The Case for Christ

The Case for Christ (no Brasil, Em defesa de Cristo) é um drama-cristão de 2014, dirigido por Jon Gunn e escrito por Brian Bird, baseado no livro homônimo de Lee Strobel.[1] O filme é estrelado por Mike Vogel, Erika Christensen, Faye Dunaway e Robert Forster. Foi lançado nos cinemas norte-americanos em 7 de abril de 2017 pela Pure Flix.

The Case for Christ
Em defesa de Cristo (BRA)
Poster do filme
 Estados Unidos
2017 •  cor •  113 min 
Direção Jon Gunn
Produção Elizabeth Hatcher-Travis
Karl Horstmann
Michael Scott
David A.R. White
Alysoun Wolfe
Brittany Yost
Coprodução Brian Bird
David de Vos
Produção executiva Monica Kepes
Paul Kepes
Vance Null
Frank Shaw
Lee Shaw
Lee Strobel
Roteiro Brian Bird
Baseado em The Case for Christ, de Lee Strobel
Elenco Mike Vogel
Erika Christensen
Faye Dunaway
Robert Forster
Gênero drama
Música Will Musser
Cinematografia Brian Shanley
Figurino Mitchell Crisp
Edição Vance Null
Companhia(s) produtora(s) Pure Flix
Triple Horse Studios
Distribuição Estados Unidos Pure Flix
Lançamento Estados Unidos 7 de abril de 2017
Brasil 14 de setembro de 2017
Idioma inglês
Orçamento US$ 3 milhões[1]
Receita US$ 17.6 million[2]

SinopseEditar

Em 1980, Lee Strobel é jornalista investigativo ateu no Chicago Tribune. [3][4] A nova fé de sua esposa, Leslie, perturba seu casamento. [5]Ele então começa a pesquisa para provar que Jesus Cristo nunca ressuscitou... [6]

ElencoEditar

LançamentoEditar

Nos Estados Unidos, The Case for Christ foi lançado em 7 de abril de 2017 e foi projetado que arrecadaria $5 milhões em seu final de semana de estreia, onde o filme foi exibido em 1,174 cinemas.[7] O filme terminou arrecadando $3.9 milhões em seu primeiro fim de semana e terminando em 10° lugar na bilheteria.[8] Em seu segundo fim de semana, o filme arrecadou $2.8 milhões, sofrendo uma queda de 30.5% em sua arrecadação e terminando em 9° lugar nas bilheterias daquele fim de semana.[9]

RecepçãoEditar

No agregador de críticas de televisão e cinema Rotten Tomatoes, The Case for Christ tem 52% de aprovação e uma nota média de 5,6/10, baseado em 23 críticas. No website, o consenso da crítica é que: "The Case for Christ não deve ser descartado, mas como muitas produções baseadas na fé, é melhor pregar para o coro do que alcançar os não-convertidos".[10] No Metacritic, outro agregador de críticas, o filme tem a nota de 50/100, baseado em 6 críticas.[11]

Referências

  1. a b James Brennan, Adam. «The Case for Christ movie will encourage Christians and surprise sceptics». Premier Christianity. Consultado em 16 de Dezembro de 2018 
  2. «The Case for Christ». Box Office Mojo. Consultado em 16 de Dezembro de 2018 
  3. Luis Fernando Pereira, Crítica “Em Defesa de Cristo”: a passagem do ateísmo à fé aos olhos de um jornalista, cabinecultural.com, Brasil, 16 de setembro de 2017
  4. Joe Leydon, Film Review: ‘The Case for Christ’, variety.com, USA, 6 de abril de 2017
  5. BURTON K. JANES, The Case for Christ movie: A review, christianweek.org, Canada, 11 de abril de 2017
  6. Frank Scheck, 'The Case for Christ': Film Review, hollywoodreporter.com, USA, 7 de abril de 2017
  7. Lang, Brent. «Box Office: 'Smurfs: The Lost Village,' 'Going in Style' Won't Top 'Boss Baby'». Variety. Consultado em 17 de Dezembro de 2018 
  8. D'Alessandro, Anthony. «'Boss Baby' Rules With $26M+; Sizing Up 'Smurfs: The Lost Village'; Seniors Are 'Going In Style' – Sunday Final Update». Deadline Hollywood. Consultado em 17 de Dezembro de 2018 
  9. Mendelson, Scott. «Box Office: 'Ghost In The Shell,' 'Power Rangers' Stumble, 'Boss Baby,' 'Beauty And The Beast' Hold». Forbes. Consultado em 17 de Dezembro de 2018 
  10. «The Case for Christ». Rotten Tomatoes. Consultado em 17 de Dezembro de 2018 
  11. «The Case for Christ (2017_ The Case for Christ 2017)». Metacritic. Consultado em 17 de Dezembro de 2018 

Ligações externasEditar