Abrir menu principal

Wikipédia β

Teenage Dream

álbum de Katy Perry
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o álbum. Para a canção, veja Teenage Dream (canção).

Teenage Dream é o terceiro álbum de estúdio da cantora e compositora estadunidense Katy Perry. Seu lançamento ocorreu em 24 de agosto de 2010, pela Capitol Records. Primeiramente mencionado pela intérprete em maio de 2009 numa entrevista para a Rolling Stone, o projeto foi gravado entre outubro de 2009 e abril de 2010, sob a produção de Dr. Luke, Max Martin, Greg Wells, Tricky Stewart, Benny Blanco e Stargate. Além de ter atuado como compositora em todas as faixas, Perry também colaborou com compositores como Bonnie McKee e Ester Dean no álbum, musicalmente derivado dos gêneros pop e electropop e que incorpora uma série de outros estilos em sua estrutura, com letras abordando amor adolescente, festas, auto-empoderamento e crescimento pessoal.

Teenage Dream
Álbum de estúdio de Katy Perry
Lançamento 24 de agosto de 2010 (2010-08-24)
Gravação Janeiro–Abril de 2010
Capitol Records Building
(Hollywood, Los Angeles, Califórnia)
Gênero(s) Pop, electropop
Duração 58:24
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD, download digital, disco de vinil
Gravadora(s) Capitol
Produção Dr. Luke, Max Martin, Benny Blanco, Stargate, Christopher "Tricky" Stewart, Greg Wells
Cronologia de Katy Perry
MTV Unplugged
(2009)
Teenage Dream: The Complete Confection
(2012)
Singles de Teenage Dream
  1. "California Gurls"
    Lançamento: 7 de maio de 2010 (2010-05-07)
  2. "Teenage Dream"
    Lançamento: 23 de julho de 2010 (2010-07-23)
  3. "Firework"
    Lançamento: 26 de outubro de 2010 (2010-10-26)
  4. "E.T."
    Lançamento: 16 de fevereiro de 2011 (2011-02-16)
  5. "Last Friday Night (T.G.I.F.)"
    Lançamento: 6 de junho de 2011 (2011-06-06)
  6. "The One That Got Away"
    Lançamento: 28 de setembro de 2011 (2011-09-28)

Teenage Dream obteve análises mistas de críticos musicais, que elogiaram sua produção e seus temas mas criticaram os vocais de Perry e sua composição. Apesar disso, rendeu seis indicações aos Grammy Awards, incluindo o de Album of the Year, e venceu o Juno Award de International Album of the Year. O disco foi bem recebido comercialmente, liderando tabelas da Austrália, Áustria, Canadá, Escócia, Irlanda, Nova Zelândia e Reino Unido, enquanto listou-se entre os dez mais vendidos em uma série de países. Nos Estados Unidos, debutou no topo da Billboard 200 com 192 mil unidades adquiridas, vindo a comercializar um total de três milhões de unidades e sendo certificado como platina tripla pela Recording Industry Association of America (RIAA). Mundialmente, vendeu mais de seis milhões de cópias.

Seis singles bem sucedidos foram lançados de Teenage Dream, com "California Gurls", a faixa homônima, "Firework", "E.T" e "Last Friday Night (T.G.I.F.)" liderando a Billboard Hot 100, fazendo de Perry a única mulher e a primeira artista no geral desde Michael Jackson a ter cinco faixas de um único disco atingindo o cume do periódico, rendendo-lhe também um Billboard Spotlight nos Billboard Music Awards de 2012. Para a divulgação do disco, a intérprete apresentou-se em uma série de programas televisivos e premiações, e embarcando na turnê The California Dreams Tour. Um relançamento do CD, intitulado Teenage Dream: The Complete Confection, ocorreu em março de 2012 e rendeu os singles "Part of Me", que também liderou a Billboard Hot 100, e "Wide Awake", que alcançou a vice-liderança.

Índice

Antecedentes e desenvolvimentoEditar

Perry falou pela primeira vez a respeito do álbum em maio de 2009 em uma entrevista a revista Rolling Stone, onde disse que ele seria gravado a partir de setembro do mesmo ano. De acordo com a cantora, o disco iria "definitivamente continuar no pop" e que seria formado por músicas mais pessoais em relação ao seu primeiro álbum de música pop, One of the Boys.[1][2] Ela ainda confessou temer seu segundo projeto, pois ele iria mostrar se ela "tem vocação para música ou não".[1] Em novembro ela comentou sobre o processo de composição e início das gravações à Associated Press:

 
Katy Perry interpretando "California Gurls" na The California Dreams Tour.

Perry começou a trabalhar no álbum em 13 de outubro de 2009, afirmando que tinha "muitos advogados para passar por, felizmente Greg Wells está lá para fazer o peeling". O trabalho no álbum envolveu colaborar com numerosos artistas e produtores incluindo Greg Wells,[4] Guy Sigsworth,[4] Dr. Luke,[4] Max Martin,[4][5] Ryan Tedder,[6] Rivers Cuomo,[5] Thaddis "Kuk" Harrell,[7] Greg Kurstin, Benny Blanco, Darkchild, Cathy Dennis, Ester Dean, The-Dream e Christopher "Tricky" Stewart. Mais tarde, o vocalista da banda Weezer, Rivers Cuomo, disse à Buzznet que estava trabalhando com Katy Perry em composições para o seu segundo álbum.[8][9][10][11][12] O produtor Christopher "Tricky" Stewart, que produziu as canções "Single Ladies (Put a Ring on It)" para Beyoncé e "Umbrella" para Rihanna, confirmou à Rap-Up em dezembro de 2009 que estava co-escrevendo e que iria produzir o álbum de Perry, mas sem alterar o estilo musical da cantora, "estamos tentando escrever grandes canções, apenas fazendo realmente. É claro que temos interesses em criar músicas esmagadoras. [...] É um estilo diferente para mim. É um projeto muito importante para mim, porque as pessoas estão esperando para ver o que eu vou fazer".[13][14] Dr. Luke e Max Martin já haviam trabalhado com a cantora antes, sendo os responsáveis por "I Kissed a Girl" e "Hot n Cold" de One of the Boys.[15] "Trabalhar com Max Martin e Dr Luke foi uma colaboração maravilhosa. Eu trabalhei com eles no meu disco One of the Boys, e queria eles neste projeto. Dessa vez, não vão ser duas canções, teremos seis ou sete", disse Perry à Rolling Stone em janeiro de 2010.[15] Ainda em janeiro, Dr. Luke disse à HitFix.com que a cantora havia criado uma mixtape com músicas pop da década de 1990 para que ele tivesse noção do estilo musical que ela queria.[16] Calvin Harris havia sido escolhido para produzir o álbum, mas segundo a cantora durante a sua chegada nos Nickelodeon Kids' Choice Awards de 2010, "ele ficou muito famoso e não aconteceu".[17] "Ela e eu estamos, atualmente, trocando mensagens de texto, mais ou menos nos últimos cinco meses de trabalho neste álbum, tentando pôr as coisas em dia. Eu tenho três canções incríveis que estão apenas começadas [...] São essas ideias que quero finalizar com ela. Então, literalmente, nos próximos três dias, eu vou viajar com um microfone e coisas de estúdio, trocar e-mails com ela e espero conseguir colocar uma das músicas no disco, no último minuto", contou Ryan Tedder à MTV em abril de 2010.[18][19][20][21]

O álbum foi gravado no estúdio da Capitol Records em Hollywood, Los Angeles que fica na Califórnia, entre 13 de janeiro e 30 de abril de 2010.[22][23] Perry comentou ao HitFix como foi o processo de gravação e a organização das músicas do álbum: "Nós trabalhamos em Santa Barbara e Los Angeles. Eu contava a todo mundo que tinha muitas jóias, mas não tinha a coroa [...] Quando finalmente encontrei a coroa, as jóias passaram a fazer sentido".[24][25]

Lançamento e capaEditar

 
Katy Perry cantando "Peacock" na The California Dreams Tour.

O título do segundo álbum foi revelado oficialmente por Katy Perry em maio de 2010, dias após o lançamento de "California Gurls".[26][27] "Quis chamar o álbum de Teenage Dream porque tem uma música no disco com o mesmo nome que eu escrevi em Santa Barbara, e foi um momento muito puro para mim, porque é de onde eu sou", revelou a cantora à MTV News.[28] O segundo álbum da cantora foi lançado em 24 de agosto na América do Norte, nos formatos Compact Disc e download digital, distribuídos pela Capitol Records e iTunes, respectivamente.[29][30] Mundialmente, Teenage Dream foi lançado em 30 de agosto de 2010 e distribuído pela EMI Music Publishing Group nos mesmos formatos.[31] Na versão original foram incluídos os remixes de Passion Pit e Kaskade para "California Gurls" e "Teenage Dream", respectivamente. Comercializado a partir de 27 de agosto nos Estados Unidos, a capa da versão deluxe do álbum foi aromatizada com cheiro de algodão doce, de acordo com a MTV.[32] Além do CD padrão com doze faixas originais, a versão deluxe é formada por um CD bônus chamado Dream On — constituído pelas canções "Starstrukk" do duo 3OH!3 e "If We Ever Meet Again" do produtor Timbaland; além de remixes do Passion Pit, MSTRKRFT e Armand Van Helden para "California Gurls" e de Kaskade para "Teenage Dream".[33]

Na dedicatória, a cantora assinou como "Katy Hudson Perry Brand", dizendo:

As capas dos dois primeiros singles foram fotografadas por Emma Summerton em abril de 2010, sendo que outras três imagens fotografadas pela artista foram lançadas para promover o álbum em julho.[35][36] A capa oficial do álbum foi pintada em tela por Will Cotton e lançada em 21 de julho ao vivo via webstream, onde mostra Katy Perry nua deitada em nuvens de algodão doce.[37][38][39] Para preservar a obra artística de Cotton, a cantora decidiu não inserir o título na capa.[37] Como mostrado em um vídeo exclusivo lançado por Perry, Cotton também foi o responsável pelas fotografias da cantora no encarte do álbum.

MúsicaEditar

Influências e conceitoEditar

 
"Firework" é uma canção uptempo que "inspira e motiva as pessoas a não serem comuns, para sempre destacarem-se como 'fogos de artifício'."

"Last Friday Night (T.G.I.F.)" é uma canção dance-pop sobre uma balada dos anos 80.

Problemas para escutar estes arquivos? Veja a ajuda.

Basicamente, uma das maiores influências de Teenage Dream e da carreira de Katy Perry foram a banda Queen e a cantora Alanis Morissette.[40] Ela também ressaltou que o estilo musical de seu segundo álbum seria como uma fusão de "Lovefool" dos The Cardigans com "The Sign" dos Ace of Base, "para fazer as pessoas sentirem a vontade de darem as mãos para andar de patins".[41] "Quando saí em turnê, senti que faltavam músicas para fazer as pessoas irem para cima e para baixo. Eu amo a sensação quando todos estão pulando juntos", disse a cantora à HitFix a respeito do novo estilo que iria produzir.[42] O grupo ABBA e a canção de Madonna, "Into the Groove", também foram influências para o novo álbum.[1][24] Perry ainda comentou sobre o estilo musical de seu álbum em entrevista à Revista Nylon, afirmando que as músicas não seriam "tão irritantes" em relação as anteriores, dizendo que gostaria de ser a nova Alanis Morissette no mercado musical em 2010.[43] Durante os Nickelodeon Kids Choice Awards de 2010, Perry havia revelado que tinha sido fortemente influenciada pela música dos anos 1990 e Cyndi Lauper, apelidando seu trabalho de "prazer culposo".[44] Segundo a cantora, suas novas músicas "exploram sua , convicção e admiração do mundo sobrenatural" e que "apesar de divertidas, elas têm conteúdo e não foram feitas apenas para festas".[45][46] Bonnie McKee, co-compositora de Teenage Dream, em entrevista à Buzzworthy MTV declarou: "Ele [o álbum] foi inspirado pela condição de adolescente. Ambas [Katy e eu] tínhamos uma obsessão com esse tempo em nossas vidas. Temos um fascínio mútuo com a arquibancada e o baile e todas as coisas que nunca chegamos a ter.[...] É por isso que Katy Perry é uma estrela enorme. Ela pode ser uma megera e vestir trajes pequenos com uma piscada e um sorriso, mas ela também pode ser muito honesta e vulnerável".[47] Desde as primeiras vezes em que começou a falar sobre seu novo álbum, Perry havia dito que ela não estava visando o crescimento musical; ela queria apenas ter certeza de que seus fãs tivessem o que eles esperavam.[48]

Estilos musicais e temasEditar

"Algumas músicas são bem doces, mas quando você ouve o álbum inteiro, é completamente apetitoso. Não queria fazer só músicas para festas. As pessoas vivem vidas reais, trabalham, têm relacionamentos. Existe uma parte mais substancial e também perspectiva nesse álbum. 'Circle the Drain' é minha 'You Oughta Know' de Alanis Morissette. Falo a palavra 'foda-se' umas cinco vezes na música, mas não acho que vá chocar as pessoas — você sempre diz isto quando precisa."[49]

— Katy Perry em entrevista à Kim Dawson do Daily Star.

A maioria das canções de Teenage Dream seguem o estilo musical disco, com sintetizadores musicais retrôs e trechos auxiliados pelo alterador vocal Auto-Tune. Enquanto isso, outras canções seguem um estilo pop-rock, com uso de sintetizadores que consequentemente, deram às canções um ritmo musical de electro-rock. A cantora usou um tema romântico na faixa-título do álbum, sendo que Amos Barshad da New York Magazine disse que "se não fosse pelo poderoso refrão ('You!... make!... me!'), a canção seria, praticamente, uma balada romântica".[50] Em "Last Friday Night (T.G.I.F.)", a cantora fala sobre festas, bebidas e orgias, sendo comparada pela cantora como uma nova versão de "Waking Up in Vegas".[51] Escrita como resposta à "Empire State of Mind" (que homenageia Nova Iorque), "California Gurls" é composta por sintetizadores com efeitos sonoros solares e faz ode às garotas e ao estilo de vida californiano, chamado por James Montgomery da MTV News como "canção-tema de praia".[52][53] Ela disse: "Todo o mundo tem a canção de Nova Iorque, mas que merda? E onde fica LA? Onde fica Califórnia?"[54] "Firework" foi inspirada no clássico livro de Jack Kerouac, On the Road, onde fala sobre como "ele queria estar próximo de pessoas que estavam zumbindo, efevercendo e fazendo as pessoas irem como fogos de artifício no céu".[55][56] A canção segue um ritmo musical de house music mixado à violinos, mas destacou-se por sua letra inspiracional e motivadora.[57][58] Chris Ryan da MTV Buzzworthy postou que Perry aparece na canção com "vocais inspiracionais de uma diva da house music".[59] Considerada pela cantora como sua "You Oughta Know" de Alanis Morissette, em "Circle the Drain", Perry desabafa e faz críticas sobre o vício em remédios de seu ex-namorado e vocalista do Gym Class Heroes, Travis McCoy, ao som de electro-rock.[60][61][62] Em "Who Am I Living For?", Katy Perry expressa sobre sua espiritualidade e , onde cita na música a personagem bíblica, Ester, como inspiração e exemplo. "Not Like the Movies" é uma canção tocada por piano e a única música que segue o estilo de balada romântica de Teenage Dream. A canção trata de um romance, que na realidade, nunca é igual às histórias de amor das grandes produções cinematográficas.[63] Devido à sonoridade musical, a MTV Buzzworthy comparou esta canção à "My Immortal" do grupo Evanescence e "Everytime" de Britney Spears.[63]

RecepçãoEditar

Crítica profissionalEditar

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic 52/100
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com[64]      
Allmusic[65]      
Entertainment Weekly[66] (B-)
G1[67] (mista)
Los Angeles Times[68]     
Rolling Stone[69]      
Slant Magazine[70]      
UOL[71] (positiva)
The Guardian[72] (negativa)
Rolling Stone Brasil[73]      

Basicamente, Teenage Dream recebeu diversas críticas profissionais mistas. O sítio Metacritic deu ao álbum uma média de 52 de 100, baseando-se em 19 opiniões e resenhas positivas e negativas recebidas pelos críticos de música.[74]

"Há outras grandes canções pop [...] Mas o primeiro hit esmagador de Katy Perry é uma canção de garotas adolescentes da Califórnia. A canção define o álbum, que é sobre as garotas californianas: suas esperanças, seus sonhos", comentou Rob Sheffield da Rolling Stone, fazendo uma crítica mista sobre o álbum.[69] Gustavo Miller do Portal G1 também fez uma crítica semelhante sobre o disco, dizendo que ele "[...] pode ser dividido em dois: até a quinta música, Katy personifica o melhor do pop atual [...] Nas próximas sete músicas, ela se perde, cai em lugares-comuns e mostra um som tedioso — o mesmo já aconteceu no trabalho anterior. Katy é uma hitmaker, sem dúvida alguma, mais ainda lhe falta um trabalho consistente, que não dependa apenas de dois singles fortes. Afinal, ela agora é uma estrela pop".[67] Stephen Thomas Erlewine da Allmusic deu ao álbum duas estrelas e meia de cinco.[65] André Sollitto, da Revista Época, afirmou que o CD possui "12 faixas repletas de batidas eletrônicas dançantes e refrões pegajosos repetidos à exaustão, elementos cuidadosamente elaborados para vencer nas paradas de sucesso", salientando que a ousadia de Perry no disco "vai muito além da mostrada por suas companheiras de pop, como Rihanna, Lily Allen e Ke$ha".[75] Kitty Empire do The Guardian, disse que "[...] É doloroso relatar que o segundo álbum de Katy Perry é um produto pop intolerante, com tão pouco humor ou inteligência expressa tão fluentemente por seu guarda-roupa e escolha de namorado. [O álbum] faz você implorar por Gwen Stefani, que fez um pop digital com visual retrô dos anos 1950 muito melhor, ou a imagem e mensagem sexual de Kelis, cuja canção 'Milkshake' tinha a decência de divertir, assim como excitar".[72] Matthew Cole da Slant Magazine, comentou que "apenas duas ou três canções justificam a existência desse álbum".[70] Enquanto isso, Elysa Gardner do USA Today, elogiou "Pearl" e "Not Like the Movies", dizendo que "por não ter medo de abrir seu coração, Perry sugere que ela tem muito mais a oferecer do que uma piscada de olho e chamar a atenção".[76] Gardner também elogiou a cantora e disse que "Atualmente, Lady Gaga monopolizou o mercado por comparações com Madonna, mas Teenage Dream constitui um forte motivo para que Katy Perry seja uma verdadeira e criativa descendente".[76] Thiago Mariano, do Diário do Grande ABC, escreveu que "apesar das nuvens de algodão doce que estampam a capa do álbum, a primeira audição já deixa certeza que o disco, ao contrário de nublado, está mais para ensolarado".[77] Nick Levine, do Digital Spy, deu cinco estrelas ao disco, apelidando-o de "ode ao amor jovem", finalizando sua resenha dizendo que ele "tem algo que é grande, saboroso e impossível de não devorar".[78]

Greg Kot, do Chicago Tribune, fez uma resenha negativa ao disco. Ele criticou a produção, chamando-a de "tipo-Frankenstein", além de achar os vocais de Perry "robóticos" e sem "qualquer elegância ou nuance".[79] Leah Greenblatt, da Entertainment Weekly, falou que o disco "parece bionicamente projetado para fazer dela [Katy Perry] uma garota para todas as temporadas da Billboard".[66] Em sua crítica, o The Independent teve opinião semelhante, salientando que, em relação a Katy Perry, a gravadora "sabe o que está fazendo, e a combinação de 'convencionalmente atraente' adicionada à 'ousada sem ser assustadora', será sem dúvida equivalente a vendas saudáveis para seu segundo álbum 'pop'".[80] O site Sputnikmusic afirmou esperar que o álbum fosse apenas um contratempo na carreira de Katy Perry,[81] enquanto a BBC disse que "se Teenage Dream esforçou-se para surpreender, é um triunfo parcial. Não há individualidade, inteligência e caráter em abundância. Mas [...] sugere que ela está estagnada no caminho de algo muito maior".[82] Jacqueline Smith, do The New Zealand Herald, deu três estrelas ao disco, além de uma resenha favorável, na qual diz que ele "funciona", contém "quatro singles que são igualmente, se não até mais, contagiosos do que I Kissed a Girl", e alega que "o álbum é uma forma segura de agradar às multidões".[83] Jessica David, da Glamour Magazine, disse que "é difícil ficar parado ouvindo esse LP", salientando que a espera pelo segundo trabalho pop de Perry valeu a pena.[84]

 
Katy Perry apresentando "E.T." em um show em Budapeste.

O The Village Voice afirmou que "na melhor das hipóteses, Teenage Dream fornece a euforia da adolescência, com apenas um toque de nostalgia melancólica. Não há nenhum conceito abrangente".[85] O The Washington Post publicou: "quanto mais a estrela pop de 25 anos de idade trabalha para cultivar a sua imagem, mais sem rosto ela se torna.[...] E isso é uma pena, porque Perry tem uma poderosa voz flexível que é capaz de transportar o material dramático. É muito mais forte do que a de Britney Spears e muito mais rigidamente controlada do que a arrogância exagerada de uma Christina Aguilera".[86] Mikael Wood, da Spin Magazine, fez uma revisão mista, observando que, devido às letras provocativas de certas canções, o álbum "não irá decepcionar os pais que procuram razões para se preocupar com seus filhos".[87] De forma semelhante, Braulio Lorentz, da Billboard Brasil, destacou a qualidade da faixa-título, de "California Gurls" e de "Heartbeat Hummingbird", porém criticou algumas canções que considerou vulgares, acrescentando que o álbum "encontra 14 maneiras diferentes de fazer referência ao coito".[88] Por outro lado, Neil McCormick, revisor do Daily Telegraph, deu três estrelas ao CD, dizendo: "Perry parece ser mais atrevida do que transgressora em Teenage Dream. Há uma sensação desconcertante de uma cantora e compositora sensível tentando se fazer ouvir".[89] O crítico ainda elogiou o novo trabalho da californiana, dizendo: "nenhuma despesa foi poupada produzindo um brilhante e altamente comercial produto pop", destacando também a participação de famosos produtores da indústria fonográfica neste disco.[89] A versão inglesa do Yahoo! Music comentou a qualidade de "Circle the Drain", porém afirmou que o álbum "não é tão divertido quanto Perry alegou", dando-lhe uma nota 4 em 10;[90] a versão australiana, por outro lado, deu-lhe uma nota 8 em 10, elogiando "Who Am I Living For?", "Not Like the Movies", e dizendo que o "senso de humor atrevido" da cantora "está estampado em todo o álbum".[91]

Em uma crítica publicada na UOL, Mesfin Fekadu disse que "o novo disco de Katy Perry é como uma máquina mágica de caça-níqueis: escolha qualquer música e você ouvirá um hit. Teenage Dream, o segundo lançamento da cantora, é um conjunto de 12 músicas de diversos sabores: formidáveis batidas dançantes, groove e baladas pop sutis e suaves — como o corpo nu de Perry na nuvem que estampa a capa do álbum [...] Mas outra grande razão para a magia do disco de Perry é ela mesma. Ela é dona de um vozeirão e consegue cantar músicas pop mais picantes como Britney Spears e Ke$ha, cujos vocais são geralmente susurrados e fracos, desaparecendo ao fundo das batidas das músicas. A voz de Katy não só guia a batida como a desenvolve".[71] Steve Leftridge, do PopMatters, deu uma nota quatro em dez para o disco, dizendo que certas músicas "não são nem fortes nem nervosas, nem inteligentes, nem sonoramente interessantes o suficiente para emprestar qualquer credibilidade genuína a Perry como um artista séria".[92] Bill Lamb, do About.com, escreveu que "[...] quer tenha gostado do álbum ou não, ele está destinado a ser um marco na música pop".[64] Em uma crítica publicada na Rolling Stone Brasil, José Julio do Espírito Santo destacou a variedade de temas das canções do disco, completando: "Deitada seminua nas nuvens, feito Lolita pedindo atenção, Perry consegue dar vislumbres conceituais a um trabalho eminentemente pop. [...] Ela pode não ter a voz de Amy Winehouse, o impacto de Lady Gaga ou a imponência de Beyoncé, mas, com Teenage Dream, Katy Perry ainda anima a festa".[73]

Prêmios e indicaçõesEditar

Na cerimônia do 53º Grammy Awards, ocorrida em 2011, Teenage Dream foi nomeado para Álbum do Ano e Melhor Álbum Vocal Pop; além disso, o primeiro single, "California Gurls", foi indicado para Melhor Colaboração Pop com Vocais e o segundo single, a faixa-título, foi nomeado para Melhor Performance Pop Vocal Feminina.[93] O disco ganhou um prêmio na categoria Álbum Internacional do Ano no Juno Awards de 2011[94] e, durante o American Music Awards do mesmo ano, rendeu à Katy Perry um prêmio especial por ser a primeira mulher com cinco singles de um mesmo CD no topo da principal parada norte-americana.[95] Durante o 54º Grammy Awards, ocorrido em 2012, a canção "Firework" foi indicada nas categorias Gravação do Ano e Melhor Performance Pop Individual.[96]

Ano Prêmio Categoria Resultado
2010 American Music Awards Álbum Favorito Pop/Rock[93][97] Indicado
2011 Billboard Music Awards Melhor Álbum Pop[98][99] Venceu
BRIT Awards Álbum Internacional[100] Indicado
Grammy Awards Álbum do Ano[93][101] Indicado
Melhor Álbum Vocal Pop[93][101] Indicado
Juno Awards Álbum Intenacional do Ano[94] Venceu

SinglesEditar

"California Gurls", que conta com a participação do rapper Snoop Dogg, foi lançado em 7 de maio de 2010 como o primeiro single oficial de Teenage Dream.[102] Com 294.000 downloads legais na loja virtual iTunes em apenas uma semana, a canção tornou-se um enorme sucesso musical e foi eleito pelo canal MTV como uma das "Músicas do Verão Americano de 2010".[103][104] A canção ficou no pódium das paradas musicais da Austrália, Alemanha, Canadá, Brasil, Estados Unidos, Nova Zelândia e Reino Unido e superou a marca de 3 milhões de downloads legalizados em apenas 11 semanas no iTunes, dando à Katy Perry um recorde por ser a única cantora a vender esta quantidade de músicas em tão pouco tempo.[105] Dirigido por Mathew Cullen, o videoclipe com Perry e Snoop Dogg estreou em 15 de junho de 2010 e mostra a cantora em um mundo ficcional, chamado Candyfornia.[106] A canção venceu nas categorias Melhor Single e Música do Verão nos Teen Choice Awards de 2010 e foi indicado como Melhor Clipe Feminino e Melhor Clipe Pop nos MTV Video Music Awards de 2010.[107][108] A canção também foi indicada aos prêmios de Melhor Música e Melhor Clipe nos MTV Europe Music Awards de 2010.[109][110]

A faixa-título, "Teenage Dream", foi lançada como segundo single do álbum em 22 de julho no iTunes. Em apenas três dias após seu lançamento, a canção foi adicionada à programação de 87 rádios estadunidenses, dando à cantora um recorde por Inserções nas Rádios.[111] O single conseguiu o primeiro lugar nas paradas musicais New Zealand Singles Chart, da Nova Zelândia, e Billboard Hot 100, dos Estados Unidos, além de estar listado nas paradas musicais da Austrália, Canadá e Suécia.[112] O videoclipe da faixa foi dirigido por Yoann Lemoine e lançado em 10 de agosto de 2010, onde a cantora interpreta a vida de uma adolescente e aparece em cenas sensuais com o ator Josh Kloss.[113] Na Austrália, a canção foi classificada como Disco de Platina.[114]

"Firework" foi promovido como terceiro single oficial do álbum a 26 de outubro de 2010.[115][116] A faixa atingiu o primeiro lugar na parada norte-americana Billboard Hot 100 e os 5 primeiros de vinte paradas musicais em todo o mundo.[117][118] O videoclipe da canção foi produzido a partir de 28 de setembro de 2010 com o patrocínio da companhia telefônica européia Deutsche Telekom, que promoveu um concurso para selecionar alguns fãs da cantora que apareceram no vídeo.[119] Apesar de não detalhar muito sobre ele, o videoclipe foi descrito pela cantora como "tocante", durante sua passagem nos MTV Video Music Awards de 2010.[120] O vídeo musical foi dirigido por Dave Meyers e gravado em Budapeste,[121] tendo sido dedicado ao projeto americano "It Gets Better Project", uma organização antibullying que visa diminuir o preconceito e suicídios entre homossexuais.[122] O clipe foi o vencedor da categoria "Melhor Vídeo do Ano" do VMA 2011.[123]

 
O rapper Kanye West participou do single "E.T.".

Inicialmente, cogitou-se que "Peacock" seria lançada como o quarto single do álbum,[124] porém muito fãs não concordaram, pois achavam a canção controversa e vulgar; então, Katy Perry lançou uma enquete na rede social Twitter para saber qual deveria ser o próximo single, de acordo com os fãs.[125] A cantora anunciou, através de sua página no Facebook, que a música vencedora foi "E.T.".[126] Lançada originalmente em 16 de Fevereiro, a versão para as rádios contou com a participação de Kanye West.[127] O vídeo musical do single foi dirigido por Floria Sigismondi e teve a participação do rapper.[128] Divulgado a 31 de março de 2011, o vídeo destacou-se principalmente por seus efeitos especiais de alta qualidade e pela maquiagem intensa que a cantora usava para representar um ser extraterrestre.[129] Ao chegar à marca de 3 milhões em vendas digitais, se transformou na sexta canção de Perry a alcançar este patamar.[130] Posteriormente, a música comercializou mais de 4 milhões de cópias, sendo a mais vendida no primeiro semestre de 2011[131] e fazendo de Katy a primeira artista da história a ter cinco de suas canções com venda por download (música digital comercializada exclusivamente pela internet) superior a 4 milhões de cópias cada uma – as outras foram "California Gurls", "Hot n Cold", "I Kissed a Girl" e "Firework".[132] Ao alcançar o primeiro lugar nos Estados Unidos, a faixa converteu Teenage Dream no nono álbum na história de paradas da referencial revista sobre música Billboard a produzir quatro sucessos de número 1.[133]

Em 25 de abril de 2011, o website britânico Digital Spy divulgou que "Last Friday Night (T.G.I.F.)" se tornaria o quinto single do álbum.[134] A canção, lançada oficialmente a 6 de junho, teve um EP homônimo de remixes.[135][136] O vídeo musical, lançado em 14 de junho, homenageia os anos 1980, onde Perry aparece caracterizada como uma "adolescente nerd".[137] O vídeo também conta com diversas participações especiais de atores e cantores famosos.[137] O diretor do clipe, Marc Klasfeld, disse que o mesmo fora feito de forma a promover a faixa para que esta se tornasse o quinto single número 1 de Teenage Dream nos Estados Unidos.[138] Se alcançasse esta marca, a cantora se tornaria a primeira cantora da história, e a segunda artista após Michael Jackson, a conseguir tal feito.[139] Para igualar o recorde de Jackson, a faixa recebeu uma versão remix com participação da rapper Missy Elliot que foi vendida por $ 0,69 centavos em lojas virtuais, um preço considerado abaixo do padrão.[140][141] Uma vez que a revista Billboard soma os downloads das versões original e remix como se fossem uma só, a versão original acaba subindo posições nas tabelas musicais.[142] Em 18 de agosto de 2011, "Last Friday Night (T.G.I.F.)" alcançou o topo da parada Hot 100 da Billboard, assim como os quatro singles anteriores, tornando o disco o segundo da história a realizar esta façanha.[143] Além disso, no mesmo mês, a música alcançou o primeiro lugar da parada musical norte-americana Pop Songs, assim como todos os seus antecessores. Desta forma, Teenage Dream tornou-se o primeiro disco em 19 anos - desde a criação do gráfico - a emplacar cinco singles em #1, ultrapassando o recorde dos discos The Fame de Lady Gaga e FutureSex/LoveSounds de Justin Timberlake.[144] Além dos Estados Unidos, a faixa também liderou as paradas do Brasil, do Canadá e da Irlanda.[145][146][147]

Com o objetivo de fazer com que Perry se torne a primeira artista da história a ter um sexto trabalho de um mesmo disco no primeiro lugar da Billboard Hot 100,[148] "The One That Got Away" foi lançada como o sexto single oficial de Teenage Dream em 28 de setembro de 2011.[149] O vídeo musical da faixa mostra Perry como uma idosa recordando-se de seu passado e do romance vivido com seu companheiro, interpretado pelo ator mexicano Diego Luna.[150][151] Posteriormente, de forma semelhante à feita com "Last Friday Night (T.G.I.F.)", a música recebeu uma versão remix, com participação do rapper B.o.B, e teve seu preço diminuído em lojas virtuais como a iTunes Store.[152][153] Entretanto, apesar dos esforços da gravadora de Perry, a melhor posição alcançada pela faixa nos Estados Unidos foi o terceiro lugar.[154] Apesar disso, quando a faixa alcançou o topo da parada semanal Billboard Hot Dance Club Songs — que lista as canções mais populares nas discotecas dos Estados Unidos — Teenage Dream tornou-se o primeiro disco da História a colocar sete canções no primeiro lugar dessa tabela; as outras músicas incluem os cinco singles predecessores e "Peacock".[155]

Canções promocionais e destacadasEditar

As canções "Not Like the Movies", "Circle the Drain" e "E.T.", a última sem participação de Kanye West, foram lançadas como singles promocionais em uma contagem regressiva até o lançamento do álbum.[156] Em 3 de agosto, "Not Like the Movies" foi lançada e, mais tarde, apareceu listada na posição 41 e 53 da Canadian Hot 100 e Billboard Hot 100, respectivamente.[157] "Circle the Drain", que foi lançada em 10 de agosto, ficou na posição 30 nas paradas canadenses, 36 nas neozelandesas e 58 nas norte-americanas.[158] A canção "E.T.", que posteriormente se tornou um single oficial, teve um maior desempenho e ficou na décima terceira posição no Canadá, e quadragésima segunda nos Estados Unidos.[159] Apesar de não ter sido lançada como single ou canção promocional, "Peacock" foi listada na posição 56 da Canadian Hot 100 e alcançou o primeiro lugar da Hot Dance Club Songs.[160][161]

PromoçãoEditar

 Ver artigo principal: The California Dreams Tour
 
Performance de "Peacock" durante um show em Budapeste em 1 de outubro de 2010.

A promoção de Teenage Dream começou em 6 de junho de 2010 nos MTV Movie Awards, com a performance de Katy Perry e Snoop Dogg[162][163] de "California Gurls".[164][165] O conceito artístico inspirado em Candyfornia para o cenário das performances, foi usado pela primeira vez em 20 de junho durante a apresentação da canção dedicada à Califórnia nos MuchMusic Video Awards de 2010.[166][167] Perry participou do festival musical MTV World Stage 2010: Live in Malaysia no início de agosto, onde promoveu "California Gurls", "Teenage Dream" e "Peacock", junto de outras canções de One of the Boys.[168][169] Além de apresentar a cerimônia, a cantora realizou a performance de "Teenage Dream" como abertura dos Teen Choice Awards em 9 de agosto.[170] No dia do lançamento do álbum nos Estados Unidos, foram realizadas performances de "California Gurls", "Teenage Dream", "Peacock" e "Firework" no programa americano The Late Show with David Letterman, assim como algumas canções de seu álbum anterior.[171][172] Na manhã de 27 de agosto, Katy Perry participou do programa The Today Show em Nova Iorque e cantou "California Gurls" e "Teenage Dream", assim como a canção de 2008, "I Kissed a Girl".[173] Em 9 de setembro, Perry cantou "California Gurls" no The X Factor na Itália. Ela também cantou "California Gurls" e "Teenage Dream" na abertura da 36ª temporada do programa Saturday Night Live em 25 de setembro.[174] Em 2 de outubro, ela participou do programa alemão Wetten Dass..?, onde interpretou "Teenage Dream". Entre 1 e 6 de outubro, Perry realizou uma turnê promocional na Europa, ocorrida na Hungria, Polônia e Áustria. Em 17 de outubro, a cantora voltou ao The X-Factor, onde fez uma performance pirotécnica de "Firework".[175] Foi confirmada a apresentação da cantora nos MTV Europe Music Awards de 2010 em 7 de novembro em Madrid, Espanha, realizando uma nova performance de "Firework".[176]

Anunciadas oficialmente no website da cantora, as 23 primeiras datas da turnê mundial The California Dreams Tour foram reveladas em 11 de outubro de 2010, mas logo foi revelado que a turnê teria 122 shows.[177] Durante os MTV Video Music Awards de 2010 em 12 de setembro, a cantora prometeu que sua turnê em 2011 iria possuir uma experiência sensorial completa: "Quero atingir todos os sentidos: visão, audição, olfato, paladar e tacto".[120][178] Posteriormente, a turnê passou por Estados Unidos, Europa, Ásia, Oceania e América do Sul,[179][180][181] sendo encerrada oficialmente em 23 de novembro de 2011 no Staples Center, em Los Angeles, com um show gratuito para os fãs de Perry.[182]

FaixasEditar

A lista de faixas foi divulgada na página oficial da cantora em 23 de julho de 2010.[183]

Versão padrão
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "Teenage Dream"   Katy Perry, Bonnie McKee, Lukasz Gottwald, Max Martin, Benjamin Levin Dr. Luke, Max Martin, Benny Blanco 3:47
2. "Last Friday Night (T.G.I.F.)"   Perry, McKee, Gottwald, Martin Dr. Luke, Max Martin 3:50
3. "California Gurls" (com Snoop Dogg) Perry, McKee, Calvin Broadus, Gottwald, Martin, Levin, Brian Wilson, Mike Love Dr. Luke, Max Martin, Benny Blanco 3:56
4. "Firework"   Perry, Tor Hermansen, Mikkel Eriksen, Ester Dean, Sandy Wilhelm Stargate 3:47
5. "Peacock"   Perry, Hermansen, Eriksen, Dean Stargate 3:51
6. "Circle the Drain"   Perry, Christopher Stewart, Monte Nueble Tricky Stewart 4:32
7. "The One That Got Away"   Perry, Gottwald, Martin Dr. Luke, Max Martin 3:47
8. "E.T."   Perry, Joshua Coleman, Gottwald, Martin Dr. Luke, Max Martin 3:26
9. "Who Am I Living For?"   Perry, Brian Thomas, Nueble, Stewart Tricky Stewart 4:08
10. "Pearl"   Perry, Stewart, Greg Wells Greg Wells, Tricky Stewart 4:07
11. "Hummingbird Heartbeat"   Perry, Nueble, Stacy Barthe, Stewart Tricky Stewart 3:32
12. "Not Like the Movies"   Perry, Wells Greg Wells 4:01
13. "California Gurls" (Passion Pit Remix)
(com Snoop Dogg)
Perry, McKee, Gottwald, Martin, Levin Dr. Luke, Max Martin, Benny Blanco 5:12
14. "Teenage Dream" (Kaskade Remix) Perry, McKee, Gottwald, Martin, Levin Dr. Luke, Max Martin, Benny Blanco 6:27
Duração total:
58:24

CréditosEditar

A lista dos créditos de produção de Teenage Dream foram disponibilizadas no website allmusic.com em agosto de 2010.[65]

Desempenho nas paradas musicaisEditar

Nos Estados Unidos, o álbum vendeu aproximadamente 192.000 cópias em sua primeira semana, estreando na primeira posição da parada norte-americana de discos mais vendidos, Billboard 200.[185][186] O álbum sucedeu a posição em que encontrava-se o álbum Recovery do rapper Eminem.[187][188] Na semana seguinte, acumulou 281.000 cópias vendidas no país.[189] O álbum estreou na primeira posição da Billboard European Albums, assim como na parada britânica UK Albums Chart.[190][191] Enquanto isso, o álbum teve um menor desempenho na Alemanha, onde foi classificado na sétima posição da Germany Albums Chart.[192] No Canadá, o álbum estreou na primeira posição da Canadian Albums Chart.[193] O disco também estreou no topo das paradas australianas, como na ARIA Charts Albums, sendo certificado mais tarde como disco de ouro naquele país pela Australian Recording Industry Association (ARIA) logo na primeira semana.[194] Logo após seu lançamento, o álbum também foi listado nas paradas de álbuns da Bélgica, Holanda e Suécia, respectivamente, na décima sétima, sexta e vigésima primeira posição.[195] Mundialmente, o álbum vendeu 239 mil cópias em sua primeira semana, estreando na segunda posição do World Albums Top 40.[196] Teenage Dream comercializou cerca de 2,2 milhões de cópias mundialmente em 2010, ocupando a posição de 11º disco mais vendido daquele ano.[197] Em setembro de 2011, o disco já comercializara 1,9 milhões de cópias nos Estados Unidos,[198] com quatro milhões de cópias vendidas mundialmente.[199] Além disso, de acordo com a Nielsen Soundscan, os cinco primeiros singles combinados têm digitalizados cerca de 60 milhões de unidades, e todas as faixas do álbum juntas alcançaram 35,900,000 milhões de unidades nos Estados Unidos.[199]

Histórico de lançamentoEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Katy Perry teme o segundo álbum». Rolling Stone. 20 de Maio de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  2. «Radio Industry News, Music Industry Updates, Arbitron Ratings, Music News and more!». FMQB. Consultado em 23 de Maio de 2010 
  3. «Enquanto prepara novo álbum, Katy Perry lança 'Acústico MTV'». G1. 18 de Novembro de 2009. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  4. a b c d «Katy Perry Talks Pop Plans for Next LP, Dispels Personal Rumors». Rolling Stone. Consultado em 5 de Maio de 2010 
  5. a b Shriver, Jerry (29 de Março de 2010). «Katy Perry's Next Album Could Include West Coast Rappers, Best Friends» (em inglês). MTV Canada News. MTV (MTV Networks). 1 páginas. Consultado em 12 de Maio de 2010 
  6. «Ryan Tedder's time is right now». USA Today. 28 de Janeiro de 2010. Consultado em 5 de Maio de 2010 
  7. Mitchell, Gail (19 de Março de 2010). «Songwriter Harrell expands his hitmaking business». Reuters. Consultado em 22 de Julho de 2010 
  8. «Weezer's Rivers Cuomo Reveals To Buzznet That He Will Be Hitting The Studio With Katy Perry» (em inglês). Buzznet. 14 de Outubro de 2009. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  9. Lignani, Cássio (16 de Outubro de 2009). «Rivers Cuomo, do Weezer, revela que vai gravar com Katy Perry». Cifra Club News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  10. Vena, Jocelyn (15 de Outubro de 2009). «Weezer's Rivers Cuomo Working With Katy Perry» (em inglês). MTV. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  11. Breihan, Tom (14 de Outubro de 2009). «Rivers Cuomo to Work With Katy Perry» (em inglês). Pitchfork. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  12. Kreps, Daniel (15 de Outubro de 2009). «Weezer's Rivers Cuomo Writing With Katy Perry Next Week». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  13. «Music – News – Katy Perry 'working with Beyoncé producer'». Digital Spy. 9 de Novembro de 2009. Consultado em 5 de Maio de 2010 
  14. «Tricky Stewart Switches Gears with New Katy Perry Album» (em inglês). Rap-Up. 22 de Dezembro de 2009. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  15. a b Esquivel, Carine (16 de Abril de 2010). «"Californian Girl": Katy Perry grava canção em resposta ao hit "Empire State Of Mind", de Jay-Z e Alicia Keys». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  16. Newman, Melinda (22 de Abril de 2010). «Katy Perry dishes details on new dance-fueled album» (em inglês). HitFix.com. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  17. Vena, Jocelyn; Ellias, Matt (29 de Março de 2010). «Katy Perry On New LP: 'We Nailed It!'» (em inglês). MTV News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  18. Montgomery, James; Bhansali, Akshay (9 de Abril de 2010). «Ryan Tedder Writing 'Roller-Rink Skating Party' Songs For Katy Perry» (em inglês). MTV. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  19. Copsey, Robert (12 de Abril de 2010). «Katy Perry's LP 'delayed' by Ryan Tedder» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  20. Tavares, Carol (12 de Abril de 2010). «Ryan Tedder explica atraso no disco de Katy Perry». MTV Brasil. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  21. Faia, Amanda (11 de Abril de 2010). «Katy Perry aguarda desde novembro chance de gravar música com Ryan Tedder». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  22. Stransky, Tanner (15 de Janeiro de 2010). «Katy Perry in the studio: Producer Dr. Luke talks with EW» (em inglês). Entertainment Weekly. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  23. Ricardo, Paulo (1 de Abril de 2010). «Katy Perry termina de gravar novo álbum». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  24. a b «Katy Perry se inspira em ABBA e Cardigans para disco novo». UOL Música. 23 de Abril de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  25. «Katy Perry Makes Abba Album» (em inglês). Contactmusic. 23 de Abril de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  26. Ricardo, Paulo (12 de maio de 2010). «Katy Perry conta detalhes sobre seu próximo álbum, o "Teenage Dream"». POPLine. Consultado em 25 de outubro de 2010 
  27. «Katy Perry divulga título e mais uma inédita do novo álbum». Virgula. 11 de Maio de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  28. Ricardo, Paulo (15 de Junho de 2010). «Katy Perry explica o título do seu novo álbum, "Teenage Dream"». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  29. a b «Teenage Dream by Katy Perry» (em inglês). iTunes. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  30. «Teenage Dream: Katy Perry: Music» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  31. «Katy Perry to release 'Teenage Dream' in August» (em inglês). The Independent. 13 de Maio de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  32. «"Com cheiro de algodão doce": Katy Perry está nua na capa do seu novo álbum». POPLine. 21 de Julho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  33. a b «Teenage Dream; 2CD Deluxe Edition» (em inglês). Sanity. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  34. «Agradecimentos e fotos do Teenage Dream». KatyPerry.com.br. 25 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  35. Marques, Diego (28 de Julho de 2010). «Katy Perry usa biquini de vinil em imagens promocionais do novo CD». Cifra Club News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  36. «Multicolorida». Quem. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  37. a b «Katy Perry divulga capa do álbum Teenage Dream». POP. 22 de Julho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  38. «Katy Perry: nua numa nuvem na capa de Teenage Dream». BLITZ. 22 de Julho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  39. «MÚSICA - Katy Perry: arte ao novo álbum». Yahoo! Notícias. 29 de Julho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  40. «Katy Perry» (em inglês). Last.fm. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  41. Vena, Jocelyn; Elias, Matt (23 de setembro de 2009). «Katy Perry Wants To Make New Music Her Fans Can 'Roller-Skate To'» (em inglês). VH1. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  42. «Katy Perry divulga título do novo álbum». Rolling Stone. 11 de Maio de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  43. Marques, Diego (3 de Março de 2010). «Katy Perry quer ser a nova Alanis Morissette da música internacional». Cifra Club News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  44. Ricardo, Paulo (29 de Março de 2010). «Katy Perry revela: novo álbum sai no meio desse ano». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  45. «Katy Perry reveals 'soppy' new love songs» (em inglês). Metro International. 15 de Março de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  46. Ricardo, Paulo (7 de Junho de 2010). «Novo álbum de Katy Perry é uma "mistura de músicas divertidas e pensativas"». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  47. Lansky, Sam (27 de outubro de 2011). «Katy Perry's 'Teenage Dream': Why Her Album Will Be Forever Young» (em inglês). MTV. Consultado em 26 de Novembro de 2011 
  48. «'Teenage Dream' album review» (em inglês). Examiner. 23 de agosto de 2011. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  49. Dawson, Kim (5 de Junho de 2010). «Katy Perry: Four-letter farewell in hot album» (em inglês). Daily Star. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  50. Barshad, Amos (22 de Julho de 2010). «Katy Perry Dreamed a Dream». New York Magazine (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  51. Tan, Emily (15 de Junho de 2010). «Katy Perry Previews 'Teenage Dream' at Beach-Themed Party» (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  52. «Katy Perry vai fazer música em resposta a Jay-Z». Virgula. 16 de Abril de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  53. Montgomery, James (7 de Maio de 2010). «Katy Perry Debuts New Single 'California Gurls'» (em inglês). MTV. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  54. «Music – News – Katy Perry records answer to Jay-Z song». Digital Spy. 16 de Abril de 2010. Consultado em 5 de Maio de 2010 
  55. Esquível, Carine (15 de Julho de 2010). «Faixa do novo álbum de Katy Perry é inspirada em livro considerado a "bíblia hippie"». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  56. Cochrane, Greg; Jamieson, Natalie (15 de Julho de 2010). «Katy Perry's album 'inspired' by partner Russell Brand» (em inglês). BBC Newsbeat. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  57. Vena, Jocelyn (24 de Agosto de 2010). «Katy Perry Says 'Firework' Is Teenage Dream's 'Anthem'». MTV News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  58. Esquivel, Carine (24 de Agosto de 2010). «Katy Perry: "É difícil fazer um hit que não seja brega"». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  59. Ryan, Chris (18 de Agosto de 2010). «Song You Need To Know: Katy Perry, 'Firework'» (em inglês). MTV Buzzworthy. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  60. «Katy Perry Song 'Circle The Drain' Bashes Ex-Boyfriend Travis McCoy» (em inglês). Poponthepop. 9 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  61. «Katy Perry serves up another smash with "Circle the Drain".» (em inglês). The Prophet Blog. 9 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  62. «"Circle The Drain": Uma direta da Katy Perry contando porque largou Travie McCoy». Antifrase.com.br. 10 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  63. a b Ryan, Chris (3 de Agosto de 2010). «Song You Need To Know: Katy Perry, 'Not Like The Movies'» (em inglês). MTV Buzzworthy. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  64. a b Lamb, Bill. «Katy Perry - Teenage Dream» (em inglês). About.com. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  65. a b c Erlewine, Stephen Thomas. «((( Teenage Dream > Review )))» (em inglês). Allmusic. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  66. a b Greenblatt, Leah (11 de Agosto de 2010). «Teenage Dream (2010)». Entertainment Weekly (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  67. a b Miller, Gustavo (25 de Agosto de 2010). «Katy Perry vai do pop ao tédio em novo disco - veja lançamentos». G1. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  68. Powers, Ann (23 de Agosto de 2010). «Album review: Katy Perry's 'Teenage Dream'». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  69. a b Sheffield, Rob (24 de Agosto de 2010). «Teenage Dream by Katy Perry». Rolling Stone (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  70. a b Cole, Matthew (22 de Agosto de 2010). «Teenage Dream». Slant Magazine (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  71. a b Fekadu, Mesfin (23 de Agosto de 2010). «Crítica: novo disco de Katy Perry, "Teenage Dream", é uma fábrica de hits». UOL. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  72. a b Empire, Kitty (22 de Agosto de 2010). «Katy Perry: Teenage Dream». The Guardian (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  73. a b Espírito Santo, José Julio (8 de Setembro de 2010). «Saudável Safadeza». Rolling Stone Brasil. Consultado em 28 de Outubro de 2010 
  74. «Teenage Dream - Katy Perry» (em inglês). Metacritic. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  75. Sollitto, André. «A nova chance de Katy Perry». Época. Consultado em 26 de Agosto de 2010 
  76. a b Gardner, Elysa (24 de Agosto de 2010). «Review: Katy Perry is 'Dream'-ing of Madonna». USA Today (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  77. Mariano, Thiago. «Katy Perry lança segundo disco». Diário do Grande ABC. Consultado em 3 de setembro de 2011 
  78. Levine, Nick. «Katy Perry: 'Teenage Dream'» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 15 de setembro de 2011 
  79. Kot, Greg (22 de Agosto de 2010). «Album review: Katy Perry, 'Teenage Dream'». Chicago Tribune (em inglês). Consultado em 16 de Outubro de 2010 
  80. Price, Simon. «Album: Katy Perry, Teenage Dream (EMI / Capitol)» (em inglês). The Independent. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  81. Klapper, Rudy (23 de Agosto de 2010). «Katy Perry - Teenage Dream». Sputnikmusic (em inglês). Consultado em 21 de Agosto de 2011 
  82. «Katy Perry - Teenage Dream Review». BBC (em inglês). 23 de Agosto de 2010. Consultado em 21 de Agosto de 2011 
  83. Smith, Jacqueline. «Album Review: Katy Perry Teenage Dream» (em inglês). The New Zealand Herald. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  84. David, Jessica. «CD Review: Teenage Dream – Katy Perry» (em inglês). Glamour Magazine. Consultado em 16 de setembro de 2011 
  85. Dombal, Ryan. «Katy Perry, Human Being» (em inglês). The Village Voice. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  86. Richards, Chris. «Album review of 'Teenage Dream' by Katy Perry» (em inglês). The Washington Post. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  87. Wood, Mikael (30 de Agosto de 2010). «'Teenage Dream' - Corrupting our youth, melting our popsicles.». Spin (revista) (em inglês). Consultado em 16 de Outubro de 2010 
  88. "Môzinho Gostoso: Katy Perry - Teenage Dream" 12ª ed. Brasil: BPP Promoções e Publicações. Setembro de 2010. p. 78. 977-217605400-2 
  89. a b McCormick, Neil. «Katy Perry: Teenage Dream, CD review» (em inglês). Daily Telegraph. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  90. Parkin, Chris. «Katy Perry - 'Teenage Dream'» (em inglês). Yahoo! Music. Consultado em 17 de setembro de 2011 
  91. Holcombe, Joanna. «Review of Katy Perry's "Teenage Dream"» (em inglês). Yahoo! Music. Consultado em 17 de setembro de 2011 
  92. Leftridge, Steve. «Katy Perry: 'Teenage Dream'» (em inglês). PopMatters. Consultado em 15 de setembro de 2011 
  93. a b c d «Demi Lovato anuncia indicados a prêmio com visual elegante». QUEM. 12 de outubro de 2010. Consultado em 25 de outubro de 2010 
  94. a b popstareditor (26 de Março de 2009). «POPSTAR! POPTASTIC AWARDS NOMINEES!» (em inglês). POP Star Online. 1 páginas. Consultado em 14 de Julho de 2011 
  95. «Vamos assistir ao American Music Awards juntas?». Capricho. 21 de Novembro de 2011. Consultado em 21 de Novembro de 2011 
  96. «Grammy 2012: Vencedores». Omelete. 12 de fevereiro de 2012. Consultado em 15 de fevereiro de 2012 
  97. Castina (12 de Outubro de 2010). «2010 American Music Awards Nominations» (em inglês). Pop Crunch. 1 páginas. Consultado em 14 de Julho de 2011 
  98. «Billboard Music Awards 2011 Nominations». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media Inc. 1 páginas. Consultado em 14 de Abril de 2011 
  99. «Billboard Music Awards 2011 Winners». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media Inc. 1 páginas. Consultado em 22 de Abril de 2011 
  100. «2011 Nominees» (em inglês). BRIT Awards. 1 páginas. Consultado em 14 de Julho de 2011 
  101. a b «Nominees And Winners» (em inglês). Grammy Awards. 1 páginas. Consultado em 14 de Julho de 2011 
  102. «Katy Perry lança nova música com o rapper Snoop Dogg. Ouça!». EGO. 7 de Maio de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  103. Ricardo, Paulo (19 de Maio de 2010). «"California Gurls": novo single de Katy Perry já é hit nos Estados Unidos». POPLine. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  104. «Katy Perry? Lady Gaga? Usher? 3OH!3? B.o.B? Vote In The Summer Songs 2010 Poll!» (em inglês). MTV Newsroom. 24 de Maio de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  105. Faia, Amanda (28 de julho de 2010). «"California Gurls" ultrapassa 3 milhões de vendas digitais e dá mais um recorde a Katy Perry». POPLine. Consultado em 25 de outubro de 2010 
  106. Montgomery, James (16 de Junho de 2010). «Katy Perry's 'California Gurls': The Power Of Persistence (And Bikinis)» (em inglês). MTV News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  107. «Teen Choice Awards 2010 Winners Revealed» (em inglês). Starmometer. 9 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  108. «VMA 2010: Veja a lista completa dos indicados e vote no seu ídolo». POPLine. 3 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  109. «Lady Gaga e Katy Perry lideram indicações ao EMA 2010». ClickPB. 20 de Setembro de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  110. «É noite das damas: Katy Perry e Lady Gaga lideram a corrida com cinco indicações cada no Europe Music Awards MTV 2010». Yahoo! Notícias. 20 de Setembro de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  111. «Novo single de Katy Perry faz sucesso na rede». Terra. 23 de julho de 2010. Consultado em 25 de outubro de 2010 
  112. «Katy Perry - Teenage Dream» (em inglês). aCharts.us. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  113. «Sai versão completa de vídeo com Katy Perry e namorado em pegação forte». Virgula. UOL. 10 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  114. «Aria Top 50 Singles Chart» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  115. Marques, Diego (18 de agosto de 2010). «Ouça mais uma música inédita de Katy Perry na íntegra, "Firework"». Cifra Club News 
  116. Vieira, Aline (7 de outubro de 2010). «Katy Perry anuncia novo single e se prepara para turnê». Capricho. Consultado em 25 de outubro de 2010 
  117. «Katy Perry - Firework» (em inglês). Acharts.us. Consultado em 25 de dezembro de 2010 
  118. «Top 50 Singles Chart - Australian Record Industry Assocation» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 25 de dezembro de 2010 
  119. Koranteng, Juliana (10 de Agosto de 2010). «Katy Perry, Deutsche Telekom To Launch 'Firework'». Billboard.biz (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  120. a b Vena, Jocelyn; Montgomery, James (14 de Setembro de 2010). «Katy Perry To 'Engage All Your Senses' On Tour Next Year» (em inglês). MTV News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  121. «Veja a gravação de uma cena do próximo clipe da Katy Perry». POPLine. 30 de Setembro de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  122. «Katy Perry incentiva jovens a superar o preconceito em clipe de Firework». Virgula. 28 de outubro de 2010. Consultado em 25 de dezembro de 2010 
  123. «VMA 2011 tem Beyoncé grávida e Lady Gaga vestida de homem». iG. 29 de agosto de 2011. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  124. «Katy Perry Asks Fans Via Twitter To Help Pick Her Next Single» (em inglês). MTV. Consultado em 7 de Fevereiro de 2011 
  125. «Is Katy Perry's Next Single 'E.T.'?» (em inglês). MTV. Consultado em 7 de Fevereiro de 2011 
  126. «Katy Perry Unveils Artwork For New Single, 'E.T.» (em inglês). MTV. Consultado em 10 de Março de 2011 
  127. «E.T. (feat. Kanye West) - Single» (em inglês). iTunes. Consultado em 10 de Março de 2011 
  128. «Kanye West Joins Katy Perry On 'E.T.'» (em inglês). MTV. Consultado em 10 de Março de 2011 
  129. «Katy Perry's 'E.T.' Video Lands Online». Billboard (em inglês). Consultado em 31 de Março de 2011 
  130. «Week Ending May 8, 2011. Songs: Rolling In The Dough» (em inglês). Yahoo!. Consultado em 8 de Julho de 2011 
  131. «Billboard: Katy Perry e Adele são as artistas mais bem sucedidas no 1º semestre de 2011 no mercado norte-americano» (em inglês). MTV. Consultado em 8 de Julho de 2011 
  132. Sollitto, Mariana Shirai e André. «Uma bela fábrica de sucessos». Época. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  133. Trust, Gary. «Katy Perry's 'E.T.' Rockets To No. 1 On Hot 100». Billboard. Consultado em 31 de Março de 2011 
  134. «Playlist: 10 tracks you need to hear» (em inglês). Digital Spy. Consultado em 8 de Maio de 2011 
  135. «Radio Industry News, Music Industry Updates, Arbitron Ratings: 6/6» (em inglês). Friday Morning Quarterback Album Report, Inc. and Mediaspan Online Services. Consultado em 8 de Maio de 2011 
  136. «Katy Perry aparece de óculos e aparelho nos dentes em capa de novo disco». UOL. Consultado em 8 de Maio de 2011 
  137. a b «Katy Perry homenageia anos 80 no clipe de "Last Friday Night"». iG. Consultado em 8 de Julho de 2011 
  138. «Diretor de "Last Friday Night": Objetivo do clipe é transformar a canção de Katy Perry em número 1 da Billboard». MTV. Consultado em 8 de Julho de 2011 
  139. «Katy Perry Nears Michael Jackson No. 1s Record». Billboard (em inglês). Consultado em 8 de Julho de 2011 
  140. «Katy Perry: Remix de "Last Friday Night" tem Missy Elliott». UOL. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  141. Trust, Gary (17 de Agosto de 2011). «Katy Perry Ties Michael Jackson's Historic Hot 100 Record» (em inglês). The Hollywood Reporter. Consultado em 17 de Setembro de 2010 
  142. «Ask Billboard: Are Chart Rule Changes Needed?». Billboard. Consultado em 22 de dezembro de 2011 
  143. Trust, Gary. «Katy Perry Makes Hot 100 History: Ties Michael Jackson's Record». Billboard. Consultado em 18 de Agosto de 2011 
  144. Gil Kaufman. «Katy Perry Sets Singles Record With 'Last Friday Night (T.G.I.F.)'». MTV. Consultado em 4 de agosto de 2011 
  145. «Billboard Brasil Hot 100 Airplay». Billboard Brasil. Brasil: BPP. Dezembro de 2011 
  146. «Last Friday Night (T.G.I.F.) - Katy Perry». Billboard. Consultado em 24 de janeiro de 2011 
  147. «Last Friday Night (T.G.I.F.) - Katy Perry». IRMA. Consultado em 24 de janeiro de 2011 
  148. Vena, Jocelyn (14 de Setembro de 2011). «Katy Perry Picks 'The One That Got Away' As Next Single» (em inglês). MTV. Consultado em 14 de Setembro de 2010 
  149. Trust, Gary. «Katy Perry's Sixth 'Teenage Dream' Single Starts At Radio» (em inglês). Billboard. Consultado em 29 de Setembro de 2010 
  150. «Katy Perry y Diego Luna son novios en nuevo video» (em espanhol). Terra Networks. 4 de outubro de 2011. Consultado em 9 de outubro de 2011 
  151. «Assista 'The One That Got Away', da Katy Perry». MTV. 11 de Novembro de 2011. Consultado em 12 de Novembro de 2011 
  152. Cheung, Nadine (6 de dezembro de 2011). «KATY PERRY DISCOUNTS ITUNES SINGLE IN HOPES OF SNATCHING HER SIXTH NO. 1 SINGLE». PopCrush (em inglês). Consultado em 8 de dezembro de 2011 
  153. «Katy Perry's 'The One That Got Away' Receives B.o.B-Assisted Remix». Billboard. Consultado em 16 de dezembro de 2011 
  154. Trust, Gary (28 de dezembro de 2011). «LMFAO Brings 'Sexy' To Hot 100 Summit». Billboard (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2011 
  155. Trust, Gary (26 de dezembro de 2011). «Katy Perry Notches Record Seventh No. 'One' From 'Teenage Dream' On Dance/Club Play Songs». Billboard (em inglês). Consultado em 27 de dezembro de 2011 
  156. Faia, Amanda (25 de Julho de 2010). «Antes do lançamento de "Teenage Dream", iTunes vai liberar três músicas inéditas da Katy Perry» (em inglês). MTV. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  157. «Katy Perry - Not Like the Movies» (em inglês). aCharts.us. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  158. «Katy Perry - Circle the Drain» (em inglês). aCharts.us. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  159. «Katy Perry - E.t.» (em inglês). aCharts.us. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  160. «Katy Perry - Peacock» (em inglês). aCharts.us. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  161. Trust, Gray. «Chart Dance/Club Play Songs in 4th december 2010». Billboard. Consultado em 15 de Julho de 2011 
  162. «California Gurls (Live)» (em inglês). MTV. 6 de Junho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  163. Ditzian, Eric (17 de Maio de 2010). «Katy Perry To Perform At 2010 MTV Movie Awards» (em inglês). MTV News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  164. Vena, Jocelyn (3 de Junho de 2010). «Snoop Dogg To Perform With Katy Perry At MTV Movie Awards» (em inglês). MTV News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  165. Anitai, Tamar (7 de Junho de 2010). «Watch Katy Perry's 2010 MTV Movie Awards Performance Of 'California Gurls'» (em inglês). MTV Buzzworthy. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  166. «Candilicious: Take a bite out of Katy Perry's Performance!» (em inglês). 2010 MuchMusic Video Awards. 21 de Junho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  167. «Katy Perry's got a sweet surprise in store for the MMVAs!» (em inglês). 2010 MuchMusic Video Awards. 20 de Junho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  168. Montgomery, James (2 de Agosto de 2010). «Katy Perry Premieres 'Peacock' At MTV World Stage» (em inglês). MTV News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  169. «Katy Perry Goes Sweet at the MTV World Stage, Performs New Song» (em inglês). PopEater.com. 2 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  170. «TEEN CHOICE AWARDS 2010: KATY PERRY "TEENAGE DREAM"». Don't Skip. 10 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  171. Ryan, Chris (25 de Agosto de 2010). «Watch Katy Perry Perform A Full Live Set On 'The Late Show With David Letterman'» (em inglês). MTV Buzzworthy. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  172. «Katy Perry mostra as pernocas em programa de TV». EGO. 24 de Agosto de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  173. Vick, Megan (27 de Agosto de 2010). «Katy Perry Turns 'Today Show' To A Candy Land». Billboard (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  174. Gilmore, Story (26 de Setembro de 2010). «Video: Katy Perry Performs "Teenage Dream" On Saturday Night Live Season Premiere» (em inglês). Neon Limelight. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  175. «X Factor: Katy Perry is a right cracker as she performs new single Firework in a sparkly catsuit» (em inglês). Mail Online. 18 de Outubro de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  176. «Anunciamos os nossos dois primeiros artistas: Katy Perry e Linkin Park!» (em inglês). MTV Europe Music Awards de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  177. «California Dreams 2011 Tour – Europe Dates Announced!» (em inglês). KatyPerry.com. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  178. «Katy Perry pede que fãs parem de tentar comer a capa de seu álbum». Virgula. 15 de Setembro de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  179. «Katy Perry takes "California Dreams" to more U.S. cities» (em inglês). Sound Spike. 19 de abril de 2011. Consultado em 8 de julho de 2011 
  180. «Katy Perry to Kick Off 'California Dreams' U.S. Tour in June». Billboard (em inglês). 19 de janeiro de 2011. Consultado em 8 de Agosto de 2011 
  181. «Após o Rock in Rio, Katy Perry se apresenta em São Paulo». O Globo (em inglês). 25 de Maio de 2011. Consultado em 4 de setembro de 2011 
  182. «Katy Perry's FREE Show at STAPLES Center» (em inglês). Examiner.com. Consultado em 24 de Novembro de 2011 
  183. «"Teenage Dream" Official Tracks Revealed!» (em inglês). KatyPerry.com. 23 de Julho de 2010. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  184. «Teenage Dream (Deluxe Edition) by Katy Perry» (em inglês). iTunes. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  185. Caulfield, Keith (1 de Setembro de 2010). «Katy Perry Doubles Up No. 1s on Billboard 200, Digital Songs Charts». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media Inc. Consultado em 16 de Outubro de 2010 
  186. Marques, Diego (3 de Setembro de 2010). «Katy Perry lidera o ranking dos discos mais vendidos nos E.U.A.». Cifra Club News. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  187. Borgia, Paulo (2 de Setembro de 2010). «Novo álbum de Katy Perry fica em primeiro lugar nos EUA». eBand. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  188. «Billboard 200». Billboard (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  189. Grein, Paul (9 de Setembro de 2010). «Chart Watch Extra: Is It A Hit Or A Let-Down?» (em inglês). Yahoo!. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  190. «European Albums». Billboard (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  191. «United Kingdom Albums». Billboard (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  192. «Germany Albums». Billboard (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  193. «Canadian Albums». Billboard (em inglês). Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  194. a b «ARIA Top 50 Albums Chart» (em inglês). ARIA Charts. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  195. «Katy Perry — Teenage Dream» (em inglês). aCharts.us. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  196. «Mediatraffic Week 36» (em inglês). Mediatraffic. Consultado em 25 de Outubro de 2010 
  197. «Lady Gaga has Best Selling Album of 2010» (em inglês). Consultado em 17 de julho de 2011 
  198. Trust, Gary. «Katy Perry's Sixth 'Teenage Dream' Single Will Be...» (em inglês). Billboard. Consultado em 14 de Setembro de 2010 
  199. a b «1º Aniversario de Teenage Dream». Site oficial da cantora no Brasil. Consultado em 16 de outubro de 2011 
  200. «Australian Record Industry Association». Ariacharts.com.au. Consultado em 14 de Setembro de 2010 
  201. a b c d e «Katy Perry – Teenage Dream – Music Charts» (em inglês). aCharts.us. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  202. «Os discos mais vendidos do Brasil de 26 de setembro a 2 de outubro». ABPD. Consultado em 16 de Outubro de 2011 
  203. «CANOE – JAM! Music SoundScan Charts» (em inglês). Jam.canoe.ca. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  204. «ČNS IFPI» (em checo). Hitparáda – TOP50 Prodejní. IFPI Czech Republic. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  205. «Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). International Federation of the Phonographic Industry. Hung Medien. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  206. «Katy Perry – Teenage Dream» (em holandês). MegaCharts. Hung Medien. hitparade.ch. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  207. Up for Discussion Jump to Forums (14 de Setembro de 2009). «European Top 100 Albums». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media Inc. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  208. «Musiikkituottajat – Tilastot – Suomen virallinen lista – Artistit» (em finlandês). International Federation of the Phonographic Industry. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  209. «Disque en France» (em francês). Disque en France. 30 de Agosto de 2010. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  210. «Katy Perry – Teenage Dream» (em grego). International Federation of the Phonografic Industry Greece. Hung Medien. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  211. «MAHASZ – Magyar Hanglemezkiadók Szövetsége» (em húngaro). MAHASZ. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  212. «Irish Charts – Singles, Albums & Compilations: Top 100 Individual Artist Albums» (em inglês). Irish Albums Chart. Irish Recorded Music Association. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  213. «FIMI – Federazione Industria Musicale Italiana – Classifiche» (em inglês). Federation of the Italian Music Industry. 30 de Agosto de 2010. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  214. Hung, Steffen. «Mexican Charts» (em inglês). Mexican Charts. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  215. «www.rianz.org.nz» (em inglês). Recording Industry Association of New Zealand. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  216. «Katy Perry – Teenage Dream» (em norueguês nynorsk). VG-lista. Hung Medien. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  217. «www.olis.onyx.pl» (em inglês). OLiS. 13 de Setembro de 2009. 1 páginas. Consultado em 13 de Setembro de 2010 
  218. «Katy Perry – Teenage Dream». Associação Fonográfica Portuguesa. Hung Medien. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  219. «Archive Chart» (em inglês). The Official Charts Company. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  220. «PROMUSICAE» (em espanhol). Productores de Música de España. 5 de Março de 2007. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  221. «Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). Hung Medien. Sverigetopplistan. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  222. «Archive Chart» (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  223. «Week of September 11, 2010». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media Inc. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  224. «ARIA Charts - End Of Year Charts - Top 100 Albums 2010» (em inglês). Australian Recording Industry Association. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  225. «Best of 2010». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Canadian Albums Chart. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  226. «Best of 2010». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. European Top 100 Albums. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  227. «Syndicat National de l'Édition Phonographique» (PDF) (em francês). Siteo. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  228. «Germany parade» (em alemão). VIVA. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  229. «ANNUAL TOP 50 SINGLES CHART 2010» (em inglês). Recording Industry Association of New Zealand. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  230. «SCHWEIZER JAHRESHITPARADE 2010» (em inglês). Hitparade. 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  231. Scott Mills (26 de dezembro de 2010). «[[BBC Radio 1|]]». BBC Radio 1. British Broadcasting Corporation 
  232. «Music Albums, Top 200 Albums & Music Album Charts». Billboard (em inglês). 1 páginas. Consultado em 3 de Setembro de 2010 
  233. «German album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  234. «ARIA Australian Top 20 Catalogue Albums - 02 de novembro de 2013» (em inglês). Australian Recording Industry Association. 1 páginas. Consultado em 2 de novembro de 2011 
  235. «IFPI Austria – Gold & Platin» (em inglês). International Federation of the Phonographic Industry. 11 de Agosto de 2010. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  236. «Caras.uol.com.br» 
  237. «CRIA Gold & Platinum Certification» (em inglês). Music Canada. Consultado em 10 de janeiro de 2011 
  238. «Canadian album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). Music Canada. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  239. «Gulf Cooperation Council album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). IFPI Médio Oriente. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  240. «American album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 6 de Outubro de 2010 
  241. «French album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  242. «Irish album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). Irish Recorded Music Association. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  243. «Italian album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (PDF) (em italiano). Federation of the Italian Music Industry. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  244. «Mexican album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em espanhol). Asociación Mexicana de Productores de Fonogramas y Videogramas. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  245. «New Zealand album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 24 de Outubro de 2010 
  246. «Certified Awards (BPI)» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 6 de Outubro de 2010 
  247. «European album certifications – Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). International Federation of the Phonographic Industry. 1 páginas. Consultado em 2 de Julho de 2011 
  248. a b c «Katy Perry» (em inglês). Katy Perry. 1 páginas. Consultado em 23 de Maio de 2010 
  249. «Philippines » Blog Archive » Katy Perry Releases New Album : Teenage Dream» (em inglês). Yeehee. 25 de Agosto de 2010. 1 páginas. Consultado em 23 de Maio de 2011 
  250. «Katy Perry releases sophomore album». The Philippine Star (em inglês). 1 páginas. Consultado em 23 de Maio de 2011 
  251. «Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). Entretainment Store Colombia. 1 páginas. Consultado em 29 de Dezembro de 2010 
  252. «Katy Perry to release 'Teenage Dream' in August – Music, Arts & Entertainment». The Independent (em inglês). 13 de Maio de 2010. 1 páginas. Consultado em 22 de Julho de 2010 
  253. «Katy Perry – Teenage Dream» (em inglês). Tematika. 1 páginas. Consultado em 19 de Setembro de 2010 
Gerais

Ligações externasEditar