Telescópios Magalhães

Telescópios Magalhães
Magellan-Telescopes-at-LCO-2014-04-19.jpg
Informações gerais
Origem do nome
Walter Baade, Landon T. Clay (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Observatório
Administrador
Tipo de telescópio
Óptico, gregoriano (en)Visualizar e editar dados no Wikidata
Dados técnicos
Diâmetro
6,5 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Geografia
Altitude
2 516 mVisualizar e editar dados no Wikidata
Endereço
Coordenadas

Os telescópios Magalhães são um par de telescópios ópticos individuais de 6,5 m de diâmetro localizados no Observatório Las Campanas no Chile. O conjunto foi nomeado em homenagem ao explorador português do século XVI, Fernão de Magalhães. Já os telescópios são nomeados um em homenagem ao astrônomo Walter Baade inaugurado em 15 de setembro de 2000 e outro em honra do filantropo Landon Clay, que se tornou operacional em 7 de setembro de 2002.[1]

Instrumentos atuais dos telescópios MagalhãesEditar

Telescópio BaadeEditar

  • Inamori Magellan Areal Camera and Spectrograph (IMACS)
  • FourStar
  • Folded port InfraRed Echellette (FIRE)
  • Magellan Echellete (MagE)

Telescópio ClayEditar

  • Magellan Inamori Kyocera Echelle (MIKE) spectrograph
  • Low-Dispersion Survey Spectrograph-3 (LDSS-3)
  • Megacam imager
  • MagAO
  • Michigan/Magellan Fiber System (M2FS)

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Magellan Project homepage» (em inglês). Carnegie Institution for Science. Consultado em 5 de junho de 2015 

Ligações externasEditar