Abrir menu principal

Teoria semiótica da complexidade

Text document with red question mark.svg
Este artigo contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde maio de 2011)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.

Teoria semiótica da complexidade é uma teoria científica de âmbito ontológico que estuda a aplicação dos conceitos semióticos na análise dos sinais obtidos no domínio das ciências exatas, em particular na astrofísica.

Índice

Tópicos abordadosEditar

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  • Professor Jorge da Albuquerque Vieira: tese de Doutorado Semiótica, Sistemas e Sinais (1994); livros Formas de Conhecimento: Arte e Ciência, uma visão a partir da complexidade - Volume 1 Teoria do Conhecimento e Arte (2006), Volume 2 Ciência (2007) e Volume 3 Ontologia (2008); (com Lucia Santaella) Metaciência como Guia de Pesquisa - Uma proposta Semiótica e Sistêmica (Editora Mérito, 2008)

Ligações externasEditar

  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.