Tab Ramos

futebolista uruguaio

Tabaré Ramos Ricciardi, mais conhecido por Tab Ramos (Montevidéu, 21 de setembro de 1966) é um ex-futebolista uruguaio naturalizado americano[2][3] Atualmente, treina o Houston Dynamo.

Tab Ramos
Tab Ramos
Informações pessoais
Nome completo Tabaré Ramos Ricciardi
Data de nasc. 21 de setembro de 1966 (54 anos)
Local de nasc. Montevidéu, Uruguai
Nacionalidade norte-americano
uruguaio
Altura 1,70 m[1]
Apelido El Elejido
Informações profissionais
Equipa atual Estados Unidos Houston Dynamo
Posição Treinador (Ex-meio-campista)
Clubes de juventude
1984–1987 Estados Unidos NC State Wolfpack
Clubes profissionais
Anos Clubes
1988
1989
1990–1991
1991–1992
1992–1995
1995–1996
1996-2002
Estados Unidos New Jersey Eagles
Estados Unidos Miami Sharks
Espanha Figueres (emp.)
Espanha Figueres
Espanha Real Betis
México Tigres
Estados Unidos New York MetroStars
Total
Seleção nacional
1988–2000 Flag of the United States.svg Estados Unidos
Times/Equipas que treinou
2009–2011
2011–2019
2014–2016
2019–
Estados Unidos Estados Unidos Sub-20 (assistente)
Estados Unidos Estados Unidos Sub-20
Flag of the United States.svg Estados Unidos (assistente)
Estados Unidos Houston Dynamo
Última atualização: quarta-feira, 23 de junho de 2021

Ramos viveu até por volta de seus dez anos em seu país natal, quando emigrou com a família para os Estados Unidos.[2].

Carreira em clubesEditar

Em clubes, iniciou a carreira em 1988, no New Jersey Eagles, que disputava a American Soccer League, uma das precursoras da Major League Soccer. Em 1989, atuou em 3 jogos pelo Miami Sharks. Na época, o futebol nos Estados Unidos ainda não era profissional e boa parte dos jogadores ainda era vinculada à US Soccer (Federação de Futebol do país) apenas para jogar pela seleção nacional que disputaria a Copa de 1990. Após o torneio, a Federação procurou clubes para os atletas defenderem, e o meio-campista assinou com o Figueres[4], da Segunda Divisão espanhola, que o contratou em definitivo em 1991. Por La Unió, Ramos atuou em 72 jogos e fez 4 gols.

Na Espanha, vestiu também a camisa do Real Betis[5], porém jogou apenas 32 vezes e foi emprestado ao Tigres do México em 1995. Com a criação da MLS, Ramos ingressou no MetroStars (atual New York Red Bulls) em abril de 1996, disputando 121 partidas e fazendo 9 gols. Em maio de 2002, aos 35 anos, o meio-campista anunciou sua aposentadoria[6], sendo o último remanescente do MetroStars que jogou a primeira temporada da MLS a fazê-lo.

Durante uma década, integrou a comissão equipe técnica da seleção dos EUA, onde treinou a equipe Sub-20 em 2 passagens, além de ter sido auxiliar-técnico na seleção principal, trabalhando com Jürgen Klinsmann, Bruce Arena, o interino Dave Sarachan e Gregg Berhalter. Em outubro de 2019. Ramos foi anunciado como novo técnico do Houston Dynamo[7], em sua primeira experiência como treinador principal de uma equipe.

Carreira na seleçãoEditar

Pela Seleção dos Estados Unidos, Ramos disputou as Copas de 1990, 1994 e 1998, a Copa Rei Fahd de 1992, duas edições da Copa América, outras 2 edições da Copa Ouro da CONCACAF e os Jogos Olímpicos de 1988. Pelos Yankees, jogou 81 partidas e marcou 8 gols. Sua despedida foi na vitória por 4 a 0 sobre Barbados, em novembro de 2000.

No Brasil, ficou famoso após ter levado uma violenta cotovelada do lateral brasileiro Leonardo[8]. Ramos caiu no gramado, em dor intensa pela fratura no maxilar ocasionada pelo golpe; o árbitro francês Joël Quiniou expulsou Leonardo, que, suspenso por 4 jogos, não jogou o restante da Copa, vencida pelo Brasil.

Referências

  1. «Player Profile». Major League Soccer. Consultado em 15 de fevereiro de 2013 
  2. a b Bonnie DeSimone, "Welcome To The Land Of Plenty", Chicago Tribune, 25 de maio de 1998. Página visitada em 17-7-2010.
  3. "La vergonzosa sanción de FIFA a los bolivianos", La República, 9 de maio de 2000, nro. 112
  4. "Ramos to Play in Spain", The New York Times, 27 de julho de 1990. Acessado em 5 de julho de 2012.
  5. U.S. Soccer Player Changes Teams, The New York Times, 31 de julho de 1992. Acessado em 5 de julho de 2012.
  6. Ramos to Announce His Retirement, Los Angeles Times, 14 de maio de 2002. Acessado em 5 de julho de 2012.
  7. «Houston Dynamo name Tab Ramos as head coach». Houston Dynamo. 25 de outubro de 2019. Consultado em 25 de outubro de 2019 
  8. «"Vítima" de Leonardo, Ramos sente a cotovelada após 20 anos: "Ainda dói"». GloboEsporte.com. 13 de junho de 2014 

Ligações externasEditar

Precedido por
Mike Windischmann
Futebolista do Ano da U.S. Soccer
1990
Sucedido por
Hugo Pérez