Tatjana Maria

tenista alemã
(Redirecionado de Tatjana Malek)

Tatjana Maria (nascida Tatjana Malek; em 8 de agosto de 1987) é uma tenista profissional alemã.

Tenista Tatjana Maria
Tatjana Maria em Roland Garros, 2023
País  Alemanha
Residência Bad Saulgau, Alemanha
Data de nascimento 8 de agosto de 1987 (36 anos)
Local de nasc. Bad Saulgau, Alemanha
Altura 1,72
Treinador(a) Charles Edouard Maria[1]
Mão Destra
Prize money US$ 5.293.855
Simples
Vitórias-Derrotas 648–507 (56,1%)
Títulos 3 WTA, 21 ITF[2]
Melhor ranking N° 42 (08 de janeiro de 2024)
Ranking atual simples N° 66 (15 de abril de 2024)
Australian Open 2R (2009, 2016, 2024)
Roland Garros 2R (2016, 2017)
Wimbledon SF (2022)
US Open 2R (2012, 2017, 2018)
Duplas
Vitórias-Derrotas 270–246 (52,3%)
Títulos 4 WTA, 19 ITF[3]
Melhor ranking N° 54 (06 de junho de 2016)
Ranking atual duplas N° 320 (15 de abril de 2024)
Australian Open 2R (2017)
Roland Garros 3R (2016)
Wimbledon QF (2018)
US Open 2R (2009, 2012)
Torneios principais de duplas
Duplas Mistas
Roland Garros 1R (2016)
Medalhas
Copa Billie Jean King
Fed Cup SF (2018), recorde 12–7 (63,2%)
Última atualização em: 15 de abril de 2024[4].

Em novembro de 2017, ela alcançou sua melhor classificação de simples no 46º lugar do mundo e, em junho de 2016, alcançou a posição 54 no ranking de duplas.[4]

Ela ganhou três títulos de simples e quatro títulos de duplas no WTA Tour,[4] bem como um título de simples no WTA Challenger Tour. Ela também ganhou 21 títulos de simples[2] e 19 de duplas[3] no Circuito Feminino da ITF. Ela fez doze participações (18 partidas) pela Alemanha nas competições da Fed Cup entre 2006 e 2011 e entre 2018 e 2020.

Carreira

editar

2013–2016: Terceira rodada em Wimbledon e Miami, estreia no top 100

editar

Maria tirou um ano sabático em 2013, para ter o primeiro filho, e voltou ao circuito na Copa Colsanitas 2014.[5]

2017–2020: Top 50, primeiro título do WTA Tour

editar

Maria alcançou a posição mais alta de sua carreira entre as 50 primeiras em novembro de 2017.[6]

Ela ganhou seu primeiro título WTA Tour de simples no Mallorca Open de 2018, derrotando Anastasija Sevastova.[7]

2022: Primeira semifinal importante em Wimbledon

editar

Maria conquistou seu segundo título na Copa Colsanitas, derrotando Laura Pigossi na final.[8]

Em Wimbledon, ela venceu na terceira rodada contra a número 5 do mundo, Maria Sakkari (sua quinta vitória entre as 10 primeiras[9]), e nas oitavas de final contra a 12ª colocada Jeļena Ostapenko, onde salvou dois match points.[10] Isso a tornou a jogadora mais velha a estrear nas quartas de final de Wimbledon.[11] Nas quartas de final, ela venceu a compatriota Jule Niemeier [en], que estava rankeada em 97º lugar, em três sets. Ela alcançou a semifinal de Wimbledon como a sexta jogadora na "Era Aberta" com mais de 34 anos[12] e a sexta mulher da Alemanha.[13] Ela perdeu a partida da semifinal para a segunda "cabeça de chave" e número 2 do mundo, Ons Jabeur, em três sets. Ela foi a primeira mãe de dois filhos a chegar às semifinais de um torneio Major desde Margaret Court em Wimbledon 1975, e apenas a quarta jogadora classificada fora do top 100 a chegar às semifinais de Wimbledon.[14] Ela foi premiada como jogadora de "Retorno do Ano" da WTA por seu desempenho em 2022.[15]

2023: Terceiro título

editar

Em abril, Maria defendeu seu título na Copa Colsanitas em Bogotá, derrotando Peyton Stearns na final.[16]

Depois disso, seus melhores resultados foram: uma quartas de final em Surbiton [en] onde perdeu para Katie Swan [en] em jogo de três sets; a final do Veneto Open que perdeu para Ashlyn Krueger também em jogo de três sets.[17][nota 1]

Já na temporada de quadras duras, Maria chegou a uma semifinal em Varsóvia que perdeu para a eventual vice-campeã Laura Siegemund mais uma vez em jogo de três sets.[17][nota 1]

Na temporada em quadras duras na América, primeiro Maria conquistou o Barranquilla Open vencendo a francesa Fiona Ferro na final em sets diretos.[18] Já na América do norte, ela chegou à semifinal em Cleveland, onde perdeu para Sara Sorribes Tormo em sets diretos.[19] No US Open, ela não foi bem, caindo na primeira rodada para Petra Martic.[17][nota 1]

Maria iniciou a temporada asiática em Osaka, onde perdeu seu jogo de abertura para Panna Udvardy [en] em jogo duro de três sets.[17][nota 1] Em seguida, no Guangzhou Open, ela chegou às quartas de final, onde perdeu para Yulia Putintseva em mais um jogo de três sets.[20] Já em Tóquio, novamente, não passou da primeira rodada.[17][nota 1] No Aberto da China, ela passou por Martina Trevisan na primeira rodada mas perdeu para a cabeça de chave número cinco Elena Rybakina em sets diretos na segunda.[21]

Maria iniciou a temporada no Hobart International no qual venceu Nadia Podoroska na primeira rodada, quando, venceu primeiro set e em seguida, a adversária desistiu da partida por contusão. Em seguida, perdeu na segunda rodada para Viktoriya Tomova em sets diretos.[17][nota 1] Depois disso, partiu para o Australian Open, no qual, venceu Camila Osorio na primeira rodada em jogo de três sets e perdeu para a cabeça de chave N° 26 Jasmine Paolini na segunda rodada sets diretos.[17][nota 1] Permanecendo na Ásia, seu próximo compromisso foi no Thailand Open onde, como cabeça de chave N° 4, venceu Arianne Hartono [en] na primeira rodada em sets diretos[22] e perdeu na segunda para Katie Volynets em jogo de três sets.[23] Continuando em quadras duras, tanto na Europa, quanto no Oriente Médio quanto na América, seu desempenho não melhorou, ficando na segunda ou na primeira rodada em todos os torneios que participou até março.[17][nota 1]

Maria iniciou a temporada em quadras de saibro no San Luis Open onde perdeu na primeira rodada para Anna Bondar em jogo de três sets. Em seguida, tentou defender seu título da temporada anterior na Copa Colsanitas na qual chegou às quartas de final onde perdeu para a eventual campeã Camila Osorio em jogo de três sets.[17][nota 1] Com esse resultado, ela caiu para o N° 65 no ranking de simples da WTA.[6] Em seguida, participou do Time Alemanha da Copa Billie Jean King onde venceu seu jogo contra Laura Pigossi em três sets. Depois disso, participou do Porsche Tennis Grand Prix mas ficou na primeira rodada. No Aberto de Madri, passou por Peyton Stearns na primeira rodada em jogo de três sets mas perdeu na segunda para a cabeça de chave N° 23 Victoria Azarenka em sets diretos. No Aberto de Roma, passou por Linda Fruhvirtová na primeira rodada em jogo de três sets mas perdeu na segunda para a cabeça de chave N° 10 Daria Kasatkina em sets diretos.[17][nota 1] Já no Aberto da França, perdeu na primeira rodada para Clara Tauson em sets diretos.

Vida pessoal

editar

Seu pai, Heinrich Malek (polonês: Henryk Małek), foi um jogador de handebol internacional polonês de Zabrze.[24]

Em 8 de abril de 2013, ela se casou com seu treinador, o ex-tenista francês Charles-Edouard Maria. Seu primeiro filho, uma filha chamada Charlotte, nasceu em 20 de dezembro de 2013,[16] e sua segunda filha, Cecilia, nasceu em 2 de abril de 2021.[25]

WTA finais

editar

Simples (2-0)

editar
Legenda
Grand Slam (0–0)
WTA Tour (1–0)
Premier Mandatory & Premier 5 (0–0)
Premier (0–0)
International (1–0)
Finais por Piso
Duro (0–0)
Saibro (1–0)
Grama (1–0)
Carpete (0–0)
Resultado Número    Data    Torneio Nível Piso Oponente Placar
Campeã 1 Jun 2018 Mallorca Open, Espanha International Grama   Anastasija Sevastova 6–4, 7–5
Campeã 2 Abril 2022 Copa Colsanitas, Colômbia WTA 250 Saibro   Laura Pigossi 6–3, 4–6, 6–2

Duplas (4–4)

editar
Legenda
Grand Slam (0–0)
WTA Tour (0–0)
Premier Mandatory & Premier 5 (0–0)
Premier (0–0)
International (4–4)
Finais por Piso
Duro (2–1)
Saibro (1–3)
Grama (0–0)
Carpete (1–0)
Posição N. Data Torneio Piso Parceira Oponentes Placar
Vice 1. 26 Julho 2009 Gastein Ladies, Bad Gastein, Áustria Saibro   Andrea Petkovic   Andrea Hlaváčková
  Lucie Hradecká
2–6, 4–6
Campeã 2. 16 Setembro 2012 Challenge Bell, Quebec, Canadá Carpete (i)   Kristina Mladenovic   Alicja Rosolska
  Heather Watson
7–6(7–5), 6–7(6–8), [10–7]
Vice 3. 6 Outubro 2014 HP Open, Osaka, Japão Duro   Lara Arruabarrena   Shuko Aoyama
  Renata Voráčová
1–6, 2–6
Vice 4. 19 Julho 2015 Swedish Open, Båstad, Suécia Saibro   Olga Savchuk   Kiki Bertens
  Johanna Larsson
5–7, 4–6
Campeã 5. Abril 2016 Copa Colsanitas, Bogotá, Colombia Saibro   Lara Arruabarrena   Gabriela Cé
  Andrea Gámiz
6–2, 4–6, [10–8]
Vice 6 Abril 2016 Morocco Open, Rabat, Marrocos Saibro   Raluca Olaru   Xenia Knoll
  Aleksandra Krunić
3–6, 0–6
Campeã 7 Março 2018 Abierto Mexicano Telcel, Acapulco, México Duro   Heather Watson   Kaitlyn Christian
  Sabrina Santamaria
7–5, 2–6, [10–2]
Título 8 Setembro 2019 Korea Open, Seul, Coreia do Sul Duro   Lara Arruabarrena   Hayley Carter
  Luisa Stefani
7–6(7), 3–6, [10–7]

Notas

  1. a b c d e f g h i j Para obter os dados dessa referência, selecione o ano correspondente no site da WTA ou da ITF.

Referências

  1. «More on Maria...» (em inglês). WTA. 21 de agosto de 2023. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  2. a b «Tatjana Maria Women's Singles Titles» (em inglês). ITF. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  3. a b «Tatjana Maria Women's Doubles Titles» (em inglês). ITF. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  4. a b c «Tatjana Maria - Overview» (em inglês). WTA. 15 de abril de 2024. Consultado em 15 de abril de 2024 
  5. «Tatjana Maria gibt Comeback» (em alemão). tennisnet.com. 7 de abril de 2014. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  6. a b WTA Staff (21 de agosto de 2023). «Tatjana Maria - Rankings History» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  7. WTA Staff (24 de junho de 2018). «Maria stuns Sevastova for first singles title in Mallorca» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  8. WTA Staff (10 de abril de 2022). «Mother-of-two Maria outlasts Pigossi in Bogota for second career title» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  9. WTA Staff (1 de julho de 2022). «Maria upsets Sakkari; Mertens ousts Kerber in Wimbledon third round» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  10. WTA Staff (3 de julho de 2022). «Maria saves match points, upsets Ostapenko to reach Wimbledon quarters» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  11. Dzevad Mesic (4 de julho de 2022). «Tatjana Maria reacts to shocking Jelena Ostapenko for first Wimbledon quarterfinal» (em inglês). tennisworldusa.org. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  12. Darren Walton (5 de julho de 2022). «Mumma Maria into Wimbledon semi-finals» (em inglês). canberratimes.com.au. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  13. «Tatjana Maria steht im Wimbledon-Halbfinale» (em alemão). sueddeutsche.de. 5 de julho de 2022. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  14. WTA Staff (7 de julho de 2022). «Jabeur makes history by booking Wimbledon final berth» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  15. Press Release (11 de dezembro de 2022). «Swiatek named 2022 WTA Player of the Year» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  16. a b WTA Staff (9 de abril de 2023). «Maria holds off Stearns to win second straight Bogota title» (em inglês). WTA. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  17. a b c d e f g h i j «Tatjana Maria - Matches» (em inglês). WTA. 2 de outubro de 2023. Consultado em 7 de outubro de 2023 
  18. «Barranquilla Open: Maria wins title in dominant fashion over Ferro» (em inglês). tennismajors.com. 20 de agosto de 2023. Consultado em 7 de outubro de 2023 
  19. «Tennis in the Land: Sorribes Tormo sets final against Alexandrova» (em inglês). tennismajors.com. 26 de agosto de 2023. Consultado em 7 de outubro de 2023 
  20. «Galaxy Holding Group Guangzhou Open: Putintseva reaches last four, beats third seed Maria» (em inglês). tennismajors.com. 21 de setembro de 2023. Consultado em 7 de outubro de 2023 
  21. «China Open: Rybakina books spot in last 16» (em inglês). tennismajors.com. 3 de outubro de 2023. Consultado em 7 de outubro de 2023 
  22. «Thailand Open: Maria eases past Hartono to reach second round» (em inglês). tennismajors.com. 30 de janeiro de 2024. Consultado em 1 de fevereiro de 2024 
  23. WTA Staff (31 de janeiro de 2024). «Volynets outlasts Maria to reach second career WTA quarterfinal» (em inglês). WTA. Consultado em 1 de fevereiro de 2024 
  24. «Tatjana Malek die neue Spitzenspielerin» (em alemão). schwaebische.de. 2 de outubro de 2003. Consultado em 25 de agosto de 2023 
  25. Marija (5 de abril de 2021). «Tatjana Maria gives birth to her second child» (em inglês). womenstennisblog.com. Consultado em 25 de agosto de 2023 

Ligações externas

editar
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Tatjana Maria