Abrir menu principal
Camera-photo.svg
Ajude a melhorar este artigo sobre Arquitetura ilustrando-o com uma imagem. Consulte Política de imagens e Como usar imagens.


Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde dezembro de 2011). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Teatro romano do Alto da Cividade, em Braga, é o único teatro romano existente no noroeste da Península Ibérica (e o único também que está a ser escavado actualmente em Portugal e Espanha) fica situado junto às Termas romanas de Maximinos, em Braga.

A sua descoberta acidental em 1999, quando se procedia a escavações nas termas, levou à descoberta de estruturas que revelaram a existência de um teatro, cujo estado de conservação acabou por exceder todas as expectativas. A área que foi possível escavar até ao momento, com cerca de 80 metros de diâmetro e o número elevado de elementos arquitectónicos e decorativos encontrados, permitiram identificar as diferentes partes orgânicas do teatro.

Entre os investigadores é considerada uma descoberta extraordinária, que coloca a cidade de Braga ao mais alto nível europeu em termos de arquitectura romana.

Este é o segundo teatro romano a ser escavado no país (o outro é o de Lisboa), mas é o único teatro romano a céu aberto de Portugal e do Noroeste Peninsular.

Com metade da estrutura escavada, falta agora a parte mais difícil, torná-lo visitável. Com a escavação integral deste equipamento, pretende-se também proceder ao seu restauro e à utilização pública do mesmo.

A existência deste tipo de equipamento em Bracara Augusta (Braga), vem confirmar a importância qua a cidade tinha no Império Romano.

Ligações externasEditar