The Case of the Sulky Girl

The Case of the Sulky Girl (O Caso da Jovem Arisca) é um romance policial do escritor norte-americano Erle Stanley Gardner, publicado em 1933, é o segundo livro protagonizado pelo advogado Perry Mason. Em Portugal foi publicado em 1982 em conjunto com O Caso da Fotografia Misteriosa.[1]

The Case of the Sulky Girl
O Caso da Jovem Arisca/O Caso da Fotografia Misteriosa (PT)
Autor(es) Erle Stanley Gardner
Idioma inglês
País  Estados Unidos
Gênero Romance policial
Série Perry Mason
Linha temporal Século XX
Localização espacial Nova York
Editora Amereon Limited
Lançamento 1933
Páginas 303
ISBN 0884114023
Edição portuguesa
Tradução Marcelo de Andrade
Editora Edições Asa
Lançamento 1982
Páginas 488
ISBN 9723801426
Cronologia
The Case of the Velvet Claws
The Case of the Lucky Legs

Sinopse

editar

O livro conta a história de Frances Celane, uma jovem mulher de temperamento explosivo que é impedida de se casar pelo testamento de seu pai, já falecido, de acordo com o testamento ela não poderia se casar antes de completar 25 anos, ou perderia sua parte no testamento que seria doada a instituições de caridade, a herança porquanto ficaria sob o poder de seu tio Edward Norton, ela porém já havia se casado com um homem chamado de Rob Gleason, o tio da moça acaba sendo assassinado com uma bengalada na cabeça, e Perry Mason fica com a difícil missão de defender Frances e Gleason.[2]

Personagens

editar
  • Frances Celane: sobrinha de Edward Norton, esposa de Rob Gleason, que foi acusada junto ao seu marido de ter matado Norton.
  • Rob Gleason: casou-se secretamente com Frances Celane.
  • Edward Norton: tio de Frances Celane, que administrava os bens deixados pelo pai da mesma, foi morto com uma bengalada na cabeça.
  • Pete Devoe: motorista inicialmente acusado de matar seu patrão enquanto estava bêbado, Pete foi acusado de ter simulado um assalto e dado uma bengalada na cabeça de seu patrão.
  • Don Graves: secretário de Edward Norton, que ao pegar uma carona com o juiz municipal Purley, supostamente viu o assassinato, sendo então a testemunha chave.
  • Arthur Crinston: sócio da vítima, que teve uma prolongada discussão com o mesmo.
  • Juiz Brian C. Purley: juiz municipal que deu carona a Arthur Crinston e a Don Graves, secretário da vítima.
  • Claude Drumm: promotor de justiça encarregado de acusar Frances Celane e Rob Gleason.
  • Mistress Clara Mayfield: governanta de Edward Norton, que ao descobrir que Frances estava casada, passou a extorquir-lhe dinheiro.

Representações

editar

Episódio de TV

editar

O livro já foi representado como episódio da série Perry Mason sendo o 5º episódio da Primeira Temporada foi exibido em 19 de Outubro de 1957 com duração de 60 minutos.[3] E teve:

  • Olive Sturgess como Frances Celane
  • William Schallert como Donald Graves
  • Lillian Bronson como Mistress Clara Mayfield
  • Robert Griffin como Arthur Crinston
  • Connie Cezan como Gertie
  • Brian G. Hutton como Rob Gleason
  • Raymond Greenleaf como Edward Norton
  • Howard Wendell como Juiz Brian C. Purley
  • Paul Bryar como Sargento George Wilbur
  • Frank Wilcox como Juiz Markham

Além do elenco principal:

Episódio de rádio

editar

Foi um dos episódios da série Edge of Night exibida pela Rádio CBS.

Audio-book

editar

A The Colonial Radio Theatre representou a história em formato de audio-book com previsão de lançamento para 5 de Fevereiro de 2011 pela Brilliance Audio.[4]

Referências

  1. Google Livros Página visitada em 30 de Dezembro de 2010
  2. O Caso da Jovem Arisca, Erle Stanley Gardner, Editora Livros do Brasil, Lisboa 1982 ISBN 9723801426
  3. Internet Movie Database-The Case of the Sulky Girl(TV Episode) IMDB. Página visitada em 21 de Janeiro de 2011.
  4. AmazonPerry Mason-The Case of the Sulky Girl: A Radio Dramatization. Página visitada em 21 de Janeiro de 2011