Abrir menu principal

Terroso

localidade e antiga freguesia de Póvoa de Varzim, Portugal
Portugal Terroso 
  Freguesia portuguesa extinta  
Pormenor da Cividade de Terroso
Pormenor da Cividade de Terroso
Gentílico Terrosense
Localização
Concelho primitivo Póvoa de Varzim
Concelho (s) atual (is) Póvoa de Varzim
Freguesia (s) atual (is) União das Freguesias de Aver-o-Mar, Amorim e Terroso
História
Fundação 1836 (183 anos)
Extinção 2013 (6 anos)
Características geográficas
Área total 6,72 km²
População total (2011) 2 528 hab.
Densidade 376,2 hab./km²
Altitude ~75 m

Terroso é uma zona suburbana da freguesia de Aver-o-Mar, Amorim e Terroso, no município da Póvoa de Varzim, em Portugal. Foi também uma antiga freguesia civil entre 1836 e 2013 e tem 6,72 km² de área (2012)[1] e 2 528 habitantes (2011)[2] e densidade populacional de 376,2 hab/km². Teve o estatuto de freguesia entre 1836 e 2013 data em que, devido à reorganização administrativa do território das freguesias foi integrada na União das Freguesias de Aver-o-Mar, Amorim e Terroso[3].

Terroso é uma antiga paróquia, que aparece pela primeira vez no século XI. É reconhecida devido à Cividade de Terroso, importante povoamento urbano da cultura castreja.

História da paróquiaEditar

 
Capela do Divino Salvador de 1670 construída para servir de mausoléu de um abade.

A sua área foi habitada desde épocas pré-históricas, como o evidenciam os topónimos Leira da Anta (entre Terroso e Amorim) e Cortinha da Fonte da Mama ou o Castelo de Paranho, de origem medieval, mas de que apenas chegaram à actualidade escassas ruínas. Conserva-se inviolada a Mamoa de Sejães. Na acrópole do monte da freguesia, persiste ainda a Cividade de Terroso.

A igreja paroquial foi construída em 1718, e o seu espólio inclui uma imagem do século XVI de Nossa Senhora das Candeias, uma escultura da escola de Coimbra. A imagem apareceu na praia da Azurara e o povo de várias aldeias tentaram agarrar a imagem, o que terá sido conseguido pelo povo da paróquia de Terroso. A paróquia de Sancta Maria de Terroso é conhecida desde o século XI. Na Praça do Cruzeiro, principal entrada para a Cividade de Terroso, existe a Capela do Divino Salvador, construída em 1670 pelo abade Teotónio de Miranda como o seu mausuleu. Tem um retábulo pintado interessante com o tema do Milagre de Ourique.

Em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, perde o estatuto de freguesia autónoma e é agregada às freguesias de Aver-o-Mar e de Amorim, passando a fazer parte da União das Freguesias de Aver-o-Mar, Amorim e Terroso.

GeografiaEditar

Terroso situa-se a cerca de 5 km a nordeste da cidade da Póvoa de Varzim.

Povoação localizada em zona de transição, distinguem-se duas regiões em Terroso, o Monte da Cividade e a Planície Litoral, que por vezes, é ali denominada Planície de São Lourenço. Notam-se as zonas arborizadas, com flora autoctone no Monte da Cividade, e um grande cordão de bouças no Alto das Póvoas, que sofreu uma significativa desflorestação com os fogos florestais de 2006 com a pressão da actividade agrícola, tendo estas áreas desde aí substituídas por campos agrícolas e até mesmo estufas. Em 2007, a Câmara Municipal procedeu à reflorestação de 3300 m² no Lugar do Carregal com meio-milhar de pinheiros-mansos.[4]

Os lugares de Terroso são Boavista, Carregal, Certainha, Ordem, Paranho, Passô, Pé do Monte, Póvoas, Santo António, São Lourenço, São Pedro, São Salvador, Sandim, Sejães e Vilar.

 
Freguesias do concelho da Póvoa de Varzim. A azul a freguesia de Aver-o-Mar, Amorim e Terroso (a tracejado os limites das antigas freguesias).

LugaresEditar

Lugar População
(2001)
Boavista 144
Carregal 28
Certainha 37
Sandim 30
Ordem 120
Paranho 77
Passô 429
Pé do Monte 322
Póvoas 213
Santo António 256
São Lourenço 94
São Pedro 59
São Salvador 96
Sejães 296
Vilar 181
  • Nº de habitantes (1864 a 2011)
 

[5]


A povoação de Terroso ainda de feição rural, tem crescente carácter periurbano. De um total de 2 472 habitantes no censo de 2001, quase metade destes, 1138 vivem em lugares em volta da Estrada Nacional 205, principal ligação rodoviária ao centro da cidade da Póvoa de Varzim, nos lugares de Passô, Póvoas, Vilar, Santo António e São Pedro. Apenas 354 habitantes viviam nos lugares da aldeia histórica na encosta do Monte da Cividade. A localidade de Passô é assim a principal povoação de Terroso, com 429 habitantes (2001), na zona poente da freguesia, junto à EN 205.

PatrimónioEditar

Personalidades ilustresEditar

Referências

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Terroso