Abrir menu principal

Tamara da Geórgia

(Redirecionado de Tamara I da Geórgia)
Tamara
Imagem de Tamara na Igreja de Dormição em Vardzia
Rainha da Geórgia
Reinado 27 de março de 118418 de janeiro de 1213
Coroação 1178 como co-regente
1184 como rainha reinante no Mosteiro de Ghélati
Antecessor(a) Jorge III
Sucessor(a) Jorge IV
 
Cônjuge Iuri Bogolyubsky (1185 – 1187)
David Soslan (1191 – 1207)
Descendência Jorge IV da Geórgia
Rusudan da Geórgia
Dinastia Dinastia Bagrationi
Nascimento c. 1160
Morte 18 de janeiro de 1213
  Castelo de Agarani
Pai Jorge III da Geórgia
Mãe Burdukhan da Alânia
Religião Igreja Ortodoxa Georgiana
Assinatura Assinatura de Tamara

Tamara da Geórgia (em georgiano: თამარი, também transliterado como T'amar, Thamar ou Tamari[1]) (c. 1160 - 18 de Janeiro de 1213), da Dinastia Bagrationi foi rainha da Geórgia de 1184 até 1213. A primeira mulher a governar a Geórgia por direito próprio, Tamara presidiu a "era dourada" da monarquia medieval georgiana[2].

Tamara foi proclamada como herdeira aparente e co-governante pelo seu pai Jorge III em 1178, mas ela enfrentou uma significativa oposição da aristocracia devido a sua ascensão e total controle do poder, após a morte de seu pai. Mesmo assim, ela teve sucesso em neutralizar a oposição e embarcou em uma série de viagens promovendo uma política externa, principalmente com os seus rivais Seljúcidas e Bizantinos. Apoiada pelo exército da elite, Tamara foi capaz de dar continuidade à expansão do império de seus predecessores, dominando o Cáucaso até a sua queda com a invasão Mongol, duas décadas após a sua morte.[3].

A associação de Tamara com esse período de reavivação cultural e política, aliada com o fato de ser uma governante mulher, levou a muitas idealizações e romantização de sua imagem. Ela ainda é considerada como um importante símbolo na cultura popular da Geórgia e também foi canonizada pela Igreja Ortodoxa Georgiana[4].

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tamara da Geórgia

Referências

  1. O nome Tamara possui origem hebraica e, assim como outros nomes bíblicos, foi favorecido pela Dinastia Georgiana Bagrationi por se auto clamarem descendentes diretos de David. Toumanoff, Cyril (julho 1940), "On the Relationship between the Founder of the Empire of Trebizond and the Georgian Queen Thamar", Speculum, Vol. 15, No. 3: pp. 299–312., p. 299, fn. 4.
  2. Rapp, Stephen H. (2003), Studies In Medieval Georgian Historiography: Early Texts And Eurasian Contexts. Peeters Publishers
  3. Eastmond, Antony (1998), Royal Imagery in Medieval Georgia. Penn State Press
  4. Machitadze, Archpriest Zakaria (2006), "Holy Queen Tamar (†1213)", in The Lives of the Georgian Saints. pravoslavie.ru.
  Este artigo sobre uma Rainha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.