The Arrival

filme de 1996 dirigido por David Twohy
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre o filme de 1996, com Charlie Sheen. Para o filme com Amy Adams e Forrest Whitaker, veja Arrival (filme). Para outros significados, veja Arrival.

The Arrival (bra: A Invasão[1][2]; prt: Eles Chegaram[3]) é um filme méxico-norte-americano de 1996, dos gêneros suspense e ficção científica, escrito e dirigido por David Twohy.[2]

The Arrival
No Brasil A Invasão
Em Portugal Eles Chegaram
 Estados Unidos ·  México
1996 •  cor •  109 min 
Direção David Twohy
Produção
  • Thomas G. Smith
  • Jim Steele
Produção executiva
  • Robert W. Cort
  • Ted Field
Roteiro David Twohy
Elenco
Gênero
Música Arthur Kempel
Cinematografia Hiro Narita
Edição Martin Hunter
Companhia(s) produtora(s)
  • Live Entertainment
  • Steelwork Films
  • Mediaworks
Distribuição Orion Pictures
Lançamento 31 de maio de 1996; há 25 anos
Idioma inglês
Orçamento US$ 28 milhões
Receita US$ 14 milhões

Estrelado por Charlie Sheen, Lindsay Crouse, Teri Polo, Ron Silver e Richard Schiff, The Arrival foi produzido pela Live Entertainment e distribuído pela Orion Pictures.

EnredoEditar

O radioastrônomo Zane Zaminski (Charlie Sheen) descobre evidências de vida extraterrestre inteligente e se vê no meio de uma conspiração envolvendo humanos e alienígenas invasores.[1]

ElencoEditar

  • Charlie Sheen como Zane Zaminsky
  • Lindsay Crouse como Ilana Green
  • Richard Schiff como Calvin
  • Ron Silver como Phil Gordian / Guarda mexicano
  • Teri Polo como Char
  • Phyllis Applegate como Sra. Roosevelt
  • Leon Rippy como agentes 1
  • Buddy Joe Hooker como agentes 2
  • Tony T. Johnson como Kiki
  • David Villalpando como um Cabbie

ProduçãoEditar

Segundo entrevistas de David Twohy na época do lançamento, o filme foi inspirado pelo seu amor a astronomia e o seu fascínio a possibilidade de existir vida extraterrestre, e contou com uma substancial pesquisa enquanto escrevia o roteiro, incluindo entrevistas com engenheiros do SETI.[4] O filme inicialmente se chamava Shockwave durante a escrita do roteiro.[5]

Charlie Sheen foi escolhido para o papel de Zane Zaminsky, depois de David ver sua versatilidade como ator em Terminal Velocity, que David Twohy escreveu o roteiro.[4]

As filmagens se deram entre 29 de setembro de 1995 a 7 de dezembro de 1995, tendo locações na Califórnia e México (Centro Nacional de las Artes) na Cidade do México, incluindo o edifício da escola de dança é o usado como locação para a NASA). Cena final foi gravada no Observatório de Rádio Owens Valley (OVRO), um observatório de radioastronomia localizado perto de Big Pine, Califórnia em Owens Valley.[4]

LançamentoEditar

CríticasEditar

O filme foi recebido de forma positiva pelos críticos,[6][7][8] o site Rotten Tomatoes mostra uma média de 64% dos críticos deram ao filme uma crítica positiva com base em 33 avaliações, com uma pontuação média de 6.4/10 e é consenso que The Arrival é elegante e inventivo e oferece um virada surpreendentemente inteligente sobre o gênero invasão alienígena".[9]

BilheteriaEditar

Apesar dos elogios da crítica e do público, o filme arrecadou apenas US$ 14 milhões no mercado doméstico norte-americano,[10] contra um orçamento de produção estimado em US$ 25 milhões.[4] Parte disso deveu-se à campanha de marketing de alta visibilidade para o lançamento do filme Independence Day, pouco mais de um mês depois, que também recebeu uma resposta de crítica mista, mas acabou se tornando um fenômeno de bilheteria.[11]

No entanto, The Arrival teve um bom desempenho internacionalmente, em parte porque Charlie Sheen ainda mantinha alta popularidade em todo o mundo na época.[12]

Home mediaEditar

Em 1996 é lançado em laserdisc pela Live Home Video, que em 1997 lança também nos formatos VHS e DVD. Uma edição especial em laserdisc em 1996 foi lançada pela Pioneer Entertainment, com comentários, entrevistas, documentários e finais alternativos que não foram incluídos em lançamentos posteriores.[13]

Uma versão em Blu-ray do filme foi lançada em 21 de abril de 2009. Ao contrário do lançamento do laserdisc, a versão em Blu-ray não inclui conteúdos extras.[14][15]

SequelaEditar

Uma continuação, Arrival II, alternativamente chamado de The Second Arrival, digida por Kevin S. Tenney, foi lançada diretamente em vídeo em 6 de novembro de 1998.[16] O filme se passa dois anos após os acontecimentos do primeiro filme, estrelado por Patrick Muldoon e Jane Sibbett.

PrêmiosEditar

Ano Premiação Categoria Trabalho Resultado Ref.
1996 Festival Internaciona de Cinema Fantàstic de Sitges Melhor filme The Arrival de David Twohy Indicado [carece de fontes?]
1997 Saturn Award Melhor lançamento em vídeo doméstico The Arrival de David Twohy Venceu [carece de fontes?]

Trilha sonoraEditar

A trilha sonora foi idealizada pelo compositor norte-americano Arthur Kempel e interpretada pela orquestra sinfônica baseada em Seatle, Northwest Sinfonia. Lançada em CD em junho de 1996 pela selo londrino Silva Screen no Reino Unido e nos Estados Unidos pelo Silva America, braço americano da mesma gravadora, no mesmo ano.[17][18] É disponibilizado em formato digital em 25 de abril de 2012 pela BSX Records.[19]

Todas as canções escritas e compostas por Arthur Kempel. 

The Arrival - Original Motion Picture Soundtrack
Título Duração
1. "Main Title"   2:35
2. "Day Of The Dead"   2:15
3. "The Elevator"   2:54
4. "The Clone"   1:42
5. "Mexico"   2:16
6. "Satellite Man"   1:33
7. "Planting The Emploder"   2:12
8. "Perhaps They're Talking"   2:26
9. "Zane Sneaks In"   2:34
10. "Gordian's Arrival"   3:56
11. "Stranger Then You Can Imagine"   1:23
12. "The Conspiracy"   2:35
13. "The Underground World"   4:58
14. "Finale"   5:08
15. "The Arrival"   2:35
Duração total:
39:07

VideogameEditar

O jogo eletrônico The Arrival foi lançada para Macintosh e Windows em versão CD-ROM, no ano de 1997. Publicado pela Live Interactive e desenvolvido pela Enteraktion, Inc, com direção criativa de Shon Damron, o jogo é visto na perspectiva em primeira pessoa com liberdade de movimentação e jogabilidade com base na resolução de puzzles com temas de ficção científica. O jogo é não-linear, se passa dez anos depois do final do filme e apresenta vários finais diferentes.

As críticas da época ressaltam que a adaptação tem uma história que serve como complemento ao filme em vez de uma simples cópia do enredo, mas que o resultado final é um jogo de aventura mediano.[20] O site especializado em videogames GameSpot, na sua critica deu a nota de 66/100 e evidencia as qualidades do jogo, como os belos gráficos 3d pré-rendenizados, o ambiente em alta resolução e sprites detalhados, a narrativa não-linear incomum para o gênero e como pontos fracos, a baixa qualidade das faixas de áudio e o trabalho de atuação de voz péssimo.[21]

Referências

  1. a b «A Invasão». Brasil: AdoroCinema. Consultado em 1 de junho de 2020 
  2. a b «A Invasão». Brasil: CinePlayers. Consultado em 1 de junho de 2020 
  3. «Eles Chegaram». Portugal: SapoMag. Consultado em 1 de junho de 2020 
  4. a b c d Johnson, Kim Howard (julho de 1996). «Aliens on Arrival». Starlog Magazine (em inglês) (228): 84-88. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  5. Wohy, David. «The Arrival aka Shockwave with DT notes» (PDF) (em inglês). davidtwohy.com. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  6. Ebert, Roger (31 de maio de 1996). «The Arrival Movie Review & Film Summary» (em inglês). Rogerebert.com. Consultado em 6 de maio de 2019 
  7. Evans, Greg (29 de maio de 1996). «The Arrival» (em inglês). Variety. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  8. Holden, Stephen (31 de maio de 1996). «FILM REVIEW;Is It Getting Hot in Here, Or Is It an Alien Invasion?» (em inglês). The New York Times. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  9. «The Arrival» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 6 de maio de 2019 
  10. «The Arrival» (em inglês). Box Office Mojo. Consultado em 6 de maio de 2019. Total Lifetime Grosses, Domestic: $14,063,331 
  11. Jacobs, A.J. (19 de julho de 1996). «Independence Day breaks a new record» ['Independence Day' quebra novo recorde] (em inglês). Entertainment Weekly. Consultado em 6 de maio de 2019 
  12. Waxman, Sharon (26 de outubro de 1990). «Hollywood Attuned to World Markets». Washington Post.com. Consultado em 6 de maio de 2019. The answer is that these B-grade stars still have fans overseas. The last Sheen movie – "The Arrival" – bombed in the United States, but did great business overseas. 
  13. «Arrival, The: Special Edition (1996) PSE97-101» (em inglês). LaserDisc Database. Consultado em 6 de maio de 2019. Original documentary (exclusive to laserdisc) featuring interviews with Charlie Sheen, Teri Polo, Writer/Director David Twohy, Producer Tom Smith, Production Designer Michael Novotny and Director of Photography Hiro Narita, A.S.C. Also includes: behind-the-scenes footage, storyboards and an alternate ending. 
  14. Paprocki, Matt (6 de fevereiro de 2011). «The Arrival Review» (em inglês). Rogerebert.com. Consultado em 6 de maio de 2019 
  15. Tooze, Gary (20 de abril de 2009). «The Arrival Blu-ray» (em inglês). DVDBeaver.com. Consultado em 6 de maio de 2019. Nothing but some 'preview trailers' in HD to precede the presentation. The film really doesn't warrant a commentary but some form of PBS-style 'life out there' documentary extra could have been found and tacked on I suppose. 
  16. «The Other ARRIVAL: Charlie Sheen vs. Illegal Aliens» (em inglês). Alamo Drafthouse Cinema. 7 de novembro de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  17. «Original Soundtrack From The Motion Picture- The Arrival» (em inglês). Discogs. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  18. «The Arrival Soundtrack (1996) - Arthur Kempel» (em inglês). SoundtrackInfo.net. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  19. «The Arrival Soundtrack (1996)» (em inglês). Soundtrack.Net. Consultado em 14 de agosto de 2019 
  20. «The Arrival for Windows (1997) MobyRank». MobyGames. Consultado em 6 de maio de 2019 
  21. «The Arrival CD-ROM Adventure Review» (em inglês). Gamespot. 22 de abril de 1997. Consultado em 6 de maio de 2019. Cópia arquivada em 12 de julho de 2012 
  Este artigo sobre um filme de ficção científica é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.