Abrir menu principal

Templo de Campinas

(Redirecionado de Templo de Campinas, Brasil)

O Templo de Campinas é um templo de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. É o 111º templo da Igreja em funcionamento. O templo localiza-se na rua James Esdras Faust, bairro de Notre Dame, Sousas, Campinas, São Paulo, Brasil.

Templo de Campinas
Templo SUD de Campinas.jpg
Templo de Campinas
Número: 111
Anunciado: 3 de abril de 1997
Dedicado: 17 de maio de 2002 (por Gordon B. Hinckley)
Área: 4.560 m²
Precedido: Templo de Monterrei
Sucedido: Templo de Assunção
Estilo arquitetônico: Pós-modernista
Localização: Campinas, São Paulo
 Brasil

PrecedentesEditar

Os primeiros missionários mórmons chegaram ao Brasil na década de 1920. Muitos dos primeiros recém-convertidos eram imigrantes alemães recém-chegados ao país após o fim da Primeira Guerra Mundial. Em 1931, os 80 membros de um grupo próximo a São Paulo construíram a primeira capela no Brasil. Durante a Segunda Guerra Mundial, os missionários mórmons tiveram de sair do Brasil, mas quando terminou a guerra, brasileiros nativos começaram a se unir aos mórmons às centenas. A quantidade de mórmons-SUD no Brasil continua a crescer. O Templo de Campinas atende a mais de 117.000 membros de 36 alas na região. O Brasil é terceiro país com mais mórmons no mundo, depois dos Estados Unidos e do México.

ConstruçãoEditar

 
Templo de Campinas visto a partir do oeste

Os planos para construir o Templo de Campinas foram anunciados em 3 de abril de 1997. Este foi o quarto templo a ser construído no Brasil.

A cerimônia de abertura da terra e a dedicação do terreno foram feitas em 1º de maio de 1998. A cerimônia foi presidida por James E. Faust, um membro da Primeira Presidência que serviu como missionário mórmon no Brasil na década de 1940. O terreno do templo tem 25.010 (6,18 acres). O templo situa-se no topo de uma colina do qual se pode ver boa parte da cidade de Campinas, possuindo um total de 4.469 (48,100 sq.ft.), que inclui quatro "ordinance rooms" e três "sealing rooms". Centenas de pessoas vieram à cerimônia de abertura da terra e à dedicação do terreno.

O Templo Mórmon foi aberto ao público de 20 de abril a 11 de maio de 2002. Dezenas de milhares de pessoas puderam conhecer o templo e saber mais sobre sua importância para a religião. O presidente da Igreja, Gordon B. Hinckley, dedicou o templo de Campinas em 17 de maio de 2002. Quatro sessões foram realizadas, o que permitiu a milhares de pessoas assistirem à dedicação. Antes da dedicação, o presidente Hinckley encontrou-se com um grande grupo fora do templo e a pedra fundamental final foi assentada. A construção estava enfim oficialmente completa.

Ver tambémEditar