Telecomunicações de Goiás

Telecomunicações de Goiás S/A (TELEGOIÁS) foi a empresa operadora de telefonia do sistema Telebras[1] nos estados de Goiás e Tocantins antes do processo de privatização em julho de 1998.

TELEGOIÁS
Razão social Telecomunicações de Goiás S/A
Nome(s) anterior(es) Companhia de Telefones de Goiás (COTELGO) (1943-1973)
Atividade Telecomunicações
Gênero Sociedade anônima
Fundação 1943
Encerramento 1998
Sede Goiânia
Área(s) servida(s)  Goiás
 Tocantins
Proprietário(s) Governo do Estado de Goiás (1943-1973)
Telebras (1973-1998)
Sucessora(s) Brasil Telecom (atual Oi)
Website oficial telegoias.gov.br

HistóriaEditar

Criada em 1943 com o nome de COTELGO - Companhia de Telefones de Goiás, passou a fazer parte do sistema Telebras em 1973, tendo o seu nome alterado para TELEGOIÁS - Telecomunicações de Goiás[2]. O nome fantasia e a razão social não mencionavam o Tocantins, pois na época em que a empresa foi criada este estado ainda não existia e era parte integrante de Goiás[3].

As operações na telefonia fixa foram absorvidas pela Brasil Telecom, atual Oi[4]. A Telegoiás Celular foi vendida à TCO, que depois também foi revendida à Vivo em 2003.

Ver tambémEditar

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre telefonia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.