Take the Money and Run

filme de 1969 dirigido por Woody Allen

Take the Money and Run (bra: Um Assaltante Bem Trapalhão[1][2]; prt: O Inimigo Público[3]) é um filme estadunidense de 1969, do gênero comédia policial, dirigida e estrelada por Woody Allen, com roteiro dele e Mickey Rose.[2]

Take the Money and Run
Woody Allen em imagem do filme
No Brasil Um Assaltante Bem Trapalhão
Em Portugal O Inimigo Público
 Estados Unidos
1969 •  cor •  85 min 
Direção Woody Allen
Produção Charles H. Joffe
Roteiro
  • Woody Allen
  • Mickey Rose
Elenco Woody Allen
Janet Margolin
Louise Lasser
Marcel Hillaire
Jackson Beck
Género comédia policial
Cinematografia Lester Shorr
Direção de arte Fred Harpman
Edição
  • Ralph Rosenblum
  • James Heckert
  • Ron Kalish
  • Paul Jordan
Idioma inglês

SinopseEditar

Para vencer sua timidez e complexo de inferioridade, Virgil Starkwell resolve ser assaltante, mas sempre acaba na prisão. Já em liberdade condicional, apaixona-se pela funcionária de uma lavanderia que o convence a mudar de vida, porém o passado de assaltante não o abandona.[1]

ElencoEditar

ProduçãoEditar

Allen discutiu o conceito de filmar uma sátira de documentário durante uma entrevista com Richard Schickel:

Take the Money and Run foi um pseudodocumentário arcaico. A ideia de fazer um documentário, que eu aperfeiçoei finalmente quando a utilizei em Zelig, estava comigo desde o dia em que comecei a fazer filmes. Achava que aquele era um veículo ideal para se fazer comédia, porque o formato do documentário é muito sério, então você está de cara trabalhando numa área em que qualquer coisa que você fizer perturba a seriedade, e se torna engraçado. E você pode contar a sua história, de risada em risada em risada... O objetivo do filme era que cada centímetro dele fosse uma risada.[4]

O filme foi gravado em locações da cidade de San Francisco, na Califórnia. Uma das cenas se passa no restaurante Ernie's, cujo célebre interior vermelho foi imortalizado no filme Vertigo, de Alfred Hitchcock. Também foi filmado na Prisão Estadual de San Quentin.[5]

RecepçãoEditar

Resposta da críticaEditar

O filme recebeu críticas positivas, em sua maior parte. Vincent Canby, do New York Times, descreveu-o como "um filme que é, para todos os efeitos, um longa-metragem em dois rolos de comédia muito especial, excêntrico e engraçado", ainda que à medida que seu final chega "instaura-se uma certa monotonia" no ritmo da comédia de Allen.[6] Roger Ebert, do Chicago Sun-Times, escreveu que o filme tinha muitos momentos divertidos, porém "em última análise não é um filme muito engraçado", e a culpa seria da sua edição e do seu humor visual.[7]

No site agregador de críticas Rotten Tomatoes, o filme tem uma avaliação positiva de 93%, a partir das principais 14 críticas, com apenas uma negativa (de Roger Ebert). O filme tem uma avaliação positiva de 73% do público, com base em 10.893 avaliações.[8]

Referências

  1. a b «Um Assaltante Bem Trapalhão». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 19 de maio de 2021 
  2. a b «Um Assaltante Bem Trapalhão». Brasil: CinePlayers. Consultado em 19 de maio de 2021 
  3. «Inimigo Público». Portugal: CineCartaz. Consultado em 19 de maio de 2021 
  4. Schickel, Richard (2003). Woody Allen: A Life in Film. Nova York: Ivan R. Dee. p. 92. ISBN 978-1566635288. 'Take the Money and Run' was an early pseudo-documentary. The idea of doing a documentary, which I later finally perfected when I did Zelig was with me from the first day I started movies. I thought that was an ideal vehicle for doing comedy, because the documentary format was very serious, so you were immediately operating in an area where any little thing you did upset the seriousness and was thereby funny. And you could tell your story laugh by laugh by laugh... The object of the movie was for every inch of it to be a laugh. 
  5. Allen, Woody e Björkman, Stig (2005). Woody Allen on Woody Allen. [S.l.]: Grove Press. p. 25. ISBN 978-0802115560 
  6. Canby, Vincent (19 de agosto de 1969). «Take the Money and Run». The New York Times. Consultado em 11 de maio de 2012 
  7. Ebert, Roger (6 de outubro de 1969). «Take the Money and Run». Chicago Sun-Times. Consultado em 11 de maio de 2012 
  8. «Take the Money and Run». Rotten Tomatoes. Consultado em 11 de maio de 2012 
  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.