Temporada da NBA de 2020-21

A Temporada da NBA de 2020–21 foi a 75ª temporada da National Basketball Association (NBA). Devido à pandemia de COVID-19, a temporada regular foi reduzida para 72 jogos e começou em 22 de dezembro de 2020.[1] Os playoffs foram provisoriamente agendados para ocorrer no formato padrão de playoff de 16 equipes entre 22 de maio e 2 de julho de 2021.[1] Devido às restrições de viagens internacionais da COVID-19 impostas pelo governo do Canadá, os Toronto Raptors jogou seus jogos em casa na Amalie Arena em Tampa, Flórida, no começo da temporada.[2]

Temporada da NBA de 2020–21
Campeonato National Basketball Association
Esporte Basquete
Duração 22 dez 2020 – 16 mai 2021
18 a 21 mai 2021 (play-in)
22 mai - 3 jul 2021 (playoffs)
6 a 20 jul 2021 (finais)
Número de jogos 72
Número de times 30
Parceiro(s) de TV Estados Unidos ABC, TNT, ESPN, NBA TV
Brasil ESPN Brasil, SporTV, BAND
Draft
Primeira escolha Anthony Edwards
Escolhido por Minnesota Timberwolves
Temporada regular
Primeiro lugar Utah Jazz
MVP Nikola Jokić (Denver Nuggets)
Top scorer Stephen Curry (Golden State)
Playoffs
Camp. Leste Milwaukee Bucks
  Vice-camp. Atlanta Hawks
Camp. Oeste Phoenix Suns
  Vice-camp. Los Angeles Clippers
Finais da NBA
Campeão
Milwaukee Bucks
  Vice-campeão Phoenix Suns
MVP das finais Giannis Antetokounmpo (Bucks)
Temporadas da NBA

TransferênciasEditar

AposentadoriasEditar

  • 8 de setembro de 2020 - Marvin Williams anunciou sua aposentadoria da NBA. Williams jogou por quatro times durante sua carreira de 15 anos na NBA.[3]
  • 14 de setembro de 2020 - Leandro Barbosa anunciou sua aposentadoria da NBA. Barbosa jogou 14 temporadas na NBA, vencendo um campeonato com o Golden State Warriors em 2015.[4][5]
  • 24 de outubro de 2020 - Kevin Séraphin anunciou sua aposentadoria da NBA. Séraphin jogou por três times durante sua carreira de sete anos na NBA.[6][7]
  • 16 de novembro de 2020 - Corey Brewer anunciou sua aposentadoria da NBA. Brewer jogou por 12 anos na NBA por oito times, ganhando um campeonato com o Dallas Mavericks em 2011.[8]
  • 18 de novembro de 2020 - Dorell Wright anunciou sua aposentadoria da NBA. Wright jogou por quatro times durante sua carreira de 11 anos na NBA.[9]
  • 25 de novembro de 2020 - Aaron Brooks anunciou sua aposentadoria da NBA. Brooks jogou por sete times durante sua carreira de 13 anos na NBA.[10]
  • 30 de novembro de 2020 - Andrew Bogut anunciou sua aposentadoria da NBA. Bogut jogou por cinco times durante sua carreira de 14 anos na NBA, ganhando um campeonato com o Golden State Warriors em 2015.[11][12]
  • 30 de novembro de 2020 - Evan Turner anunciou sua aposentadoria da NBA. Turner jogou 10 temporadas por cinco times durante seu tempo na NBA.[13]
  • 4 de fevereiro de 2021 - Lucas Nogueira anunciou sua aposentadoria da NBA. Nogueira jogou pelo Toronto Raptors durante toda a sua carreira de quatro anos na NBA.[14]
  • 1 de março de 2021 - Joakim Noah anunciou sua aposentadoria da NBA. Noah jogou por quatro equipes durante seus 13 anos de carreira na NBA. Ele foi o Jogador Defensivo do Ano de 2014, e duas vezes All-Star.[15]
  • 31 de março de 2021 - Thabo Sefolosha anunciou sua aposentadoria da NBA. Sefolosha jogou por cinco equipes durante sua carreira de 14 anos na NBA.[16]
  • 15 de abril de 2021 - LaMarcus Aldridge anunciou sua aposentadoria da NBA como resultado de preocupações com a saúde. Aldridge jogou por três equipes durante seus 15 anos de carreira na NBA, e foi sete vezes All-star.[17]

Alteração no comando técnicoEditar

Fora de temporada
Equipe 2018-19 2019–20
Brooklyn Nets Jacque Vaughn (provisório) Steve Nash
Chicago Bulls Jim Boylen Billy Donovan
Houston Rockets Mike D'Antoni Stephen Silas
Indiana Pacers Nate McMillan Nate Bjorkgren
Los Angeles Clippers Doc Rivers Tyronn Lue
New Orleans Pelicans Alvin Gentry Stan Van Gundy
New York Knicks Mike Miller (provisório) Tom Thibodeau
Oklahoma City Thunder Billy Donovan Mark Daigneault
Philadelphia 76ers Brett Brown Doc Rivers

Fora de temporadaEditar

Pré-temporadaEditar

A pandemia COVID-19 na América do Norte, que adiou a conclusão da temporada anterior de 2019-2020 e os playoffs para o outono, atrasando a data de início dos treinamentos para 10 de novembro de 2020.[34] A pré-temporada começou em 11 de dezembro de 2020, e terminou em 19 de dezembro de 2020.[35]

Temporada regularEditar

O início da temporada regular de 2020–21 foi adiado por causa da pandemia COVID-19. A NBA inicialmente definiu uma data-alvo de 1º de dezembro de 2020, para iniciar a temporada regular.[36] No entanto, o comissário da NBA, Adam Silver, sugeriu adiar ainda mais a temporada até pelo menos janeiro porque as ordens de saúde locais em cada cidade da NBA limitariam a participação dos fãs. A NBA recebe 40 por cento de sua receita através do público nas arenas e, portanto, atrasar a temporada até que seja mais seguro deixar mais fãs nos jogos diminuiria os problemas financeiros.[37] A NBA também considerou organizar a programação de forma que as equipes tenham menos viagens, com jogos consecutivos nas mesmas cidades contra o mesmo oponente. A diretora executiva da National Basketball Players Association, Michele Roberts, também sugeriu que a temporada teria que começar dentro de um ambiente de "bolha", semelhante aos playoffs de 2020.[38]

Em 13 de outubro, a NBA atrasou a data de início da temporada regular de dezembro de 2020 para o Dia de Martin Luther King, em 18 de janeiro de 2021. Mais tarde, em outubro, no entanto, a Sports Illustrated informou que a NBA tinha como alvo 22 de dezembro de 2020, como o primeiro dia da temporada. Em 5 de novembro de 2020, a National Basketball Players Association (NBPA) aprovou provisoriamente uma temporada regular de 72 jogos que começaria em 22 de dezembro de 2020. A temporada deveria apresentar uma programação condensada para que as finais da NBA possam ser jogou mais uma vez em junho, o que permitirá aos jogadores da NBA participar dos Jogos Olímpicos de 2020; as Olimpíadas foram adiadas para 2021 por causa da Pandemia de COVID-19 no Japão.[39]

Em 17 de novembro, a NBA anunciou que a temporada regular de 72 jogos seria de 22 de dezembro a 16 de maio. Cada equipe jogaria três jogos contra cada oponente de sua própria conferência e dois jogos contra cada oponente da interconferência. A temporada incluiria uma pausa de seis dias no All-Star, de 5 a 10 de março, mesmo que o All-Star Game e as festividades relacionadas possam ser cancelados.[40]

Conferência Leste
Divisão do Atlântico
# C Equipe V D PCT
1 1   Philadelphia 76ers 49 23 0.681
2 2   Brooklyn Nets 48 24 0.667
3 4   New York Knicks 41 31 0.569
4 7   Boston Celtics 36 36 0.500
5 12   Toronto Raptors 27 45 0.375
Divisão Central
# C Equipe V D PCT
1 3   Milwaukee Bucks 46 23 0.639
2 9 Indiana Pacers 34 38 0.472
3 11   Chicago Bulls 31 41 0.431
4 13   Cleveland Cavaliers 22 50 0.306
5 15   Detroit Pistons 20 52 0.278
Divisão Sudeste
# C Equipe V D PCT
1 5   Atlanta Hawks 41 31 0.569
2 6   Miami Heat 40 32 0.556
3 8   Washington Wizards 34 38 0.472
4 10   Charlotte Hornets 33 39 0.458
5 14   Orlando Magic 21 51 0.292
Conferência Oeste
Divisão Noroeste
# C Equipe V D PCT
1 1   Utah Jazz 52 20 0.722
2 3   Denver Nuggets 47 25 0.653
3 6   Portland Trail Blazers 42 30 0.583
4 13   Minnesota Timberwolves 23 49 0.319
5 14   Oklahoma City Thunder 22 50 0.306
Divisão do Pacífico
# C Equipe V D PCT
1 2   Phoenix Suns 51 21 0.708
2 4   Los Angeles Clippers 47 25 0.653
3 7   Los Angeles Lakers 42 30 0.583
4 8   Golden State Warriors 39 33 0.542
5 12   Sacramento Kings 31 41 0.431
Divisão Sudoeste
# C Equipe V D PCT
1 5   Dallas Mavericks 42 30 0.583
2 9   Memphis Grizzlies 38 34 0.528
3 10   San Antonio Spurs 33 39 0.458
4 11   New Orleans Pelicans 31 41 0.431
5 15   Houston Rockets 17 55 0.236

# = Posição na divisão, C = Posição na conferência, V = Vitórias, D = Derrotas, PCT = aproveitamento %

Classificação por conferênciaEditar

Torneio Play-inEditar

A NBA estabeleceu um "torneio Play-in" para as equipes classificadas nas posições de 7 a 10 em cada conferência entre os dias 18 a 21 de maio. A equipe do 7º colocado enfrentará a equipe do 8º colocado, com o vencedor ganhando como o 7º classificado aos playoffs. A equipe do 9º colocado jogará com a equipe do 10º colocado, sendo o perdedor desse jogo eliminado. O perdedor da disputa entre o 7º e 8º jogará então com o vencedor da disputa entre o 9º e 10º, com o vencedor desse jogo ganhando como o 8º classificado e o perdedor sendo eliminado.[1]

Pós-temporadaEditar

Os playoffs começarão em 22 de maio e serão no formato padrão de playoffs, com quatro rodadas da série melhor de sete. As finais da NBA de 2021 começarão o mais tardar em 8 de julho, com um possível Jogo 7 o mais tardar em 22 de julho.[1]

  Primeira rodada Semifinais de Conferência Finais de Conferência Finais da NBA
                                     
1  Philadelphia 76ers* 4  
8  Washington Wizards 1  
  1  Philadelphia 76ers* 3  
   
  5  Atlanta Hawks* 4  
4  New York Knicks 1
 
5  Atlanta Hawks* 4  
  5  Atlanta Hawks* 2  
Conferência Leste
  3  Milwaukee Bucks* 4  
3  Milwaukee Bucks* 4  
 
6  Miami Heat 0  
  3  Milwaukee Bucks* 4
   
  2  Brooklyn Nets 3  
2  Brooklyn Nets 4
 
7  Boston Celtics 1  
  3  Milwaukee Bucks* 4
  2  Phoenix Suns* 2
1  Utah Jazz* 4  
8  Memphis Grizzlies 1  
  1  Utah Jazz* 2
   
  4  Los Angeles Clippers 4  
4  Los Angeles Clippers 4
 
5  Dallas Mavericks* 3  
  4  Los Angeles Clippers 2
Conferência Oeste
  2  Phoenix Suns* 4  
3  Denver Nuggets 4  
6  Portland Trail Blazers 2  
  3  Denver Nuggets 0
   
  2  Phoenix Suns* 4  
2  Phoenix Suns* 4
7  Los Angeles Lakers 2  

* - Campeão da Divisão

FinaisEditar

JOGO 1
Data: 6 de julho de 2021
Hora: 9:00 pm
Público: 16.557
Local: Phoenix Suns Arena, Phoenix, Arizona
Árbitros: Marc Davis, Josh Tiven, Pat Fraher
Milwaukee Bucks Phoenix Suns
Pontos Khris Middleton, 29 Chris Paul, 32
Rebotes Giannis Antetokounmpo, 17 Deandre Ayton, 19
Assistências Jrue Holiday, 9 Chris Paul, 9
Recap
TV: ABC
Phoenix lidera a série, 1-0
Placar 1 2 3 4 Total
Milwaukee Bucks 26 23 27 29 105
Phoenix Suns 30 27 35 26 118
Chris Paul marcou 32 pontos e teve nove assistências e Devin Booker acrescentou 27 pontos para liderar o Phoenix na vitória por 118-105 sobre Milwaukee. Depois de abrir o terceiro quarto com um arremesso para a primeira vantagem de dois dígitos do jogo, Paul mais tarde marcou oito pontos consecutivos para o Suns e fez 16 no total do período. Phoenix liderou por 88-68 com 2:20 restantes no quarto depois que Paul passou para Deandre Ayton, que sofreu falta e fez dois lances livres. Depois de perder os dois últimos jogos das finais da Conferência Leste com uma lesão no joelho, a estrela do Bucks, Giannis Antetokounmpo, voltou e fez 20 pontos, 17 rebotes, e bloqueou uma tentativa de cesta de Mikal Bridges que lembrou o "The Block" de LeBron James sobre Andre Iguodala no jogo 7 das finais de 2016. A disponibilidade de Antetokounmpo não foi confirmada até quase uma hora antes da partida, e ele jogou com poucos sinais de lesão.[41]

Milwaukee diminuiu sete pontos no meio do quarto período, mas Paul passou para Booker para uma cesta de 3 pontos e então roubou a bola de Khris Middleton do Bucks e acertou uma cesta para aumentar a vantagem para 106-94. Ayton terminou o jogo com 22 pontos e 19 rebotes para o Phoenix. Middleton marcou 29 em 26 arremessos para o Bucks, mas não tentou um lance livre. O companheiro de equipe Jrue Holiday acertou apenas 4 de 14 arremessos. O Suns teve 26 tentativas de lance livre no jogo, 10 a mais que o Bucks. Phoenix fez seus primeiros 25 lances livres e quase estabeleceu o recorde de mais lances livres em um jogo sem perder até que Jae Crowder errou, faltando 24,8 segundos para o fim do jogo. O Suns terminou com 25 de 26 em seus lances livres em comparação com os 9 do Bucks em 16.[42]

JOGO 2
Data: 8 de julho de 2021
Hora: 9:00 pm
Público: 16.583
Local: Phoenix Suns Arena, Phoenix, Arizona
Árbitros: Zach Zarba, Tony Brothers, Sean Wright
Milwaukee Bucks Phoenix Suns
Pontos Giannis Antetokounmpo 42 Devin Booker, 31
Rebotes Giannis Antetokounmpo, 12 Deandre Ayton, 11
Assistências Khris Middleton 8 Chris Paul, 8
Recap
TV: ABC
Phoenix lidera a série, 2-0
Placar 1 2 3 4 Total
Milwaukee Bucks 29 16 33 30 108
Phoenix Suns 26 30 32 30 118
Booker marcou 31 pontos e Paul fez 23 na vitória do Suns por 118–108 para assumir a liderança de 2–0 na série. Phoenix fez 20 de seus 40 pontos de três pontos, incluindo sete cestas de Booker. Bridges somou 27 pontos e sete rebotes para o Suns, e Paul também teve oito assistências. Antetokounmpo fez 42 pontos e 12 rebotes para Milwaukee. Phoenix liderava por 65-50 no início do terceiro período, mas Antetokounmpo marcou 20 pontos neste período, incluindo 13 pontos consecutivos para o Bucks, para manter seu time no jogo.[43]

Com menos de cinco minutos restantes para o fim do primeiro tempo, o jogo estava empatado em 41 antes do Phoenix terminar com um avanço de 15–4. Em sua última posse, o Suns fez 10 passes, com todos os membros da equipe tocando a bola, culminando com Bridges passando a bola para Ayton, que acertou a cesta enquanto sofria uma falta. Phoenix resistiu ao quarto de 20 pontos de Antetokounmpo, quando este se juntou a Michael Jordan, Isiah Thomas e Joe Dumars como um jogador que marcou pelo menos 20 em um quarto durante um jogo da final. Milwaukee reduziu a vantagem para seis pontos no quarto período, mas uma cesta de 3 pontos de Paul e uma cesta de Bridges expandiram a vantagem para dois dígitos, e Booker fez três de seus arremessos de 3 pontos para afastar o Bucks no placar.[44]

JOGO 3
Data: 11 de julho de 2021
Hora: 8:00 pm
Público: 16.637
Local: Fiserv Forum, Milwaukee, Wisconsin
Árbitros: Scott Foster, Eric Lewis, James Williams
Phoenix Suns Milwaukee Bucks
Pontos Chris Paul, 19 Giannis Antetokounmpo, 41
Rebotes Deandre Ayton, 9 Giannis Antetokounmpo, 13
Assistências Chris Paul, 9 Jrue Holiday, 9
Recap
TV: ABC
Phoenix lidera a série, 2-1
Placar 1 2 3 4 Total
Phoenix Suns 28 17 31 24 100
Milwaukee Bucks 25 35 38 22 120
Antetokounmpo fez 41 pontos, 13 rebotes e seis assistências, e o Milwaukee venceu por 120 a 100 em casa para reduzir a vantagem do Phoenix na série para 2 a 1. Ele recebeu mais ajuda de seus companheiros no jogo 3. Holiday marcou 21 pontos e fez 5 de 10 arremessos de 3 pontos, e Middleton marcou 18. O Suns obteve 19 pontos e nove assistências de Paul, mas seu companheiro Booker fez apenas 10 pontos em 3 de 14 arremessos, já que o Bucks colocou vários defensores contra ele.[45]

O Suns começou o jogo com Ayton marcando 12 pontos no primeiro quarto. No entanto, ele foi limitado por problemas graves pelo resto do jogo. Milwaukee assumiu o controle da disputa com uma arrancada de 30-9 e uma finalização de 16-0 no terceiro quarto. O Suns reagiu deixando o placar em 74–70 depois de superar o Bucks por 14–5, mas Milwaukee fechou o quarto com uma pontuação de 24–6 para liderar o placar por 98–76. O Bucks fez 14 de 36 na linha de três pontos, depois de fazer apenas 5 de 18 no primeiro tempo. Eles limitaram o Phoenix a apenas nove pontos de 3, embora Crowder tenha feito 6 de 7 atrás do arco e marcado 18 pontos.

Antetokounmpo se tornou o segundo jogador a ter jogos finais consecutivos com pelo menos 40 pontos e 10 rebotes, juntando-se a Shaquille O'Neal em 2000. Ele também fez seu 11º jogo nos playoffs com pelo menos 30 pontos e 10 rebotes, passando a marca da equipe de Kareem Abdul-Jabbar definida em 1974 como o maior em uma pós-temporada. Antetokounmpo fez 13 de 17 em seus lances livres, com os fãs de Bucks gritando "MVP", em comparação com os fãs do rival zombando dele com uma contagem acelerada do cronômetro, já que seu lance livre deliberado a rotina às vezes leva mais tempo do que a regra de 10 segundos da liga estourar e causar uma punição.[46]

JOGO 4
Data: 14 de julho de 2021
Hora: 9:00 pm
Público: 16.911
Local: Fiserv Forum, Milwaukee, Wisconsin
Árbitros: James Capers, David Guthrie, C. Kirkland
Phoenix Suns Milwaukee Bucks
Pontos Devin Booker, 42 Khris Middleton, 40
Rebotes Deandre Ayton, 17 Giannis Antetokounmpo, 14
Assistências Chris Paul, 7 Giannis Antetokounmpo, 8
Recap
TV: ABC
Série empatada, 2-2
Placar 1 2 3 4 Total
Phoenix Suns 23 29 30 21 103
Milwaukee Bucks 20 32 24 33 109
Middleton marcou 40 pontos, incluindo 10 seguidos para Milwaukee nos momentos finais, e o Bucks venceu por 109 a 103 para empatar a série por 2 a 2. Booker se recuperou de suas dificuldades no jogo 3 e alcançou a maior pontuação do jogo, 42 pontos. O Suns liderou por 37:55 dos primeiros 44 minutos de jogo. Eles tinham boa vantagem nos 2 minutos restantes quando Middleton marcou os oito pontos seguidos do jogo. Ele fez arremessos consecutivos de médio alcance para colocar Milwaukee com a vantagem de 101-99 com 1:28 por jogar. Sofrendo com a perna esquerda que ele lesionou duas semanas antes, Antetokounmpo bloqueou uma potencial cesta de empate de Ayton com 1:14 do fim, levando os fãs e a mídia a debater se o lance estava entre os maiores tocos de todos os tempos. Depois que Paul perdeu o equilíbrio por conta própria, Holiday pegou a bola perdida e Middleton fez um contra-ataque e com 27,2 segundos restantes para da uma vantagem ao seu time de quatro pontos. Ele coroou sua jogada com dois lances livres para elevar o placar para 107-101. O Bucks superou o Suns em 33-21 no quarto período. Antetokounmpo terminou com 26 pontos, juntamente com 14 rebotes e oito assistências.[47]

Phoenix acertou 51,3% de seus arremessos, em comparação com o Milwaukee que fez 40,2%, mas eles tiveram 19 arremessos a menos (78-97) devido a menos rebotes ofensivos, superado pelo Bucks em 17-5. O Bucks marcou 24 pontos em turnovers, e suas ofensivas elevaram em 19 pontos após os rebotes. Crowder marcou 15 pontos para o Phoenix, enquanto Paul ficou restrito a 10 pontos em 5 de 13 arremessos e cometeu cinco turnovers. Holiday marcou 13 em apenas 4 acertos de 20 arremessos, mas acrescentou sete rebotes, sete assistências e apenas uma perda de bola, enquanto sua defesa atrapalhava Paul. O Bucks também obteve 14 pontos de Lopez e 11 pontos e nove rebotes de Pat Connaughton. Middleton e Antetokounmpo se tornaram o terceiro conjunto de companheiros de equipe a marcar 40 ou mais pontos em jogos na mesma série das Finais, juntando-se a Abdul-Jabbar e Magic Johnson com o Los Angeles Lakers (1980) e LeBron James e Kyrie Irving com o Cleveland Cavaliers (2016).[48]

JOGO 5
Data: 17 de julho de 2021
Hora: 9:00 pm
Público: 16.562
Local: Footprint Center, Phoenix, Arizona
Árbitros: Marc Davis, J. Tiven, J. Williams
Milwaukee Bucks Phoenix Suns
Pontos Giannis Antetokounmpo, 32 Devin Booker, 40
Rebotes Giannis Antetokounmpo, 9 Deandre Ayton, 10
Assistências Jrue Holiday, 13 Chris Paul, 11
Recap
TV: ABC
Milwaukee lidera a série, 3-2
Placar 1 2 3 4 Total
Milwaukee Bucks 21 43 36 23 123
Phoenix Suns 37 24 29 29 119
Com Milwaukee liderando por um ponto com cerca de 16 segundos restantes no jogo, Holiday roubou a bola de Booker e passou para Antetokounmpo que garantiu o jogo com uma vitória por 123–119 e uma vantagem de 3-2 na série. Milwaukee se recuperou de um déficit inicial de 16 pontos para superar o Phoenix em 87-57 desde o início do terceiro quarto até cerca de nove minutos do quarto período. Os Suns estavam com dificuldades até que uma cesta de Paul diminuísse para 120-119 com 56 segundos para jogar. Holiday teve 27 pontos, 13 assistências e três roubos de bola. Antetokounmpo fez 32 pontos, nove rebotes e seis assistências, e Middleton terminou com 29 pontos. Booker teve a maior pontuação do jogo com 40 pontos, sendo o seu segundo jogo seguido com pelo menos 40.[49]

Phoenix acertou 14 de 19 arremessos no primeiro quarto, incluindo um trecho de 11 cestas consecutivas, e liderou por 37-21 após o primeiro período. No entanto, Milwaukee superou eles por 21–5 para abrir o segundo quarto, empatando o jogo em 42 em uma cesta de 3 pontos de Connaughton com 7:48 restantes. Holiday marcou 14 no quarto período, quando o Bucks marcou um recorde de 43 pontos em um quarto por um time jogando fora de casa nas finais, e eles lideraram por 64-61 no intervalo. Depois de três quartos, o Bucks havia acertado 62,1% de seus arremessos, rivalizando com o recorde de [Orlando Magic|Orlando]] de 62,5% em finais, do jogo 3 das finais de 2009 contra o Lakers. Milwaukee liderou por 108-94 após uma cesta de Holiday com cerca de nove minutos restantes no jogo, mas o Suns começou sua recuperação e enconstou no minuto final. Após uma falha, Booker rebateu a bola e driblou-a para cima, mas Holiday puxou com força a bola de suas mãos para o roubo. Após inicialmente ter a intenção de atrasar o relógio, Holiday, em vez disso, passou-o para a enterrada por Antetokounmpo, que estava implorando pela bola. Em seguida Antetokounmpo errou o lance livre, acertando apenas 4 de 11 no jogo. No entanto, ele arremessou a bola para um rebote ofensivo de Middleton, que fez um dos dois lances livres para o placar final do jogo.[50]

Milwaukee se tornou o primeiro time da série a vencer fora de casa. Antetokounmpo, Holiday e Middleton uniram-se por 88 pontos, tornando-se o quinto trio com cada um pontuando 25 pontos com 50% de arremessos em um único jogo das finais, e o primeiro a realizar o feito desde o Lakers de Abdul-Jabbar (36 pontos), James Worthy (33) e Magic Johnson (26) em 1985. Phoenix perdeu três jogos consecutivos apenas pela segunda vez na temporada, o primeiro ocorrendo seis meses antes. Paul terminou o jogo com 21 pontos, 11 assistências e um turnover, enquanto Ayton terminou com 20 pontos e 10 rebotes. Booker se tornou o primeiro jogador nas finais a marcar pelo menos 40 pontos em jogos consecutivos e perder ambos. Antetokounmpo e ele foram o primeiro par de jogadores a marcar mais de 40 pontos duas vezes nas mesmas finais. O jogador do Bucks, Thanasis Antetokounmpo, o irmão mais velho de Giannis, e o assistente técnico Josh Oppenheimer estavam longe da equipe devido aos protocolos de saúde e segurança da COVID-19. A NBA também substituiu o árbitro Sean Wright depois que ele entrou em protocolos de saúde e segurança.[51]

JOGO 6
Data: 20 de julho de 2021
Hora: 9:00 pm
Público: 17.397
Local: Fiserv Forum, Milwaukee, Wisconsin
Árbitros: Scott Foster, Eric Lewis, Tony Brothers
Phoenix Suns Milwaukee Bucks
Pontos Chris Paul, 26 Giannis Antetokounmpo, 50
Rebotes Jae Crowder, 13 Giannis Antetokounmpo, 14
Assistências Booker e Paul, 5 Jrue Holiday, 11
Recap
TV: ABC
Milwaukee vence a série, 4-2
Placar 1 2 3 4 Total
Phoenix Suns 16 31 30 21 98
Milwaukee Bucks 29 13 35 29 105
Giannis Antetokounmpo marcou o recorde de sua carreira em playoff com 50 pontos e acrescentou 14 rebotes e cinco tocos para liderar o Bucks na vitória por 105 a 98 e vencer a série em seis jogos. Os 50 pontos empataram um recorde final para o maior número de pontos marcados por um jogador em um jogo decisivo da série, estabelecido por Bob Pettit do St. Louis Hawks em 1958. Após seu desempenho dominante na série, incluindo seu terceiro jogo com pelo menos 40 pontos e 10 rebotes, Antetokounmpo foi nomeado o MVP das finais, o mais jovem vencedor aos 26 anos desde Kawhi Leonard (22) em 2014. Antetokounmpo acertou 16 de seus 25 arremessos e fez um surpreendente 17 de 19 em seus lances livres, depois de acertar um média de apenas 55,6% nos playoffs. O jogo estava empatado em 77 após três quartos, antes de ele marcar 13 no período final, levando o Milwaukee ao seu primeiro campeonato desde 1971, quando foi liderado por Abdul-Jabbar e Oscar Robertson. Paul liderou o Suns com 26 pontos.[52]

Middleton marcou 17 e o reserva Bobby Portis acrescentou 16 para o Bucks. Holiday fez 12 pontos, 11 assistências e nove rebotes. Sua defesa ajudou a limitar Booker a 19 pontos em apenas 8 de 22 arremessos, perdendo todas as sete de suas tentativas de 3 pontos. Milwaukee se tornou o quinto time a se recuperar de um déficit de 2-0 nas finais, e o primeiro a fazê-lo ao vencer os próximos quatro jogos desde que o Miami derrotou o Dallas em 2006. O Suns só ganhou dois jogos em cada uma das suas três participações nas finais. Paul se tornou o primeiro jogador na história dos playoffs da NBA a perder quatro séries nas quais seu time liderou por 2-0.[53]

EstatísticasEditar

Líderes de estatísticas individuais
Categoria Jogador Equipe Est.
Pontos por jogo Stephen Curry Golden State Warriors 32.0
Rebotes por jogo Clint Capela Atlanta Hawks 14.3
Assistências por jogo Russell Westbrook Washington Wizards 11.7
Roubadas por jogo Jimmy Butler Miami Heat 2.1
Tocos por jogo Myles Turner Indiana Pacers 3.4
Turnovers por jogo Russell Westbrook Washington Wizards 4.8
Faltas por jogo Karl-Anthony Towns Minnesota Timberwolves 3.7
Minutos por jogo Julius Randle New York Knicks 37.6
Arremessos Rudy Gobert Utah Jazz 67.4%
Lances Livres Chris Paul Phoenix Suns 93.4%
Cestas de três Joe Harris Brooklyn Nets 47.5%
Duplo-duplos Nikola Jokić Denver Nuggets 60
Triplo-duplos Russell Westbrook Washington Wizards 38
Equipes líderes de estatísticas
Categoria Equipe Est.
Category Team Statistic
Pontos por jogo Milwaukee Bucks 120.1
Rebotes por jogo Utah Jazz 48.3
Assistências por jogo Golden State Warriors 27.7
Roubadas por jogo Memphis Grizzlies 9.1
Tocos por jogo Indiana Pacers 6.4
Turnovers por jogo Oklahoma City Thunder 16.1
Faltas por jogo Washington Wizards 21.6
Arremessos Brooklyn Nets 49.4%
Lances livres Los Angeles Clippers 83.9%
Cestas de três Los Angeles Clippers 41.1%
Recorde em um jogo na temporada
Categoria Jogador Equipe Est.
Pontos Stephen Curry Golden State Warriors 62
Rebotes Enes Kanter Portland Trail Blazers 30
Assistêsncias Russell Westbrook Washington Wizards 24
Roubadas T. J. McConnell Indiana Pacers 10
Tocos Clint Capela Atlanta Hawks 10
Cestas de três Stephen Curry Golden State Warriors 11
Fred VanVleet Toronto Raptors

PrêmiosEditar

AnualEditar

Os finalistas dos prêmios votados foram anunciados durante os playoffs e os vencedores serão apresentados na cerimônia de premiação.

Prêmios da NBA de 2019-20
Prêmio Vencedor(es) Finalistas
Jogador mais valioso Nikola Jokić (Denver Nuggets) Stephen Curry (Golden State Warriors)
Joel Embiid (Philadelphia 76ers)
Jogador defensivo do ano Rudy Gobert (Utah Jazz) Draymond Green (Golden State Warriors)
Ben Simmons (Philadelphia 76ers)
Melhor novato do ano LaMelo Ball (Charlotte Hornets) Anthony Edwards (Minnesota Timberwolves)
Tyrese Haliburton (Sacramento Kings)
Sexto homem do ano Jordan Clarkson (Utah Jazz) Joe Ingles (Utah Jazz)
Derrick Rose (New York Knicks)
Jogador que mais evoluiu do ano Julius Randle (New York Knicks) Jerami Grant (Detroit Pistons)
Michael Porter Jr. (Denver Nuggets)
Técnico do ano Tom Thibodeau (New York Knicks) Quin Snyder (Utah Jazz)
Monty Williams (Phoenix Suns)
Executivo do ano James Jones (Phoenix Suns) Dennis Lindsey (Utah Jazz)
Sean Marks (Brooklyn Nets)
Prêmio de esportividade Jrue Holiday (Milwaukee Bucks) Bam Adebayo (Miami Heat)
Harrison Barnes (Sacramento Kings)
Josh Okogie (Minnesota Timberwolves)
Kemba Walker (Boston Celtics)
Derrick White (San Antonio Spurs)
Prêmio de cidadânia
Companheiro de equipe Damian Lillard (Portland Trail Blazers) Chris Paul (Phoenix Suns)
Udonis Haslem (Miami Heat)

SemanalEditar

Os jogadores a seguir foram nomeados os Jogadores da Semana da Conferência Leste e Oeste.

Prêmios semanais da NBA de 2020-21
Semana Conferência Leste Conferência Oeste Ref.
22 out - 27 out Domantas Sabonis (Indiana Pacers) (1/1) Brandon Ingram (New Orleans Pelicans) (1/1) [57]
22 dez - 3 jan Tobias Harris (Philadelphia 76ers) (1/1) Stephen Curry (Golden State Warriors) (1/2) [58]
4 jan - 10 jan Jayson Tatum (Boston Celtics) (1/3) Luka Dončić (Dallas Mavericks) (1/3) [59]
11 jan - 17 jan Kevin Durant (Brooklyn Nets) (1/1) Damian Lillard (Portland Trail Blazers) (1/3) [60]
18 jan - 24 jan Joel Embiid (Philadelphia 76ers) (1/1) Nikola Jokić (Denver Nuggets) (1/3) [61]
25 jan - 31 jan James Harden (Brooklyn Nets) (1/2) Nikola Jokić (Denver Nuggets) (2/3) [62]
1 fev - 7 fev Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) (1/3) De'Aaron Fox (Sacramento Kings) (1/2) [63]
8 fev - 14 fev Saddiq Bey (Detroit Pistons) (1/1) Devin Booker (Phoenix Suns) (1/3) [64]
15 fev - 21 fev James Harden (Brooklyn Nets) (2/2) Damian Lillard (Portland Trail Blazers) (2/3) [65]
22 fev - 28 fev Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) (2/3) Devin Booker (Phoenix Suns) (2/3) [66]
15 mar - 21 mar Giannis Antetokounmpo (Milwaukee Bucks) (3/3) Nikola Jokić (Denver Nuggets) (3/3) [67]
22 mar - 28 mar Terry Rozier (Charlotte Hornets) (1/1) De'Aaron Fox (Sacramento Kings) (2/2) [68]
29 mar - 4 abr Jrue Holiday (Milwaukee Bucks) (1/1) Luka Dončić (Dallas Mavericks) (2/3) [69]
5 abr - 11 abr Jayson Tatum (Boston Celtics) (2/3) Paul George (Los Angeles Clippers) (1/1) [70]
12 abr - 18 abr Julius Randle (New York Knicks) (1/1) Stephen Curry (Golden State Warriors) (2/2) [71]
19 abr - 25 abr Bradley Beal (Washington Wizards) (1/1) Luka Dončić (Dallas Mavericks) (3/3) [72]
26 abr - 2 mai Jayson Tatum (Boston Celtics) (3/3) Devin Booker (Phoenix Suns) (3/3) [73]
3 mai - 9 mai Russell Westbrook (Washington Wizards) (1/1) Bojan Bogdanović (Utah Jazz) (1/1) [74]
10 abr - 16 mai Trae Young (Atlanta Hawks) (1/1) Damian Lillard (Portland Trail Blazers) (3/3) [75]

Transmissões na TVEditar

Este é o quinto ano dos atuais contratos de nove anos com a ABC, ESPN, TNT e NBA TV.

Ocorrências notáveisEditar

  • 29 de dezembro de 2020 - Russell Westbrook se tornou o segundo jogador depois de Oscar Robertson a registrar triplo-duplos em seus primeiros três jogos de uma temporada.[76]
  • 29 de dezembro de 2020 - O Milwaukee Bucks estabeleceu o recorde de mais cestas de três pontos feitas em um jogo com 29 contra o Miami Heat, quebrando o recorde anterior de 27 estabelecido pelo Houston Rockets em 7 de abril de 2019.[77]
  • 30 de dezembro de 2020 - LeBron James do Los Angeles Lakers se tornou o primeiro jogador a chegar a 1.000 jogos consecutivos da temporada regular com pelo menos 10 pontos.[78]
  • 7 de janeiro de 2021 - Duncan Robinson do Miami Heat se tornou o jogador mais rápido da história da NBA a fazer 300 trios. Ele fez isso em um período de apenas 95 jogos, ultrapassando o recorde anterior de Luka Dončić e Damian Lillard em 117 jogos.[79]
  • 9 de janeiro de 2021 - LaMelo Ball do Charlotte Hornets se tornou o jogador mais jovem a postar um triplo duplo na idade de 19 anos e 140 dias, superando o recorde anterior de Markelle Fultz, que registrou um triplo duplo aos 19 anos e 317 dias.[80]
  • 23 de janeiro de 2021 - Stephen Curry do Golden State Warriors ultrapassou Reggie Miller e ocupou o segundo lugar na lista de mais cestas de três pontos de todos os tempos da NBA.[81]
  • 12 de abril de 2021 - Stephen Curry ultrapassou Wilt Chamberlain como o melhor pontuador de todos os tempos do Golden State Warriors.[82]
  • 1 de maio de 2021 - o Indiana Pacers derrotou o Oklahoma City Thunder por 152–95. A vitória por 57 pontos é a maior diferença de pontos de um time jogando fora de casa na história da NBA.[83]
  • 10 de maio de 2021 - Russell Westbrook do Washington Wizards ultrapassou Oscar Robertson na lista dos jogadores com mais triplos duplos na carreira, com um total de 182.[84]
  • 15 de junho de 2021 - Kevin Durant do Brooklyn Nets se tornou o primeiro jogador da história a conseguir um triplo-duplo de pelo menos 45 pontos, 15 rebotes e 10 assistências em um jogo de playoff. Ele terminou a partida com 49 pontos, 17 rebotes e 10 assistências.[85]

Referências

  1. a b c d «NBA announces structure and format for 2020-21 season». NBA.com. Consultado em 19 de novembro de 2020 
  2. «Toronto Raptors to Start Season in Tampa». SI.com. 20 de novembro de 2020. Consultado em 20 de novembro de 2020 
  3. «Bucks Marvin Williams Retiring From NBA At 34 Saying He's Been Very Blessed». ESPN.com. 8 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  4. «Warriors Name Leandro Barbosa Player Mentor Coach». NBA.com. 17 de setembro de 2020. Consultado em 20 de setembro de 2020 
  5. Feldman, Dan (14 de setembro de 2020). «Former Sixth Man of the Year Leandro Barbosa retires». sports.yahoo.com. Consultado em 20 de setembro de 2020 
  6. Askounis, Johnny (24 de outubro de 2020). «Kevin Seraphin announces decision to retire». Eurohoops. Consultado em 25 de outubro de 2020 
  7. Helin, Kurt (24 de outubro de 2020). «Seven-year NBA veteran Kevin Seraphin retires from basketball at age 30». nba.nbcsports.com. Consultado em 26 de outubro de 2020 
  8. «Pelicans announce 2020-21 coaching staff». NBA.com. 16 de novembro de 2020. Consultado em 16 de novembro de 2020 
  9. «Dorell Wright calls it a day». Eurohoops. 18 de novembro de 2020. Consultado em 18 de novembro de 2020 
  10. «Knicks Announce Staff Hirings». NBA.com. 26 de novembro de 2020. Consultado em 6 de dezembro de 2020 
  11. «Andrew Bogut Announces Retirement». NBA.com. 30 de novembro de 2020. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  12. Uluc, Olgun (30 de novembro de 2020). «Andrew Bogut announces retirement from all forms of basketball». ESPN.com. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  13. Roche, Conor (30 de novembro de 2020). «Celtics reportedly hiring Evan Turner to assistant coach role». Boston.com. Consultado em 1 de dezembro de 2020 
  14. «Basquete: pivô Lucas "Bebê" anuncia aposentadoria aos 28 anos». Agência Brasil. 4 de fevereiro de 2021. Consultado em 1 de junho de 2021 
  15. «Ex-estrela dos Bulls, Joakim Noah anuncia aposentadoria do basquete após 13 temporadas na NBA». ESPN.com. 1 de março de 2021. Consultado em 1 de junho de 2021 
  16. Feldman, Dan (4 de abril de 2021). «Thabo Sefolosha reveals retirement». ProBasketballTalk | NBC Sports (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2021 
  17. «LaMarcus Aldridge anuncia aposentadoria da NBA». ge. Consultado em 1 de junho de 2021 
  18. «New York Knicks Name Tom Thibodeau Head Coach». NBA.com. 30 de julho de 2020. Consultado em 21 de outubro de 2020 
  19. «Jim Boylen Relieve as Bulls Head Coach». NBA.com. 14 de agosto de 2020. Consultado em 14 de agosto de 2020 
  20. «Alvin Gentry relieved of head coaching duties». NBA.com. 15 de agosto de 2020. Consultado em 15 de agosto de 2020 
  21. «Brown Relieved of Head Coaching Duties». NBA.com. 24 de agosto de 2020. Consultado em 24 de agosto de 2020 
  22. «Pacers Relieve Nate McMillan of Coaching Duties». NBA.com. 26 de agosto de 2020. Consultado em 26 de agosto de 2020 
  23. «Nets Hire Hall Of Famer Steve Nash Head Coach». ESPN.com. 3 de setembro de 2020. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  24. «Coach Billy Donovan, Thunder mutually part ways after five seasons». ESPN.com. 8 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  25. Reynolds, Tim (13 de setembro de 2020). «Mike D'Antoni tells Rockets he won't return as coach». NBA.com. Consultado em 14 de setembro de 2020 
  26. «Chicago Bulls Hire Billy Donovan As Head Coach». ChicagoTribune.com. 22 de setembro de 2020. Consultado em 22 de setembro de 2020 
  27. Reynolds, Tim (28 de setembro de 2020). «Doc Rivers out as LA Clippers coach after 7 seasons». NBA.com. Consultado em 28 de setembro de 2020 
  28. «Team Names Doc Rivers Head Coach». NBA.com. 3 de outubro de 2020. Consultado em 3 de outubro de 2020 
  29. «Pacers Hire Nate Bjorkgren As Head Coach». NBA.com. 20 de outubro de 2020. Consultado em 20 de outubro de 2020 
  30. «Clippers Name Tyronn Lue Head Coach». NBA.com. 20 de outubro de 2020. Consultado em 20 de outubro de 2020 
  31. «Pelicans name Stan Van Gundy head coach». NBA.com. 22 de outubro de 2020. Consultado em 23 de outubro de 2020 
  32. «Rockets Name Stephen Silas Head Coach». NBA.com. 30 de outubro de 2020. Consultado em 30 de outubro de 2020 
  33. «Thunder Names Mark Daigneault Head Coach». NBA.com. 11 de novembro de 2020. Consultado em 11 de novembro de 2020 
  34. Bontemps, Tim; Windhorst, Brian (5 de junho de 2020). «What we know and don't know about the NBA's return to play». ESPN.com. Consultado em 10 de junho de 2020 
  35. «NBA releases 2020-21 preseason schedule». NBA.com. 27 de novembro de 2020. Consultado em 27 de novembro de 2020 
  36. Windhorst, Brian (20 de outubro de 2020). «NBA likely pushing back Dec. 1 start to 2020-21 season, Adam Silver says». ESPN. Consultado em 6 de setembro de 2020 
  37. Toporek, Bryan (9 de maio de 2020). «Adam Silver Warns NBA Players About Forthcoming Financial Pain In 2020-21». Forbes (em inglês). Consultado em 6 de setembro de 2020 
  38. Bontemps, Tim (28 de julho de 2020). «NBPA's Michele Roberts says league might need bubble for 2020-21, too». ESPN. Consultado em 30 de setembro de 2020 
  39. Trenaman, Calum (6 de novembro de 2020). «New NBA season set to begin December 22». CNN. Consultado em 10 de novembro de 2020 
  40. «REPORT: 2021 NBA ALL-STAR GAME UNLIKELY». SLAM. Consultado em 20 de novembro de 2020 
  41. «Return of Giannis Antetokounmpo can't slow down scorching Suns». NBA.com. 8 de julho de 2021. Consultado em 8 de julho de 2021 
  42. «Phoenix Suns Game Notes» (PDF). Phoenix Suns. 8 de julho de 2021. Cópia arquivada (PDF) em 9 de julho de 2021. The Suns nearly set a Finals record for most free throws made without a miss before missing one in the fourth quarter 
  43. Feldman, Dan (9 de julho de 2021). «Giannis Antetokounmpo couldn't rally Bucks to victory, as hard as he tried». Pro Basketball Talk. Consultado em 10 de julho de 2021 
  44. Abrams, Jonathan (9 de julho de 2021). «Suns Find the Open Man: It's Usually Devin Booker». The New York Times. Consultado em 9 de julho de 2021 
  45. Buckner, Candace (11 de julho de 2021). «Giannis Antetokounmpo gets comfortable, and the Bucks get back into the NBA Finals». The Washington Post. Consultado em 12 de julho de 2021 
  46. Cluff, Jeremy (7 de julho de 2021). «Giannis Antetokounmpo free throws: Phoenix Suns fans taunt Milwaukee Bucks star by counting». Arizona Republic. Consultado em 12 de julho de 2021 
  47. Golliver, Ben (15 de julho de 2021). «Chris Paul's sloppy Game 4 finish brought back memories of his checkered playoff past». The Washington Post. Consultado em 16 de julho de 2021 
  48. Fenn, Martin (15 de julho de 2021). «Giannis Antetokounmpo and Khris Middleton Just Did Something Oscar Robertson and Kareem Abdul-Jabbar Never Could». Sportscasting. Consultado em 20 de julho de 2021 
  49. «Bucks edge Suns 123-119 to take 3-2 lead in NBA Finals». ESPN.com. AP. 17 de julho de 2021. Consultado em 18 de julho de 2021 
  50. Abrams, Jonathan (18 de julho de 2021). «Steal and Alley-Oop Leave Bucks One Win From an N.B.A. Title». The New York Times. Consultado em 19 de julho de 2021 
  51. Bucker, Candace (17 de julho de 2021). «Milwaukee Bucks hang on to win Game 5 of NBA Finals over Phoenix Suns». The Washington Posr. Consultado em 18 de julho de 2021 
  52. «Bucks' 50-year wait ends with a title behind 50 from Giannis». ESPN.com. AP. 20 de julho de 2021. Consultado em 21 de julho de 2021 
  53. McMenamin, Dave (21 de julho de 2021). «Phoenix Suns star Chris Paul, 36, ready to 'get back to work,' not considering retirement after NBA Finals loss». ESPN.com. Consultado em 21 de julho de 2021 
  54. «Nikola Jokic, Giannis Antetokounmpo, Stephen Curry lead 2020-21 All-NBA First Team». 15 de junho de 2021. Consultado em 15 de junho de 2021 
  55. «NBA announces 2020-21 All-Defensive First and Second teams». NBA.com. 15 de junho de 2021. Consultado em 15 de junho de 2021 
  56. «LaMelo Ball, Anthony Edwards headline 2020-21 All-Rookie Teams». NBA.com. 18 de junho de 2021. Consultado em 18 de junho de 2021 
  57. «Brandon Ingram, Domantas Sabonis named NBA Players of the Week». NBA.com. 28 de dezembro de 2020. Consultado em 28 de dezembro de 2020 
  58. «Stephen Curry, Tobias Harris named NBA Players of the Week». NBA.com. 4 de janeiro de 2021. Consultado em 4 de janeiro de 2021 
  59. «Luka Doncic, Jayson Tatum named NBA Players of the Week». NBA.com. 11 de janeiro de 2021. Consultado em 11 de janeiro de 2021 
  60. «Damian Lillard, Kevin Durant named NBA Players of the Week». NBA.com. 18 de janeiro de 2021. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  61. «Nikola Jokic, Joel Embiid named NBA Players of the Week». NBA.com. 18 de janeiro de 2021. Consultado em 25 de janeiro de 2021 
  62. «Nikola Jokic, James Harden named NBA Players of the Week». NBA.com. 1 de fevereiro de 2021. Consultado em 1 de fevereiro de 2021 
  63. «Giannis Antetokounmpo, De'Aaron Fox named NBA Players of the Week». NBA.com. 8 de fevereiro de 2021. Consultado em 8 de fevereiro de 2021 
  64. «Devin Booker, Saddiq Bey named NBA Players of the Week». NBA.com. 15 de fevereiro de 2021. Consultado em 15 de fevereiro de 2021 
  65. «Damian Lillard, James Harden named NBA Players of the Week». NBA.com. 22 de fevereiro de 2021. Consultado em 22 de fevereiro de 2021 
  66. «Giannis Antetokounmpo, Devin Booker named NBA Players of the Week». NBA.com. 1 de março de 2021. Consultado em 1 de março de 2021 
  67. «Nikola Jokic, Giannis Antetokounmpo named NBA Players of the Week». NBA.com. 22 de março de 2021. Consultado em 22 de março de 2021 
  68. «De'Aaron Fox, Terry Rozier named NBA Players of the Week». NBA.com. 29 de março de 2021. Consultado em 29 de março de 2021 
  69. «Luka Doncic, Jrue Holiday named NBA Players of the Week». NBA.com. 5 de abril de 2021. Consultado em 5 de abril de 2021 
  70. «Paul George, Jayson Tatum named NBA Players of the Week». NBA.com. 12 de abril de 2021. Consultado em 12 de abril de 2021 
  71. «Stephen Curry, Julius Randle named NBA Players of the Week». NBA.com. 19 de abril de 2021. Consultado em 19 de abril de 2021 
  72. «Luka Doncic, Bradley Beal named NBA Players of the Week». NBA.com. 26 de abril de 2021. Consultado em 26 de abril de 2021 
  73. «Devin Booker, Jayson Tatum named NBA Players of the Week». NBA.com. 3 de maio de 2021. Consultado em 4 de maio de 2021 
  74. «Russell Westbrook, Bojan Bogdanovic named NBA Players of the Week». NBA.com. 10 de maio de 2021. Consultado em 10 de maio de 2021 
  75. «Damian Lillard, Trae Young named NBA Players of the Week». NBA.com. 17 de maio de 2021. Consultado em 17 de maio de 2021 
  76. «Russell Westbrook joins Oscar Robertson, starts season with three triple-doubles». yahoosports.com. 29 de dezembro de 2020. Consultado em 31 de dezembro de 2020 
  77. «Bucks set NBA record for 3-pointers in blowout of Heat». NBA.com. 29 de dezembro de 2020. Consultado em 30 de dezembro de 2020 
  78. «LeBron James extends record streak of 10-point games to 1,000». NBA.com. 30 de dezembro de 2020. Consultado em 31 de dezembro de 2020 
  79. Lou Flavius (7 de janeiro de 2021). «Duncan Robinson becomes fastest NBA player to make 300 threes». TalkBasket. Consultado em 7 de janeiro de 2021 
  80. «Hornets rookie LaMelo Ball becomes youngest to post triple-double». NBA.com. 9 de janeiro de 2021. Consultado em 9 de janeiro de 2021 
  81. «Stephen Curry passes Reggie Miller for No. 2 all-time in 3-pointers made». NBA.com. 23 de janeiro de 2021. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  82. «Stephen Curry passes Wilt Chamberlain for Warriors all-time scoring record». NBA.com. 13 de abril de 2021. Consultado em 13 de abril de 2021 
  83. Young, Royce (2 de maio de 2021). «Thunder's 'embarrassing' 57-point loss to Pacers is largest home defeat in NBA history». ESPN.com. Consultado em 2 de maio de 2021 
  84. «Russell Westbrook breaks Oscar Robertson's triple-double record». www.nba.com (em inglês). Consultado em 11 de maio de 2021 
  85. «Durant tem atuação incrível em vitória dos Nets». UOL. 15 de junho de 2021 

Ligações externasEditar

Precedido por
Temporada da NBA de 2019-20
Temporada da NBA de 2020-21
2020-21
Sucedido por
Temporada da NBA de 2021-22