Terceira Liga

campeonato de futebol português de terceira divisão

A Terceira Liga, também designada por Liga 3, é o recém-criado terceiro escalão do sistema de ligas de futebol de Portugal. Criada na época 2021–22 pela Federação Portuguesa de Futebol, é organizada pela própria entidade. É disputada por vinte e quatro clubes, num sistema de promoção e despromoção com a Segunda Liga e o Campeonato de Portugal.

Terceira Liga
Símbolo da Liga 3.png
Dados Gerais
Organização Federação Portuguesa de Futebol
Fundação 2021-22
Edições 2
Outros nomes Liga 3
Local de disputa Portugal Portugal
N.º Clubes 24
Sistema Equipas divididas em duas séries (Norte e Sul). Os primeiros quatro classificados de cada série disputam uma fase de apuramento de campeão. Os restantes disputam uma fase de manutenção/despromoção.
Dados Históricos
Atual Campeão 600px bisection vertical HEX-B20E0D HEX-22366C.svg Torreense (1.º título)
Maior Campeão 600px bisection vertical HEX-B20E0D HEX-22366C.svg Torreense (1 título)
Promoção e Despromoção
Promove para Segunda Liga
Despromove para Campeonato de Portugal
Divisões
Primeira Liga
Segunda Liga
Terceira Liga
Campeonato de Portugal
Campeonatos Distritais
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

As duas melhores equipas classificadas são promovidas à Segunda Liga (a terceira melhor equipa de disputar um play-off com o antepenúltimo da Segunda Liga). Os clubes classificados em 4.º lugar nos 4 grupos de manutenção são despromovidos ao Campeonato de Portugal, por troca com os 4 melhores classificados desta prova que são assim promovidos ao segundo escalão.

Adicionalmente, as equipas da Liga 3 participam na Taça de Portugal.

Durante a 1 edição disputada até ao momento, participaram na Liga 3 um total de 24 clubes, dos quais somente 1 se sagrou campeão nacional. O maior vencedor da história da Liga 3 é o Torreense, com 1 campeonato nacional conquistado.

O atual campeão nacional é o SCU Torreense, após conquistar na época 2021–22 o seu 1º título.

HistóriaEditar

Na temporada 1990-1991, com a criação da Liga de Honra (segunda divisão profissional), o campeonato da Segunda Divisão, criado em 1934, foi rebaixado à terceira divisão. Em seguida, foi renomeado para Segunda Divisão B.

De 1990 a 2005, o campeonato foi dividido em 3 grupos por divisão geográfica: Norte, Centro e Sul. Em 2005, o campeonato foi para 4 grupos: Série A, Série B, Série C e Série D. Mas em 2009, a fórmula de 3 grupos foi reinstaurada.

Em 2013, o campeonato sofre uma profunda reorganização com a fusão com a antiga Terceira Divisão (D4) e passa de 48 para 80 equipas. É renomeado como Campeonato Nacional de Seniores e ocorre na forma de oito séries de 10 equipes.

FormatoEditar

Na primeira fase da Liga 3 participam 24 equipas, que são divididas em duas séries geográficas: a norte a Série A, a sul a Série B. Jogarão um campeonato entre si a duas voltas. No final da primeira fase, os quatro primeiros classificados das duas séries apuram-se para a fase de subida, enquanto os oito últimos (do 5.º ao 12.º classificados) disputarão a fase de manutenção e descida.[1][2]

Na segunda fase, na fase de subida os quatro primeiros classificados de cada uma das duas séries serão divididos em dois grupos de quatro equipas. No grupo 1 o primeiro e quatro classificados da Série A jogam com o segundo e terceiros classificados da Série B. No grupo 2 o primeiro e quarto classificados da Série B jogam com o segundo e terceiro classificados da Série A.[1][2]

O primeiro classificado de cada um dos dois grupos sobe à Segunda Liga e jogam a final da Liga 3, para atribuição do título de campeão. Os segundos classificados jogam um play-off entre si a 2 mãos para apurar o clube que irá disputar o play-off de subida/manutenção com o 16.º classificado da Segunda Liga para decidir quem participará na época seguinte no segundo escalão, abrindo assim a possibilidade de haver três subidas e três descidas entre os dois escalões.[1][2]

Na segunda fase, na fase de manutenção e descida, disputada entre os classificados entre o quinto e décimo-segundo lugares, os dezasseis clubes serão divididos em quatro grupos de quatro equipas. O Grupo 3 e o Grupo 4 serão referentes às equipas da Série A e os Grupos 5 e 6 às equipas da Série B. Mais uma vez, na fase de manutenção e descida os clubes jogam entre si a duas voltas dentro dos seus grupos e, no final, os últimos classificados de cada um dos quatro grupos descem ao Campeonato de Portugal.[1][2]

De realçar que os clubes nesta fase partem com uma bonificação de 1 a 8 pontos. Ou seja, os quintos classificados da fase regular começam a segunda fase com 8 pontos, os sextos classificados com 7 pontos e assim sucessivamente.[1][2]

Campeões por anoEditar

Época Vencedor
2021–22 Torreense

Campeões por equipaEditar

Clubes Títulos Vice-campeões Épocas dos títulos Épocas vice-campeões
Torreense 1 2021–22
UD Oliveirense 1 2021–22

Clubes participantes na edição inaugural da Liga 3 (época 2021–2022).Editar

Série AEditar

Clube Localidade Associação de futebol Estádio (lotação) Época anterior
(2020–2021)
Anadia Anadia AF Aveiro Estádio Municipal Eng.º Sílvio Henriques Cerveira (6 500) 2.º na Fase de Acesso à Segunda Liga – Zona Norte do Campeonato de Portugal
Canelas 2010 Canelas AF Porto Estádio do Canelas Gaia Futebol Clube (10 800) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 4 do Campeonato de Portugal
Fafe Fafe AF Braga Estádio Municipal de Fafe (4 000) 2.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 2 do Campeonato de Portugal
Felgueiras 1932 Felgueiras AF Porto Estádio Dr. Machado de Matos (7 540) 2.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 1 do Campeonato de Portugal
Lusitânia de Lourosa Lourosa AF Aveiro Estádio do Lusitânia Futebol Clube Lourosa (8 000) 2.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 4 do Campeonato de Portugal
Montalegre Montalegre AF Vila Real Estádio Dr. Diogo Vaz Pereira (2 000) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 1 do Campeonato de Portugal
UD Oliveirense Oliveira de Azeméis AF Aveiro Estádio Carlos Osório (1 670) 18.º na Segunda Liga
Pevidém Pevidém AF Braga Parque de Jogos Albano Martins Coelho Lima (4 555) 3.º na Fase de Acesso à Segunda Liga – Zona Norte do Campeonato de Portugal
Sanjoanense São João da Madeira AF Aveiro Estádio Conde Dias Garcia (15 000) 3.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 3 do Campeonato de Portugal[nota 1]
São João de Ver São João de Ver AF Aveiro Estádio do Sporting Clube de São João de Ver (5 000) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 3 do Campeonato de Portugal
Sporting de Braga B Braga AF Braga Complexo Desportivo do Clube de Futebol de Fão (724) 4.º na Fase de Acesso à Segunda Liga – Zona Norte do Campeonato de Portugal
Vitória de Guimarães B Guimarães AF Braga Pista de Atletismo Gémeos Castro (1 200) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 2 do Campeonato de Portugal

Série BEditar

Clube Localidade Associação de futebol Estádio (lotação) Época anterior
(2020–2021)
Alverca Alverca do Ribatejo AF Lisboa Complexo Desportivo do Futebol Clube de Alverca (7 864) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 6 do Campeonato de Portugal
Amora Amora AF Setúbal Complexo Municipal de Atletismo Carla Sacramento (1 660) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 8 do Campeonato de Portugal
Caldas Caldas da Rainha AF Leiria Campo da Mata (13 000) 2.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 5 do Campeonato de Portugal
Cova da Piedade Cova da Piedade AF Setúbal Estádio Municipal José Martins Vieira (2 330) 11.º na Segunda Liga[nota 2]
Oliveira do Hospital Oliveira do Hospital AF Coimbra Estádio Municipal de Oliveira do Hospital (5 000) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 5 do Campeonato de Portugal
Oriental Dragon Moita AF Setúbal Juncal Desportos (2 500) 1.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 7 do Campeonato de Portugal
Real SC Queluz AF Lisboa Complexo Desportivo do Real Sport Clube (2 500) 2.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 8 do Campeonato de Portugal
Sporting B Lisboa AF Lisboa Estádio Aurélio Pereira (1 180) 2.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 7 do Campeonato de Portugal
Torreense Torres Vedras AF Lisboa Estádio Manuel Marques (12 000) 2.º na Fase de Acesso à Segunda Liga – Zona Sul do Campeonato de Portugal
União de Leiria Leiria AF Leiria Estádio Dr. Magalhães Pessoa (25 000) 4.º na Fase de Acesso à Segunda Liga – Zona Sul do Campeonato de Portugal
União de Santarém Santarém AF Santarém Campo Chã das Padeiras (5 000) 2.º na Fase de Acesso à Terceira Liga – Série 6 do Campeonato de Portugal
Vitória de Setúbal[nota 3] Setúbal AF Setúbal Estádio do Bonfim (18 642) 3.º na Fase de Acesso à Segunda Liga – Zona Sul do Campeonato de Portugal

Transmissões televisivasEditar

A nova Liga 3 tem transmissão de alguns jogos no Canal 11 e de todos os restantes no canal de youtube do Canal 11.

A Sporting TV transmite os jogos do Sporting B no Campo N.° 1 no Estádio Aurélio Pereira na Academia Sporting.

A NEXT TV, canal em streaming do Sporting Clube de Braga, transmite também os jogos do Braga B em casa.

Ver tambémEditar

Notas

  1. Apesar de ter ficado em 3.º lugar na fase de acesso à Terceira Liga, a Sanjoanense beneficiou do facto de o Leça (2.º classificado) ter falhado a inscrição na prova.[3]
  2. O Cova da Piedade foi despromovido da Segunda Liga por não ter reunido atempadamente as condições para a participação na prova. O Vilafranquense, 17.º classificado, manteve-se assim na Segunda Liga.
  3. Clube cuja inscrição foi já confirmada pela Comissão de Licenciamento de Competições da FPF.

Referências

  1. a b c d e «Federação explica como vai funcionar a nova Liga 3». Maisfutebol. Consultado em 31 de maio de 2021 
  2. a b c d e «24 clubes, dois grupos, duas fases e um playoff: a nova Liga 3 já está definida». Tribuna Expresso. Consultado em 31 de maio de 2021 
  3. Record (21 de junho de 2021). «Sanjoanense ocupa vaga do Leça na Liga 3». Consultado em 15 de julho de 2021 


  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.