Abrir menu principal
Telescópio Leonhard Euler
Eso9855a.jpg
Informações gerais
Origem do nome
Observatório
Administrador
Tipo de telescópio
Dados técnicos
Diâmetro
1,2 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Geografia
Endereço
Coordenadas

O Telescópio Leonhard Euler, ou Telescópio Suíço EULER, é um telescópio refletor totalmente automático de 1,2 metros, construído e operado pelo Observatório de Genebra. Ele está localizado a uma altitude de 2375 metros no local do Observatório La Silla do Observatório Europeu do Sul (ESO), na região Norte Chico do Chile, a cerca de 460 quilômetros ao norte da capital do Chile, Santiago. O telescópio começou suas operações em 12 de abril de 1998, e foi nomeado em homenagem ao matemático suíço Leonhard Paul Euler (1707-1783).[1][2]

ExoplanetasEditar

O Telescópio Leonhard Euler, desde o seu comissionamento em 1998, usa o instrumento CORALIE para procurar exoplanetas. O espectrógrafo CORALIE permite medir velocidades radiais com uma precisão de poucos metros por segundo, permitindo a detecção de planetas cuja massa é tão pequena quanto a de Netuno. Sua primeira descoberta foi um planeta em órbita de Gliese 86, determinado para ser um Júpiter quente com um período orbital de apenas 15,8 dias terrestres e cerca de quatro vezes a massa de Júpiter.[3] Depois disso, mais de 4000 exoplanetas foram descobertos, até 2019, mas a grande maioria deles orbita suas estrelas com períodos relativamente curtos de revolução. Até 2019, cinco novos planetas foram descobertos e as órbitas de outras quatro conhecidas foram precisamente definidas. Todos esses planetas têm períodos de revolução entre 15,6 e 40,4 anos, com massas variando de 3 a 27 vezes a de Júpiter. As observações do EULER contribuem para aumentar a lista de 26 planetas com um período de rotação superior a 15 anos.[4]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Swiss 1.2-metre Leonhard Euler Telescope» (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2016 
  2. «Extrasolar Planet Search Programme at Haute-Provence Observatory» (em inglês). Consultado em 15 de janeiro de 2016 
  3. Queloz, D.; Mayor, M.; Weber, L.; Blecha, A.; Burnet, M.; Confino, B.; Naef, D.; Pepe, F.; Santos, N. (1999). «A planet orbiting the star Gliese 86». arXiv:astro-ph/9910223  [astro-ph] 
  4. Five planets revealed after 20 years of observation A team of astronomers led by the UNIGE has discovered five new planets with periods of revolution between 15 and 40 years. It took 20 years of regular observations to achieve this result. por Amit Malewar (2019)

Ligações externasEditar