLUMINENSE
Campeão
(1º título)

Referências

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar