Théodore de Lameth

político francês
Túmulo de Théodore de Lameth, cemitério do Père-Lachaise, Paris.

Théodore de Lameth nasceu em Paris, França, em 24 de Junho de 1756 e morreu no Castelo de Busigny (Val-d'Oise), em 19 de Outubro de 1854.

É o irmão mais velho de Alexandre de Lameth e Charles Malo de Lameth.

Antes da Revolução FrancesaEditar

Como seus irmãos, participou da Guerra de Independência dos Estados Unidos, como oficial da Marinha. De volta à França, torna-se coronel do Regimento Royal-Étranger.

Sob a RevoluçãoEditar

De natureza mais ponderada que seus irmãos, Théodore, a princípio, mantém-se afastado da Revolução Francesa. Apesar disso, faz-se eleger deputado da Assembléia Nacional Legislativa em 1791 pelo departamento do Jura, onde alinhou-se à direita (política).

Defendeu com todas as forças a monarquia e fez parte dos sete deputados que votaram contra a declaração de guerra à Áustria, em Março de 1792.

Théodore protestou contra os Massacres de Setembro de 1792 e foi-lhe retirado o seu comando de general em 1º de Fevereiro de 1793. Decretada sua prisão, Théodore foge para a Suiça.

Sob o Consulado e o Primeiro ImpérioEditar

De volta à França após o golpe de estado do 18 de Brumário, não solicita nenhuma função, a não ser sua eleição à Câmara dos Cem Dias pelo departamento de Somme, em 1815.

Sob a RestauraçãoEditar

Sob a Restauração francesa, manteve-se afastado da vida política.

Mais pensativo que seus dois irmãos, Théodore de Lameth compreendeu rapidamente que, solapando a monarquia, a nobreza condenava-se a uma morte certa.

FontesEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Théodore de Lameth