Abrir menu principal

Tatuagem (filme)

filme de 2013 dirigido por Hilton Lacerda
Tatuagem
 Brasil
2013 •  cor •  110 min 
Direção Hilton Lacerda
Roteiro Hilton Lacerda
Elenco Irandhir Santos
Jesuíta Barbosa
Rodrigo García
Género drama
Música Dj Dolores, Johnny Hooker (John Donovan).
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Tatuagem é um filme brasileiro de 2013, do gênero drama, dirigido por Hilton Lacerda.[1] Suas gravações foram feitas em Olinda, Recife e Cabo de Santo Agostinho[2] Em novembro de 2015 o filme entrou na lista feita pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine) dos 100 melhores filmes brasileiros de todos os tempos.[3]

SinopseEditar

No Brasil do ano de 1978 um grupo de artistas provoca a moral e os bons costumes pregado pela ditadura militar, ainda atuante mas demonstrando sinais de esgotamento. Num teatro/cabaré localizado entre duas cidades do Nordeste do Brasil aconteciam os espetáculos da trupe, conhecida como Chão de Estrelas. Dirigida e liderada por Clécio Wanderley (Irandhir Santos), além de outros artistas e intelectuais e seu diversificado público, a trupe apresenta os seus espetáculos de resistência politica com muito deboche, anarquia e subversão.

É neste cenário que Clécio conhece Fininha, o soldado Arlindo Araújo (Jesuita Barbosa). Um garoto de 18 anos que muda a vida de Clécio. É neste encontro de mundos, o militar com a ditadura, rigidez e atrocidades, e o mundo do cabaré e da arte do Chão de Estrelas, com sua subversão, alegria e homossexualidade, é no choque entre o encontro de Clécio e Fininha que cria uma marca que nos lança no futuro, como uma tatuagem.[4]

ElencoEditar

  • Irandhir Santos como Clécio Wanderley
  • Jesuíta Barbosa como Arlindo Araújo (Fininha)
  • Rodrigo García como Paulete (Paulo)
  • Sílvio Restiffe como Professor Joubert
  • Sylvia Prado como Deusa
  • Ariclenes Barroso como Soldado Gusmão
  • Arthur Canavarro como Érico Welsh
  • Deyvid Queiroz de Morais como Tuca
  • Nash Laila como Artista da Trupe
  • Soia Lira como Albanita
  • Auriceia Fraga como Zozima

PrêmiosEditar

  • Kikito de Melhor Filme - Festival de Gramado.[5]
  • Melhor Trilha Musical - DJ Dolores - Festival de Gramado.[5]
  • Melhor Ator - Irandhir Santos - Festival de Gramado.[5]
  • Prêmio Especial do Júri - Ficção - Festival de Cinema do Rio.[6]
  • Melhor Ator - Jesuíta Barbosa - Festival de Cinema do Rio.[6]
  • Melhor Ator Coadjuvante - Rodrigo García - Festival de Cinema do Rio[6]
  • Melhor Longa-metragem Ficção - Prêmio do Público - Festival de Cinema do Rio.[6]
  • Prêmio FIPRESCI de Melhor Longa Latino-Americano - Festival de Cinema do Rio.[6]
  • Melhor Ator - Rodrigo García - 57º Prêmio da Associação Paulista de Críticos de Arte.[7]

Referências

Ligações externasEditar