Rhino

(Redirecionado de Terry Gerin)
Disambig grey.svg Nota: Se procura por pelo baterista de heavy metal também conhecido como Rhino, veja Kenny Earl Edwards.

Terrance Guido Gerin (Detroit, 7 de outubro de 1975) é um lutador de luta livre profissional americano, que é melhor conhecido pelo seu nome de ringue Rhino ou Rhyno. Atualmente trabalha para a Impact Wrestling. Gerin também teve passagens pela Total Nonstop Action Wrestling, WWE e Extreme Championship Wrestling.

Rhino
Rhyno At Raw 2017.jpg
Rhyno em julho de 2017.
Informações pessoais
Nome completo Terrance Guido Gerin
Nascimento 7 de outubro de 1975 (46 anos)
Detroit, Michigan[1]
Residência Dearborn, Michigan
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Rhyno[2]
Rhino Richards[2]
Rhino[2]
Terry Richards
Altura
anunciada
5 ft 10 in (1,78 m)[2]
Peso
anunciado
295 lb (134 kg)[3]
Anunciado
de
Detroit, Michigan[1]
Treinado
por
Scott D'Amore[2][4]
Doug Chevalier[2]
Mickey Doyle[2]
Estreia 1994[2]
Aposentadoria 3 de Dezembro de 2018

Regresso à WWE (2015-presente)Editar

NXTEditar

Rhyno fez um retorno inesperado à WWE em 12 de fevereiro de 2015 durante a gravação de seu programa de desenvolvimento da WWE NXT, derrotando Elias Samson. O episódio foi ao ar em 18 de fevereiro de 2015 e mais tarde naquela noite, a WWE adicionou Gerin ao plantel do NXT como "Rhyno".[5] Depois de algumas semanas a derrotar concorrentes locais, Rhyno anunciou que ele estava no NXT para ganhar o NXT Championship (Campeonato do NXT). No episódio do NXT de 15 de abril, Rhyno lutou contra Sami Zayn, mais acabou sendo derrotado.[6] No dia 6 de maio em um episódio do NXT, Rhyno derrotou Bull Dempsey e, em seguida, chamou Baron Corbin para um combate no NXT TakeOver: Unstoppable que ele posteriormente perdeu. Na edição de 3 de junho do NXT, Rhyno enfrentou Finn Bálor, mas acabou perdendo. A 1 de julho, ele se juntou com o então Campeão do NXT Kevin Owens para uma luta contra Finn Bálor e Samoa Joe, mais perderam o combate.[7] Mais tarde, Rhyno e Baron Corbin competiram no Dusty Rhodes Tag Team Classic Tournament[8] derrotando The Ascension na primeira ronda, Johnny Gargano e Tommaso Ciampa nos quartos-de-final e os American Alpha na semi-final. Na final do torneio, no NXT TakeOver: Respect, Rhyno e Corbin perderam o torneio para Finn Bálor e Samoa Joe.

Plantel principalEditar

A 7 de dezembro de 2015, num episódio da do Raw, Rhyno fez o seu retorno ao plantel principal, onde se juntou aos Dudley Boyz e Tommy Dreamer como parte de uma encarnação renovada dos ECW Originals, competindo numa Quadrilha de Tag Team de Eliminação de 16-Homens onde seu grupo foi eliminado pela League of Nations. Mais tarde, naquela mesma noite, foi anunciado que os ECW Originals enfrentariam a Wyatt Family num combate de Mesas de Eliminação de 8 Homens no Pay-per-view TLC: Tables, Ladders & Chairs (2015).[9]

A 26 de julho de 2016, no SmackDown Live, Rhyno regressou e atacou Heath Slater. Na altura, Slater estava a tentar obter um contrato com a WWE (na história) e Shane McMahon fez um ultimato a Slater em que se o mesmo arranjasse um parceiro e vencesse um torneio para coroar os primeiros Campeões de Duplas do SmackDown, que obteria o seu contrato com a WWE. Rhyno foi o escolhido e no torneio ambos eliminaram os The Headbangers, os Hype Bros e, na final, realizada a 11 de setembro no Backlash, Slater e Rhyno derrotaram os The Usos tornando-se assim nos primeiros Campeões de Duplas do SmackDown.[10] A 4 de dezembro, Rhyno e Slater haveriam de perder os títulos para a Wyatt Family, com a dupla composta por Bray Wyatt e Randy Orton no TLC: Tables, Ladders & Chairs.[11]


No wrestlingEditar

Managers

Nicknames

  • "The War Machine"
  • "The Gore Machine"
  • "Dr. Kill"
  • "The Man Beast"
  • "The Big F'n Deal" - ECW
  • "The Rookie Monster" - ECW
  • "The Man Monster" - ECW

TítulosEditar

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Rhino