Abrir menu principal
Teófilo Ferreira
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Teófilo Laborne Ferreira
Estilo nado livre
Nascimento 2 de junho de 1973 (46 anos)
Belo Horizonte,  Minas Gerais
Nacionalidade brasileira
Medalhas
Campeonatos Mundiais
Bronze Roma 1994 4x100 metros livre
Campeonatos Mundiais – Piscina Curta
Ouro Palma de Mallorca 1993 4x100 metros livre
Bronze Palma de Mallorca 1993 4x200 metros livre
Bronze Rio de Janeiro 1995 4x200 metros livre
Jogos Pan-Americanos
Ouro Havana 1991 4x100 metros livre
Prata Havana 1991 4x200 metros livre
Prata Mar del Plata 1995 4x200 metros livre

Teófilo Laborne Ferreira (Belo Horizonte, 2 de junho de 1973) é um nadador brasileiro, que participou de uma edição dos Jogos Olímpicos pelo Brasil.[1]

Atualmente chefia o departamento de natação do Minas Tênis Clube, com um projeto para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.[2]

Trajetória esportivaEditar

Teófilo começou a nadar em 1980, por determinação da mãe, na escolinha do Minas Tênis Clube. Um cisto ósseo no fêmur o fez parar de nadar mas, no processo de recuperação, a natação o ajudou a superar as três cirurgias sofridas. Uma lesão no ombro tirou-o da sua especialidade, o nado costas e passou a se dedicar ao nado livre.

Teófilo esteve nos Jogos Pan-Americanos de 1991 em Havana, onde foi medalha de ouro no revezamento 4x100 metros livre, e medalha de prata no 4x200 metros livre.[3]

Nos Jogos Olímpicos de 1992 em Barcelona, Teófilo foi à final do revezamento 4x200 metros livre, ficando em sétimo lugar. Também participou dos 50 metros livre, mas não chegou à final.[1]

Em 1993 obteve dois recordes mundiais em piscina curta: no dia 7 de julho, o time do Brasil, composto por Fernando Scherer, Teófilo Ferreira, José Carlos Souza e Gustavo Borges bateu o recorde mundial do revezamento 4x100 metros livre, com o tempo de 3m13s97, que pertencia a Suécia desde 19 de março de 1989: 3m14s00; em 5 de dezembro, o Brasil bateu novamente o recorde da prova, com a mesma equipe, e a marca de 3min12s11.[4][5] Esta marca foi obtida no Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 1993, onde Teófilo ganhou a medalha de ouro nos 4x100 metros livre, e a medalha de bronze nos 4x200 metros livre.[6][7]

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 1994 realizado em setembro em Roma, na Itália, o brasileiro obteve a medalha de bronze no revezamento brasileiro dos 4x100 metros livre. Também ficou me 27º lugar nos 200 metros livre.[6][4] [8]

Teófilo participou dos Jogos Pan-Americanos de 1995 em Mar del Plata, onde foi medalha de prata no revezamento 4x200 metros livre.[9]

No Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 1995 realizado no Rio de Janeiro, ganhou a medalha de bronze nos 4x200 metros livre.[6][10]

Encerrou a carreira em 1997 e passou a trabalhar nos negócios da família; por seis anos ficou fora do esporte, mas voltou a treinar em 2003, em busca do índice olímpico para 2004, que não conseguiu.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Perfil no Sports Reference». Sports Reference. 2013. Consultado em 14 de abril de 2013 
  2. a b Olimpianos - Atletas Olímpicos Brasileiros: TEÓFILO LABORNE FERREIRA Acessado em 21 de fevereiro de 2017
  3. «Medalhas no Brasil no Pan de 1991». UOL. 2007. Consultado em 14 de abril de 2013 
  4. a b «História de Gustavo Borges». Gustavo Borges-Site Oficial. 2012. Consultado em 14 de abril de 2013 
  5. «Cielo é o 13º recordista mundial brasileiro». Globoesporte. 30 de julho de 2009. Consultado em 14 de abril de 2013 
  6. a b c «O Brasil nos Mundiais». CBDA. 26 de março de 2003. Consultado em 14 de abril de 2013. Arquivado do original em 22 de abril de 2013 
  7. HistoFINA, Volumes IIIa (2008 ed) Arquivado em 27 de abril de 2015, no Wayback Machine. e IIIb (2008 ed) Arquivado em 9 de julho de 2015, no Wayback Machine.. ("HistoFINA" é a história da FINA. Volume III é sobre o Mundial de Piscina Curta; parte "a" tem as estatísticas masculinas e a parte "b" as femininas.
  8. «Resultados de Roma 1994» (PDF). USA Swimming. 2013. Consultado em 14 de abril de 2013 
  9. «Medalhas no Brasil no Pan de 1995». UOL. 2007. Consultado em 14 de abril de 2013 
  10. HistoFINA, Volumes IIIa (2008 ed) Arquivado em 27 de abril de 2015, no Wayback Machine. e IIIb (2008 ed) Arquivado em 9 de julho de 2015, no Wayback Machine.. ("HistoFINA" é a história da FINA. Volume III é sobre o Mundial de Piscina Curta; parte "a" tem as estatísticas masculinas e a parte "b" as femininas.
Recordes
Precedido por
Detentor do recorde mundial
4x100 metros livres (piscina curta)

7 de julho de 1993 — 20 de dezembro de 1998
Sucedido por
  Brasil