Abrir menu principal
Teresa Cunegunda
Retrato por Franz Joseph Winter
Cônjuge Maximiliano II Emanuel, Eleitor da Baviera
Casa Casa Sobieski (por nascimento)
Casa de Wittelsbach (por casamento)
Nome completo
Teresa Cunegunda
Nascimento 4 de março de 1676
  Palácio Wilanów, Wilanów, Polônia
Morte 10 de março de 1730 (54 anos)
  Veneza, Itália
Enterro Theatinerkirche, Munique, Alemanha
  21 de janeiro de 1815
Pai João III Sobieski da Polônia
Mãe Maria Casimira Luísa de La Grange d'Arquien
Religião Catolicismo Romano

Teresa Cunegunda (em polonês/polaco: Teresa Kunegunda Sobieska , em alemão: Therese Kunigunde Sobieska ) (4 de março de 1676 - 10 de março de 1730) foi uma princesa polonesa, por nascimento, e Princesa-Eleitora (Kurfürstin) da Baviera, por casamento. Foi também regente do Palatinado de 1704 a 1705.

BiografiaEditar

Filha do rei polonês João III Sobieski e Maria Casimira Luísa de La Grange d'Arquien, casou com Maximiliano II Emanuel, Eleitor da Baviera, em 2 de janeiro de 1695.

Foi mãe de dez crianças com seu marido, incluindo o imperador do Sacro Império Germânico Carlos VII e Clemente Augusto da Baviera, arcebispo-eleitor de Colónia, embora apenas metade deles sobreviveram até a idade adulta.

Em 1704-1705, na sequência da evacuação do corte bávara para os Países Baixos espanhóis após a derrota na Batalha de Blenheim, ela aparentemente estava no comando do governo no Eleitorado do Palatinado como princesa regente de Palatine. No entanto, ao ausentar-se para visitar sua mãe, o exército impediu o seu regresso. Teresa passou então dez anos no exílio, regressando apenas em 1715.

Está sepultada na Igreja Theatiner, em Munique.

Casamento e descendênciaEditar

Do seu casamento com Maxiliano II Emanuel, realizado em 2 de janeiro de 1695, nasceram:

  • nado morto (1695)
  • Maria Ana Carolina (Maria Anna Karoline) (1696–1750), freira
  • Carlos Alberto (Karl Albrecht) (1697–1745), eleitor da Baviera, Rei da Boêmia e Sacro Imperador Romano-Germânico, casou em 1722 com a arquiduquesa Maria Amália da Áustria;
  • Filipe Maurício Maria (Philipp Moritz Maria) (1698–1719), eleito bispo de Paderborn e de Münster
  • Fernando Maria Inocêncio (Ferdinand Maria Innocenz) (1699–1738), general imperial;
  • Clemente Augusto (Clemens August) (1700–1761), Grão-Mestre da Ordem Teutônica, Príncipe Arcebispo de Colónia, Bispo de Ratisbona, Paderborn, Osnabrück, Hildesheim e Münster
  • Guilherme (Wilhelm) (1701–1704);
  • Aloísio João Adolfo (Alois Johann Adolf) (1702–1705)
  • João Teodoro (Johann Theodor) (1703–1763), Cardeal, Príncipe-bispo de Ratisbona, Príncipe-bispo de Freising e Príncipe-bispo de Liége
  • Maximiliano Emanuel Tomás (Maximilian Emanuel Thomas) (1704–1709).
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Teresa Cunegunda Sobieska

ReferênciasEditar