Abrir menu principal

Tempestade tropical Jelawat (2006)

Disambig grey.svg Nota: Se procura outros ciclones tropicais chamados Jelawat, veja Tufão Jelawat.
Tempestade tropical Jelawat (Domeng)
Tempestade tropical (EFSS)
A tempestade tropical Jelawat aproximando-se de Hainan, China
Formação 26 de Junho de 2006
Dissipação 29 de Junho de 2005
Vento mais forte (1 min) 45 nós (83 km/h, 52 mph)
Vento mais forte (10 min) 40 nós (74 km/h, 46 mph)
Pressão mais baixa 996 hPa (mbar) ou 747 mmHg
Danos Desconhecido
Fatalidades Nenhuma
Áreas afetadas Filipinas e sul da China
Parte da
Temporada de tufões no Pacífico de 2006

A tempestade tropical Jelawat (designação internacional: 0602; designação do JTWC: 03W; designação filipina: Domeng) foi uma tempestade tropical que afetou o sul da China no fim de Junho de 2006. Sendo o quarto ciclone tropical, a terceira tempestade tropical e o segundo sistema tropical nomeado da temporada de tufões no Pacífico de 2006, Jelawat formou-se de uma perturbação tropical próximo às Filipinas em 26 de Junho de 2006. Jelawat atingiu a província de Guangdong, China, 3 dias depois, com ventos constantes de 55 km/h. Apesar das fortes chuvas, não foi relatado qualquer fatalidade relacionado com a tempestade.

História meteorológicaEditar

 
O caminho de Jelawat

Em 22 de Junho, uma área de distúrbios meteorológicos formou-se a sudeste das Filipinas. Seguindo para noroeste, o sistema fortaleceu-se, e a Administração de Serviços Atmosféricos, Geofísicos e Astronômicos das Filipinas (PAGASA) classificou o sistema numa depressão tropical e lhe atribuiu o nome Domeng.[1] Em 24 de Junho, a PAGASA classificou a depressão numa tempestade tropical.[2] No dia seguinte, o Joint Typhoon Warning Center (JTWC) emitiu um alerta de formação de ciclone tropical (AFCT) assim que o sistema já afetava o arquipélago filipino.[3] No começo da madrugada de 26 de Junho, a Agência Meteorológica do Japão (AMJ) considerou o sistema como uma depressão tropical.[4] Com a consolidação das áreas de convecção, o JTWC começou a emitir avisos regulares sobre a "depressão tropical 03W". O sistema seguia para noroeste devido à influência de uma alta subtropical a nordeste do sistema.[5] Horas depois, a PAGASA emitiu seu último aviso sobre o sistema assim que a tempestade deixou a área de responsabilidade filipina.[6] No começo da madrugada de 27 de Junho, o JTWC classificou a depressão numa tempestade tropical.[7] Continuando-se a consolidar, a AMJ classificou o sistema como uma tempestade tropical e lhe atribuiu o nome de Jelawat. O nome Jelawat foi atribuído pela Malásia e é um nome para um peixe de água doce.[8]

No entanto, o sistema falhou em intensificar-se mais e em 28 de Junho, a AMJ desclassificou Jelawat numa depressão tropical.[9] Horas depois, o JTWC fez o mesmo.[10] Jelawat fez landfall no sul da China em 29 de Junho, perto de Zhenjiang, com ventos de 55 km/h. Logo em seguida, o JTWC emitiu seu último aviso sobre Jelawat.[11] Seis horas depois, a AMJ também emitiu seu último aviso sobre o sistema.[12]

Preparativos e impactosEditar

Em 27 de Junho, o Observatório central de Guangdong, China, informou que Jelawat poderia ser um risco para a região, principalmente devido às suas chuvas.[13] O Observatório de Hong Kong, que havia emitido um sinal de alerta nº1 em resposta à ameaça de Jelawat, cancelou o sinal de alerta assim que a tempestade enfraqueceu-se numa depressão tropical. No entanto, o governo chinês cancelou a navegação aos arredores de Hainan. As autoridades chinesas recomendaram aos pescadores para se afastarem do mar durante a passagem do sistema e mais de 19.000 barcos de pesca foram ordenados para que retornassem à terra. Os vôos para Hainan também foram interrompidos em 29 de Junho: 126 vôos tiveram que ser cancelados.[14] Jelawat também trouxe benefícios para a região, que era castigado por uma intensa onda de calor; Jelawat ajudou na diminuição da temperatura na região.[15]

Ver tambémEditar

Referências