Templo da Gente Flávia

Construção em Roma, Itália

Templo da Gente Flávia (em latim: Templum gentis Flaviae) era um templo da Roma Antiga que ficava localizado no monte Quirinal, no rione Trevi de Roma[1]

HistóriaEditar

Este templo foi dedicado pelo imperador Domiciano no final do século I aos demais membros da Dinastia flávia[2][3]. Segundo as fontes literárias, ele ficava localizado num lugar conhecido como "ad Malum Punicum", perto da moderna esquina entre a Via XX Settembre e a Via delle Quattro Fontane[4]. Este local ficava perto das residências do pai de Domiciano, Vespasiano, onde nasceu o imperador, e de seu tio, Tito Flávio Sabino, cônsul em 47.

O templo foi mencionado pela primeira vez no livro IX dos "Epigramas", de Marcial, uma obra de poesia escrita por volta 94. Por causa disto, estudiosos acreditam que é mais provável que ele tenha sido inaugurado no final do longo reinado de Domiciano, o ápice de uma campanha para deificar seu irmão mais velho, o imperador Tito, a filha dele, Júlia Flávia, e o próprio filho de Domiciano, morto ainda na infância[5].

Segundo Suetônio, em 96 o templo foi atingido por um raio[6], o que era considerado um mau presságio. Muito mais tarde, por volta de 268-270, o imperador Cláudio Gótico provavelmente o expandiu[7].

Uma série de fragmentos de esculturas realizadas em mármore pentélico foram associados com este templo, hoje perdido[8], a maior parte deles vendida no mercado de arte[9].

Referências

  1. Coarelli, Filippo (2014). Collis: il Quirinale e il Viminale nell'antichità (em italiano). [S.l.]: Quasar. ISBN 978-88-7140-547-6 
  2. Zissos, Andrew (7 de março de 2016). A Companion to the Flavian Age of Imperial Rome (em inglês). [S.l.]: John Wiley & Sons. p. 120–. ISBN 978-1-4443-3600-9 
  3. Da̧browa, Edward (1996). «The Origin of the "Templum Gentis Flaviae": A Hypothesis.». Memoirs of the American Academy in Rome (em inglês) (41): 153-161 
  4. Coarelli, Filippo (1995). Steinby, E. M., ed. Lexicon Topographicum Urbis Romae. Gens Flavia, templum (em inglês). 2. [S.l.: s.n.] p. 368-9 
  5. Marcial, Epigramas IX.20.1
  6. Suetônio, Vidas dos Doze Césares, Vida de Domiciano 15
  7. História Augusta, Claudius Gothicus 3.6
  8. Gazda, Elaine K.; Haeckl, Anne E. (1996). Images of Empire: Flavian Fragments in Rome and Ann Arbor Rejoined ; [... Exhibition ...] (em inglês). [S.l.]: University of Michigan, Kelsey Museum of Archaeology 
  9. G. M., Koeppel (1980). «Fragments from a Domitianic Monument in Ann Arbor and Rome». The University of Michigan. Bulletin, Museums of Art and Archaeology (em inglês) (3): 14-29 

BibliografiaEditar

  • Ferguson, John (1985). The Religions of the Roman Empire (em inglês). [S.l.]: Cornell University Press 
  • Platner, Samuel Ball; Ashby, Thomas (1929). A topographical dictionary of Ancient Rome (em inglês). [S.l.]: Oxford University Press 
  • Coarelli, Filippo (2007). Rome and environs, an archaeological guide (em inglês). [S.l.]: University of California Press