Teresa: A história de Santa Teresa de Lisieux

Thérèse: The Story of Saint Thérèse of Lisieux (bra: Santa Teresinha do Menino Jesus /prt: Teresa: A história de Santa Teresa de Lisieux) é um filme de drama e biográfico estadunidense lançado em 2004, baseado na obra literária História de uma alma escrito por Santa Teresa de Lisieux. Estrelado por Lindsay Younce e Leonardo Defillippis, o filme mostra a história da vida de Teresa, uma menina francesa, que vive com seu pai e suas irmãs na França do século XIX. O filme foi dirigido por Leonardo Defillippis [1][2].

Thérèse: The Story of Saint Thérèse of Lisieux
Santa Teresinha do Menino Jesus (BRA)
 Estados Unidos
2004 •  cor •  96 min 
Direção Leonardo Defilippis
Baseado em História de uma alma
de Teresa de Lisieux
Elenco Lindsay Younce (Teresa de Lisieux)
Leonardo Defillippis (Luis Martin)
Linda Hayden (Pauline Martin)
Jen Nikolaisen (Céline Martin)
Patti Defillipis (Zélie Martin)
Maggie Rose Fleck (Marie)
Mandy Rimer (Léonie Martin)
Género drama, biografia
Cinematografia Patti Defilippis
Distribuição Estados Unidos A Defillippis Films
Estreia Estados Unidos 1 de outubro de 2004
Idioma inglês
Orçamento US$ 2–3 milhões

O filme estrelou em 1 de outubro de 2004, nos Estados Unidos e teve um orçamento de 2 á 3 milhões de dólares [3].

EnredoEditar

Na Normandia, França no século XIX, vive a familia Martin, uma família zeladora e religiosa, Teresa, a mais nova das filhas de Luís e Zélie Martin acaba perdendo sua mãe e adotando sua irmã mais velha Pauline Martin, como sua mãe de coração, a qual passa a ensiná-la as tarefas da escola em casa, com permissão de seu pai, Luís, que a chamava de Minha Pequena Rainha.

Teresa logo cresce, mas tem uma nova perda, na qual Pauline, vai para o Carmelo se tornar freira e dizendo achar seu deserto, onde encontrará seu amado. Teresa sofre e acaba tendo várias alucinações, sendo consolada pelas orações de seu pai e suas irmãs, mas ao ver a imagem de Nossa Senhora sorrir para ela, Teresa então se recupera e começa a ter uma devoção especial a Nossa Senhora do Sorisso. Mais tarde mais duas de suas irmãs se tornam freiras, Marie entra no Carmelo e Léonie nas Irmãs Clarissas, e Teresa acaba ficando com sua irmã mais nova, Céline.

No natal daquele ano Teresa, ouvi o chamado de Deus e do Menino Jesus para seguir a vida religiosa e entrar no carmelo, e ela aceita esse chamado, dizendo querer entrar no Carmelo com excepicionalmente aos 15 anos. Naquela época na França, havia ocorrido um grave assassinato em Paris de 3 mulheres, sendo o culpado Henri Pranzini, um criminoso aventureiro de cerca de 30 anos, Teresa se interessa pelo caso e querendo salvar a alma desse criminoso, acaba orando incessantemente pela conversão e seu arrependimento antes de sua morte na guilhotina, o que ocorre, de Henri se arrepender e ser guilhotinado com uma cruz na mão. Agora, Teresa com maior desejo de seguir sua vida no carmelo, fala com seu pai de seu desejo, que se solicitam o bispo da cidade, que acaba recusando pelo fato dela ter apenas 15 anos de idade e ser proibída a entrada de menores no convento.

Em novembro de 1887, Louis levou Céline e Teresa numa peregrinação a Roma por conta do jubileu do papa Leão XIII. O custo da viagem restringiu muito os que podiam realizá-la e um quarto dos peregrinos eram nobres. O nascimento, em 1871, da Terceira República Francesa marcou o declínio do poder da direita conservadora e, forçados a uma posição defensiva, os monarquicos mais ricos entendiam que uma Igreja forte era uma arma poderosa para proteger a integridade da França e seu futuro. A ascensão de um catolicismo nacionalista militante, uma tendência que iria, em 1894, resultar no escândalo antissemita da acusação falsa e condenação injusta por traição de Alfred Dreyfus, era um desdobramento que estava completamente fora da percepção de Teresa. Protegida pela sua juventude, ela ignorava eventos políticos e suas motivações.O que ela notou, porém, foi a "ambição social e a vaidade", nas suas palavras, "Céline e eu nos vimos misturadas com membros da aristocracia, mas não ficamos impressionadas...as palavras da "Imitação", 'não aspire pela sombra de um grande nome' não foram desperdiçadas comigo e percebi que a nobreza real está na alma e não num nome". As paradas sucediam-se incessantemente, Milão, Veneza, Loreto, até a chegada final em Roma. Em 20 de novembro de 1887, durante uma audiência geral com Leão XIII, Teresa, na sua vez, aproximou-se do papa, ajoelhou-se e pediu-lhe permissão para entrar no Carmelo aos quinze anos. A resposta de Leão foi "Pois bem, minha filha, faça o que os superiores decidirem...Você vai entrar se for a vontade de Deus" e abençoou Teresa. Ela se recusou a sair pelos seus pés e a Guarda Suíça teve que carregá-la para fora do recinto.

Logo depois, o bispo de Bayeux autorizou a prioresa a receber Teresa e, em 9 de abril de 1888, finalmente ela se tornou uma postulante carmelita.

Em 1889, Louis sofreu um novo derrame e foi levado para uma clínica privada, Le Bon Sauveur, em Caen, onde ficou por três anos até conseguir retornar a Lisieux em 1892. Ele morreu em 29 de julho de 1894 e, logo em seguida, em 14 de setembro do mesmo ano, Céline, que cuidava do pai, entrou para o mesmo Carmelo onde já estavam três de suas irmãs; a prima delas, Marie Guérin, entrou em 15 de agosto de 1895. Leónie, depois de diversas tentativas, tornou-se "irmã Françoise-Thérèse", uma freira visitandina em Caen, onde morreu em 1941.

Teresa acaba sendo aceita como noviça no carmelo, mas as dúvidas e seus erros lá dentro acaba afetando sua decisão, mas ela acaba sendo convencida a permanecer na vida religiosa, ela faz seus votos e se torna freira, tempos depois Teresa acaba ficando doente e os médicos descobrem nela uma grave tuberculose, que a mata em 30 de setembro de 1897, com apenas 24 anos, todas as suas irmãs e amigas do convento choram tristemente sua morte.

ElencoEditar

Referências

  1. Thérèse: The Story of Saint Thérèse of Lisieux, consultado em 11 de dezembro de 2019 
  2. Thérèse (2004) (em inglês), consultado em 11 de dezembro de 2019 
  3. Thérèse: The Story of Saint Thérèse of Lisieux, consultado em 11 de dezembro de 2019 
  4. www.amazon.com https://www.amazon.com/Therese-Lindsay-Younce/dp/B000BDGVT0. Consultado em 11 de dezembro de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)

Links externosEditar