Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde abril de 2010). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Teodato
Rei ostrogótico
Fólis de Teodato emitido em Ticino
Reinado 534-536
Consorte de Gudeliva
Antecessor(a) Atalarico
Sucessor(a) Vitige
Dinastia dos Amalos
Nascimento 482
Morte 536 (54 anos)
Filho(s) Teudegisclo
Teodenanta

Teodato (nascido em 482 e falecido em 536) foi duque de Túscia e reinou sobre os ostrogodos de 534 a 536. Sobrinho de Teodorico, o Grande, ascendeu ao trono mediante casamento com a prima Amalasunta, filha de Teodorico. Ele exilou a esposa no lago de Bolsena e ordenou sua morte em 535. O assassinato de Amalasunta foi usado pelo imperador bizantino Justiniano I para não reconhecer a legitimidade do reinado de Teodato e invadir a Itália. A "reconquista" da Itália pelo Império Bizantino levaria quase duas décadas e seria mais destruidora que as invasões bárbaras dos dois séculos anteriores.

A ação bélica iniciou-se com a invasão do sul da Itália. Depois que Belisário, general do Império Romano do Oriente, conquistou Nápoles em 536, Teodato foi entregue ao seu povo godo, que elegeu Vitige como seu sucessor. O novo rei ordenou a morte de seu antecessor.

Ver tambémEditar

Precedido por
Atalarico
Reis bárbaros de Roma
534 — 536
Sucedido por
Vitige
  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.