Abrir menu principal

Wikipédia β

Taça Minas Gerais

A Taça Minas Gerais é um tradicional torneio disputado pelos clubes de futebol do Estado. Embora esteja prevista sua realização anual, esta competição não tem sido disputada nos últimos anos, devido à insuficiência de clubes interessados em participar.

Taça Minas Gerais de Futebol
Taça Minas Gerais
Bandeira de Minas Gerais.svg
Dados gerais
Organização FMF
Edições 25
Local de disputa  Minas Gerais,  Brasil
Sistema Temporada, Sistemas Mistos
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

Índice

HistóriaEditar

As edições de 1973, 1977, 1980 e 1981 eram competições à parte do Campeonato Mineiro. Em 1975, 1976, 1979 e de 1982 até 1987, a Taça passou a ser uma das fases do campeonato. Voltou a ser disputada em 1999 e em 2000, ainda como a primeira fase do Campeonato Mineiro e somente pelos times do interior, como forma de indicar um participante para a Copa do Brasil.

A partir de 2004, tornou-se novamente uma competição à parte, podendo ser disputada pelas equipes que participam da 1ª Divisão (Módulo I e Módulo II) do Campeonato Mineiro, como forma de conseguir a última vaga a qual Minas Gerais tem direito na Copa do Brasil, já que as demais são garantidas via Campeonato Mineiro. As equipes da 2ª Divisão podem disputá-la, mas não garantem vaga à Copa do Brasil devido à norma da CBF que permite apenas a participação de equipes de 1ª Divisão de seus estados.

Em 2013, por falta de equipes interessadas, não houve disputa do torneio. Como o regulamento da CBF exige no mínimo quatro equipes da 1ª Divisão para que seja oficialmente tratada como uma Seletiva da Copa do Brasil, foi cancelada por falta de clubes interessados na disputa, alegando dificuldades financeiras para manter seus elencos.[1] Também não foi realizada a edição de 2014.

O Cruzeiro ficou com a posse definitiva do primeiro troféu em 1984, porque conquistou o título três vezes consecutivas. Ficava com a posse definitiva a equipe que vencesse três vezes consecutivas ou cinco alternadas.

Os maiores vencedores são Atlético e Cruzeiro, com 5 títulos cada, e o Uberaba, com 3 (time do interior com mais títulos).

Lista de Campeões em todos os anos em que foi disputadaEditar

Número de títulos por clubeEditar

Clube Títulos Vices
Cruzeiro 5 (1973, 1982, 1983, 1984, 1985) 5 (1975,1976, 1979, 1986, 1987)
Atlético Mineiro 5 (1975, 1976, 1979, 1986, 1987) 4 (1973, 1982, 1983, 1985)
Uberaba 3 (1980, 2009, 2010) 1 (2006)
Villa Nova 2 (1977, 2006) 2 (2009, 2012)
Ipatinga 2 (2004, 2011) 1 (2000)
Boa Esporte (*) 2 (2007, 2012) 1 (2011)
URT 2 (1999, 2000) 0
América Mineiro 1 (2005) 4 (1977, 1980, 1984, 2008)
Democrata-GV 1 (1981) 2 (1999, 2004)
Uberlândia 1 (2003) 2 (1981, 2010)
Tupi 1 (2008) 1 (2007)
Caldense 0 1 (2005)
Araxá 0 1 (2003)

(*) Até 2010, o Boa Esporte atuou sob o nome de Ituiutaba.

Maiores goleadasEditar

Considerando apenas as edições em que a Taça Minas Gerais foi um torneio à parte do Campeonato Mineiro:

  • 1973 Atlético-MG 6x0 Nacional-Muriaé
  • 1980 Nacional-Muriaé 6x0 Democrata-GV
  • 2009 Villa Nova 6x0 Valeriodoce
  • 2005 Jacutinga 6x1 Yuracán
  • 2010 Uberaba 6x1 Villa Nova
  • 2004 Ipatinga 6x2 Monlevade
  • 2006 Villa Nova 6x2 Uberlândia
  • 2007 América-MG 6x2 Uberlândia
  • 2011 Guarani-Divinópolis 6x2 Itaúna

Ver tambémEditar

Notas e referências

Notas

Referências

Guillermo Alexander Rivera, Lisandro Pavan: Minas Gerais Cup - List of Champions / Taça Minas Gerais - Lista de Campeões, RSSSF Brasil, 18/06/2012.