Abrir menu principal

Terminator 2: Judgment Day

Filme de 1991 dirigido, escrito e produzido por James Cameron
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, e ainda pode necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
Terminator 2: Judgment Day
Pôster promocional
No Brasil O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final
Em Portugal O Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento
O Exterminador Implacável 2 - O Dia do Julgamento
 Estados Unidos
1991 •  cor •  137 min 
Direção James Cameron
Produção James Cameron
Stephanie Austin
B.J. Rack
Gale Anne Hurd
Mario Kassar
Roteiro James Cameron
William Wisher Jr.
Elenco Arnold Schwarzenegger
Linda Hamilton
Edward Furlong
Robert Patrick
Gênero filme de ação
filme de ficção científica
Música Brad Fiedel
Cinematografia Adam Greenberg
Edição Conrad Buff
Mark Goldblatt
Richard A. Harris
Companhia(s) produtora(s) Carolco Pictures
Pacific Western Productions
Canal+
Distribuição TriStar Pictures
Lançamento Estados Unidos 3 de julho de 1991
Brasil 30 de agosto de 1991
Idioma língua inglesa
Orçamento US$ 102 milhões[1]
Receita US$ 520.881.154[2]
Cronologia
The Terminator
(1984)
Terminator 3: Rise of the Machines
(2003)

Terminator 2: Judgment Day, também conhecido como Terminator 2 e T2 (bra: O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final[3][4]; prt: O Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento[5] ou O Exterminador Implacável 2 - O Dia do Julgamento[6]), é um filme de ação e ficção científica estadunidense[4][3] de 1991, dirigido, escrito e produzido por James Cameron.

Trata-se da continuação direta do primeiro lançamento da franquia Terminator, The Terminator, de 1984. Até então, era o longa mais caro, mais ambicioso e mais bem-sucedido da história do cinema. Terminator 2 foi aclamado pela crítica especializada, sendo até hoje listado por críticos, espectadores e organizações especializadas, como o American Film Institute, como um dos melhores filmes do gênero ficção científica e ação de todos os tempos. É também visto como uma das melhores sequências do cinema. Foi indicado a seis categorias na 64ª edição do Oscar, vencendo nas categorias de Melhores Efeitos Especiais, Melhor Maquiagem, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som.

Terminator 2: Judgment Day revolucionou ao exibir para o público, pela primeira vez, a captura de movimento natural em um personagem gerado pelo computador, sendo também o primeiro onde o personagem principal é parcialmente produzido por computador.[7] Primeiro filme a custar mais de US$ 100 milhões, tornou-se um fenômeno de bilheteria até o lançamento de Jurassic Park, em 1993.[8] T2 tornou-se a terceira maior bilheteria da história até aquele momento, ficando atrás apenas de Star Wars e E.T. the Extra-Terrestrial. Foi a maior arrecadação em todo o mundo em 1991, superando Robin Hood: Prince of Thieves, estrelado por Kevin Costner, e Beauty and the Beast,[9] um dos grandes clássicos da Disney. É o título de maior sucesso da extinta produtora Carolco Pictures, além de ser o de maior êxito distribuído pela TriStar Pictures. Bateu recorde na época quando atingiu um crescimento de 434% em relação ao primeiro The Terminator.[10] Atualmente, mantém a quinta colocação como a maior elevação de bilheteria de uma sequência para o filme anterior. E também detém o topo em arrecadações de toda a franquia Terminator.[11]

O longa-metragem foi o primeiro daquela que seria a marca de James Cameron, a extravagância em escrever, produzir e dirigir filmes com grandes orçamentos, como pôde ser visto nos anos seguintes em Titanic e Avatar, que por muito tempo foram as duas maiores bilheterias da história do cinema. Atualmente estão em segundo e terceiro lugar respectivamente, atrás de Avengers Endgame. Assim como The Terminator, T2 colocou Cameron no topo de Hollywood, sendo considerado um dos maiores diretores dos últimos tempos. O filme também elevou a carreira de Arnold Schwarzenegger, sendo o título de maior sucesso na carreira do ator.

Terminator 3: Rise of the Machines, sequência de Terminator 2: Judgment Day, chegou aos cinemas doze anos após o lançamento do filme anterior, de 1991. Pela primeira vez na série de filmes, James Cameron não participou da produção. Após a falência da Carolco Pictures, os direitos de Terminator ficaram divididos entre os antigos dono da produtora, Mario Kassar e Andrew G. Vajna, e a produtora Gale Anne Hurd. Cameron e a 20th Century Fox demonstraram interesse em adquirir os direitos da franquia, mas o canadense e o estúdio optaram por não participar do leilão da massa falida da Carolco em outubro de 1997. O principal motivo era o receio da produtora com Titanic, que estrearia em dezembro daquele ano. A produção, na época, era intitulada pela mídia como um futuro fracasso em bilheteria, tendo um orçamento de US$ 200 milhões. O longa, sendo o maior orçamento do cinema até então, e por diversas notícias de problemas nas filmagens, era visto como o filme que poderia declarar a falência da Paramount Pictures e 20th Century Fox. Por conta disso, Cameron também demonstrou não ter interesse na briga pelos direitos e para dirigir uma futura sequência, fazendo a Fox Film Entertainment abdicar do leilão.[12]

Índice

SinopseEditar

11 anos após os eventos de The Terminator, em 1995, Sarah Connor e seu filho adolescente John Connor precisam fugir de um exterminador mais rápido e resistente, feito de metal líquido, mas contam com a ajuda de um Exterminador semelhante ao que perseguiu Sarah Connor no The Terminator.[3]

ElencoEditar

Ator / Atriz Personagem
Arnold Schwarzenegger O Exterminador
Linda Hamilton Sarah Connor
Edward Furlong John Connor
Robert Patrick T-1000
Earl Boen Dr. Silberman
Joe Morton Miles Dyson
S. Epatha Merkerson Tarissa Dyson
Castulo Guerra Enrique Salceda
Danny Cooksey Tim
Jenette Goldstein Janelle Voight
Xander Berkeley Todd Voight
DeVaughn Nixon Danny Dyson
Diane Rodriguez Jolanda Salceda
Ennalls Berl Bryant
Don Lake Detetive Mossberg
Ken Gibbel Douglas
Gwenda Deacon Gwen
Robert Winley Cigar Biker
Peter Schrum Lloyd, dono do bar
Shane Wilder Trucker
Richard Vidan Weatherby
Tom McDonald Policial
Jim Palmer Jock
Nikki Cox Garota
Tony Simotes Guarda
Abdul Salaam El Razzac Gibbons
Mike Muscat Moshier
Locutor
 
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Terminator 2: Judgment Day

ProduçãoEditar

Em 1985, um ano depois do lançamento de The Terminator, Arnold Schwarzenegger perguntou a James Cameron se ele tinha planos para uma continuação. Cameron respondeu que havia imaginado uma sequência com dois Exterminadores, um mau, que seria reduzido a esqueleto igual o original, e um bom, que permaneceria com aparência humana, e teria uma relação estilo Shane com o jovem John Connor. O filme permaneceu em pausa por um tempo, por causa da carreira ocupada de Schwarzenegger e problemas com direitos da franquia, disputados pela distribuidora original Hemdale e a produtora Carolco. Após a Carolco comprar os direitos em 1990, Cameron enfim assinou para realizar Terminator 2 em Março de 1990, sem nem ter um roteiro pronto. O texto foi escrito ao longo de uma semana por Cameron e William Wisher, Jr em Maio, e Cameron imprimiu as últimas páginas do texto pouco antes de ir para o Festival de Cannes. A equipe recebeu o roteiro pronto em 3 de julho de 1990, exatamente um ano antes da data que Cameron havia estabelecido para a estreia do filme, que assim teria uma produção muito veloz apesar do escopo ambicioso. As filmagens duraram 171 dias, entre 9 de Outubro de 1990, e 28 de Março de 1991, primariamente na Califórnia mas também no Deserto de Mojave no Novo México. Judgement Day se tornou notável por seus efeitos visuais de computação gráfica feitos pela Industrial Light & Magic, com os estúdios de Stan Winston realizando efeitos práticos e de maquiagem.[13]

Prêmios e indicaçõesEditar

SequênciasEditar

Em 1996, Cameron dirigiu T2 3-D: Battle Across Time para uma atração do Universal Orlando Resort. Contando com Schwarzenegger, Furlong, Hamilton e Patrick em seus papéis em Terminator 2: Judgement Day, é uma espécie de minissequência, em que um Exterminador leva John para o futuro com a intenção de destruir a base da SkyNet.[carece de fontes?]

No seu divórcio com James Cameron, Linda Hamilton pediu os direitos da franquia Terminator, que em seguida revendeu para Mario Kassar e Andrew Vajna da falida Carolco. A nova empresa da dupla, C2 Pictures, financiou o terceiro filme, Terminator 3: The Rise of the Machines, lançado em 2003. Dirigido por Jonathan Mostow e com apenas dois atores retornando, Schwarzenegger e Earl Boen - que faz breve participação como o Dr. Silberman - a história do terceiro filme se passa dez anos depois de Judgment Day, com John Connor (Nick Stahl) vivendo de forma nômade depois da morte de sua mãe, e dois exterminadores sendo enviados ao passado, um para proteger John e sua futura esposa e outro para matar os futuros membros da resistência humana.[carece de fontes?]

A C2 também produziu uma série televisiva, Terminator: The Sarah Connor Chronicles, que durou duas temporadas entre 2008 e 2009. Se passando em uma cronologia paralela à de Rise of the Machines, a série tem Sarah (Lena Headey) e John (Thomas Dekker) viajando de 1999 para 2007 com uma Exterminadora programada para protegê-los, enquanto enfrentam novas máquinas enviadas pela SkyNet.[carece de fontes?]

Em maio de 2009 foi lançado o quarto filme da série, Terminator Salvation. Produzido pela Halcyon Company, que comprou os direitos da C2 em 2007, e dirigido por McG, Salvation é o primeiro a se passar após o holocausto nuclear causado pela SkyNet, com John Connor (Christian Bale) conhecendo um homem misterioso que na verdade é um ciborgue, e a SkyNet buscando o jovem Kyle Reese (Anton Yelchin).[carece de fontes?]


Referências

  1. «'Terminator 2: Judgment Day' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 22 de outubro de 2017 
  2. «'Terminator 2: Judgment Day' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 22 de outubro de 2017 
  3. a b c «O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final». Brasil: CinePlayers. Consultado em 3 de maio de 2019 
  4. a b «O Exterminador do Futuro 2 - O Julgamento Final». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 3 de maio de 2019 
  5. «O Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento». Portugal: CineCartaz. Consultado em 3 de maio de 2019 
  6. «O Exterminador Implacável 2 - O Dia do Julgamento». Portugal: SapoMag. Consultado em 3 de maio de 2019 
  7. «Greatest Visual and Special Effects (F/X) - Milestones in Film» (em inglês). Filmsite.org. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  8. «'Terminator 2' Is One Of The Biggest And Bleakest Summer Movies Ever» (em inglês). Forbes. 24 de agosto de 2017. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  9. «'1991 WORLDWIDE GROSSES' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  10. «'The Terminator' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  11. «'Series: Terminator' Box Office» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  12. «Fox, Cameron opting out of 'Terminator 3'» (em inglês). Variety. 6 de outubro de 1997. Consultado em 12 de novembro de 2017 
  13. "Módulos Interativos"; Blu-Ray de Terminator 2: Judgment Day (Skynet Edition)
  14. a b c d e f g «64.º Oscar - 1992». CinePlayers. Consultado em 3 de maio de 2019 
  Este artigo sobre ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.