Teodoro de Coloneia

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Teodoro.

Teodoro (em armênio/arménio: Θεόδωρος; romaniz.: Theódoros; em latim: Theodorus) foi um oficial bizantino do século VII, ativo no reinado de Constante II (r. 641–668) e Constantino IV (r. 668–685).

Teodoro
Nacionalidade Império Bizantino
Ocupação Oficial
Religião Cristianismo

VidaEditar

 
Soldo de Constantino IV (r. 668–685)

Talvez nasceu em Coloneia, no rio Lico. Segundo um escólio, em 656, estava em Selímbria e ali representava o conde local, citado como irmão do imperador (talvez uma alusão a Tibério). Em 662/663, Constâncio se mudou à Itália, onde assume em Siracusa, na Sicília, e exige que sua esposa e filhos fossem para lá. Isso foi impedido por uma revolta popular que eclodiu em Constantinopla sob comando de Teodoro e André. Em 681/82, foi enviado por Constantino IV aos soldados rebeldes do Tema da Anatólia para levar seus líderes para Constantinopla.[1] A revolta eclodiu quando Constantino tentou demover seus irmãos Tibério e Heráclio da posição de coimperadores.[2] As fontes indicam que Teodoro ocupava a posição de patrício.[1] Talvez pode ser o conde homônimo ativo nesse período, mas a identificação é incerta.[3]

Referências

BibliografiaEditar

  • Lilie, Ralph-Johannes; Ludwig, Claudia; Zielke, Beate et al. (2013). «#7312/add. Theodoros». Prosopographie der mittelbyzantinischen Zeit Online. Berlim-Brandenburgische Akademie der Wissenschaften: Nach Vorarbeiten F. Winkelmanns erstellt 
  • Lilie, Ralph-Johannes; Ludwig, Claudia; Zielke, Beate et al. (2013a). «#7345/corr. Theodoros». Prosopographie der mittelbyzantinischen Zeit Online. Berlim-Brandenburgische Akademie der Wissenschaften: Nach Vorarbeiten F. Winkelmanns erstellt