Abrir menu principal
Como ler uma infocaixa de taxonomiaTalarurus
Ocorrência: Cretáceo Superior
90 Ma
Talarurus 4900.JPG
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Clado: Dinosauria
Ordem: Ornithischia
Família: Ankylosauridae
Subfamília: Ankylosaurinae
Gênero: Talarurus
Espécie-tipo
Talarurus plicatospineus
Maleev, 1952

Talarurus (Pronuncia-se / tæləruərəs / tal-uh-roor-us) é pertencente à família dos Ankylosauridae de porte igual a um hipopótamo moderno, possui uma armadura e uma grande cauda, foi nomeado por Evgeny Maleev em 1952.

Idade e localizaçãoEditar

O gênero foi descoberto em 1950 por uma expedição soviética e atualmente é conhecida cinco ou mais amostras individuais. Seus restos foram descobertos na parte sudeste do Deserto de Gobi na Mongólia. De acordo com os cientistas, os talarurus viviam em planícies aluviais de várzeas há 70 milhões de anos atrás no Cretáceo Superior da era Mesozoica do Éon Fanerozoico.

DescriçãoEditar

Pesava cerca de 3,6 toneladas com 6 metros de comprimento e era um herbívoro.[1] Seu corpo é formado por uma blindagem de placas rugosas e unidas para sua proteção. Sua cauda era sua arma, sendo longa e baixa, poderia ser capaz de atacar um poderoso tarbossauro numa batalha. A força e a potência de sua cauda era devido aos tendões entrelaçados e fixados na parte final da cauda. Seu próprio nome era uma referência à sua própria cauda.[2] O crânio do Talarurus media aproximadamente 24 cm de comprimento por 22 cm de largura. Este anquilossaurídeo possuía cinco dedos na parte dianteira do pé e quatro dedos no pé traseiro. Características complementares do diagnóstico incluem vértebras dorsais transversalmente com ampla osteoderms com ornamentação franzida.[3]

Referências

  1. Enciclopédia AVPH
  2. Arqueologia e Paleontologia UOL
  3. DinoData

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar