Abrir menu principal

Negócios da LigaEditar

Luzes vermelhas sincronizadas para assinalar os gols ficaram obrigatórias para todos os rinks da NHL.

Houve rumores na imprensa que Lester Patrick planejava deixar de ser administrador-geral do New York Rangers. Em 22 de fevereiro de 1946, ele anunciou sua aposentadoria da posição de administrador-geral, todavia ele permaneceria como vice-presidente do Madison Square Garden.

Temporada RegularEditar

Os veteranos voltaram para seus times nesse ano, com o fim da Segunda Guerra Mundial, mas muitos viram que não poderiam voltar à velha forma. Um que voltou à forma antiga foi o homem antes conhecido como "Mr. Zero" —, goleiro do Boston Bruins, Frank Brimsek. Ele foi muito vazado na partida contra Chicago por 8-3, mas ficou melhor jogo a jogo. Os Bruins não ficaram na primeira posição por um ponto,e então terminaram em segundo. Brimsek fez parte do Segundo Time das Estrelas, como resultado.

Max Bentley de Chicago liderou a liga na pontuação, e, por conta da "Linha Pony" incluindo ele, seu irmão Doug e Bill Mosienko, os Black Hawks ficaram na primeira posição por um ponto. Mas o azar se abateu sobre os Hawks quando Doug Bentley machucou seu joelho em um jogo de 23 de janeiro e o time pereceu.

Frank Patrick, antigo presidente da Pacific Coast Hockey Association e também ex-diretor e administrador da NHL, sofreu um ataque cardíaco e não foi liberado do hospital por várias semanas.

Uma bomba explodiu em 30 de janeiro de 1946, quando o defensor Babe Pratt foi expulso da NHL por apostar em partidas. Todavia, ele apenas apostava no seu time e apelou contra a expulsão. Como promessa, ele não apostaria em nenhum jogo mais, e ele foi restabelecido. Pratt perdeu 9 jogos durante sua suspensão.

O jogador dos Maple Leafs Gaye Stewart liderou a artilharia da liga com 37 gols, mas o Toronto terminou em quinto e ficou de fora dos playoffs.

Bill Durnan igualou o recorde de George Hainsworth de três Troféus Vezina consecutivos e liderou a liga com 4 jogos sem levar gols.

Classificação FinalEditar

Nota: PJ = Partidas Jogadas, V = Vitórias, D = Derrotas, E = Empates, Pts = Pontos, GP = Gols Pró, GC = Gols Contra, PEM=Penalizações em Minutos
Times que se classificaram aos play-offs estão destacados em negrito

National Hockey League PJ V D E Pts GP GC PEM
Montreal Canadiens 50 28 17 5 61 172 134 337
Boston Bruins 50 24 18 8 56 167 156 273
Chicago Black Hawks 50 23 20 7 53 200 178 339
Detroit Red Wings 50 20 20 10 50 146 159 298
Toronto Maple Leafs 50 19 24 7 45 174 185 247
New York Rangers 50 13 28 9 35 144 191 285

[1]

Referências

  1. Classificação: NHL Public Relations Department (2008). Dave McCarthy; et al., eds. THE NATIONAL HOCKEY LEAGUE Official Guide & Record Book/2009. [S.l.]: National Hockey League. p. 148. ISBN 978-1-894801-14-0 

ArtilheirosEditar

PJ = Partidas Jogadas, G = Gols, A = Assistências, Pts = Pontos, PEM = Penalizações em Minutos

Jogador Time PJ G A Pts PEM
Max Bentley Chicago Black Hawks 47 31 30 61 6
Gaye Stewart Toronto Maple Leafs 50 37 15 52 8
Toe Blake Montreal Canadiens 50 29 21 50 2
Clint Smith Chicago Black Hawks 50 26 24 50 2
Bill Mosienko Chicago Black Hawks 40 18 30 48 12
Maurice Richard Montreal Canadiens 50 27 21 48 50
Ab DeMarco New York Rangers 50 20 27 47 20
Elmer Lach Montreal Canadiens 50 13 34 47 34
Alex Kaleta Chicago Black Hawks 49 19 27 46 17
Billy Taylor Toronto Maple Leafs 48 23 18 41 14

PlayoffsEditar

Prêmios da NHLEditar

EstreiasEditar

O seguinte é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu primeiro jogo na NHL em 1945-46 (listados com seu primeiro time, asterisco(*) marca estreia nos play-offs):

Últimos JogosEditar

O seguinte é uma lista de jogadores importantes que jogaram seu último jogo na NHL em 1945-46 (listados com seu último time):

Ver TambémEditar

ReferênciasEditar