Terra de Francisco José

Disambig grey.svg Nota: Para para outros usos do nome, veja Francisco José.

A Terra de Francisco José (em russo: Земля Франца-Иосифа; Zemlya Frantsa Iosifa) é um arquipélago polar russo, entre o Mar de Barents, a sul, e o Oceano Glacial Ártico, a norte. Recebeu este nome em homenagem ao imperador Francisco José I da Áustria-Hungria.

Terra de Francisco José
Map of Franz Josef Land-en.svg
Mapa da Terra de Francisco José
Geografia física
Localização Mar de Barents, Oceano Ártico
{{{localização2_rótulo}}} Oblast de Arcangel
Número de ilhas 192
Ilhas principais Alger, Eva, Graham Bell, Hall, Heiss, Hooker, Jackson, McClintock, Nansen, Northbrook, Rudolfo, Terra de Alexandra, Terra do Príncipe Jorge, Terra de Wilczek, Wiener Neustadt
Ponto culminante 670 m (Terra de Wilczek)
Área 16 134  km²
Geografia humana
População 0
Densidade 0  hab./km²
Localização da Terra de Francisco José.

Os territórios mais próximos são: o território norueguês de Svalbard, a oeste, e os arquipélagos russos de Nova Zembla, a sueste, e da Terra do Norte, a leste.

A Terra de Francisco José inclui a ilha mais setentrional da Europa, a Ilha Rudolfo.

O arquipélago foi descoberto e explorado no final do século XIX pela expedição austro-húngara ao Polo Norte (1872-1874).

Lista de ilhasEditar

As maiores, em área, são a Terra do Príncipe Jorge, a Terra de Wilczek, a ilha de Graham Bell, a Terra de Alexandra e a ilha de Hall. Poucas destas ilhas têm nomes russos. A maior parte dos nomes é de origem alemã, inglesa, americana, italiana, e, num caso, norueguesa. A maior parte das ilhas foi descoberta e denominada por ocasião da expedição de Karl Weyprecht e Julius von Payer (1872-1874), que deu os nomes em homenagem a monarcas ou membros de famílias aristocráticas austro-húngaras da época, ou a nomes de nobres que financiaram a Expedição austro-húngara ao Polo Norte.

Ao contrário do resto da Rússia, onde a toponímia ligada a homenagem à nobreza foi mudada na era soviética, os nomes aristocráticos das ilhas da Terra de Francisco José permaneceram inalterados nesse período histórico.

Em 1895, a expedição de Fredrick G. Jackson deu a algumas ilhas nomes de exploradores árticos britânicos e de personalidades da Royal Geographical Society, a patrocinadora da expedição.

Por fim, algumas ilhas, como as Ilhas Pontremoli, foram designadas por Luigi Amedeo de Saboia-Aosta durante a expedição polar italiana de 1905.

As principais ilhas são:[1]


 
Mapa da Terra de Francisco José.

Referências

  1. islands.uznam.net.pl Arquivado em 11 de junho de 2016, no Wayback Machine.; dl6zfg.deArquivado em 27 de janeiro de 2013, no Wayback Machine.; oceandots.com; e hamradio.ru Arquivado em 3 de outubro de 2011, no Wayback Machine.
  2. Exploring Polar Frontiers By William James, p. 9
  3. a b «franz-josef». ww31.oceandots.com. Consultado em 4 de outubro de 2021 
  Este artigo sobre geografia da Rússia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.