The Devil All the Time

The Devil All the Time (bra: O Diabo de Cada Dia; prt: Sempre o Diabo) é um filme de suspense psicológico americano de 2020 dirigido por Antonio Campos, a partir de um roteiro coescrito com seu irmão Paulo Campos, baseado no romance homônimo de Donald Ray Pollock, que também narra o filme. O elenco inclui Tom Holland, Bill Skarsgård, Riley Keough, Jason Clarke, Sebastian Stan, Haley Bennett, Harry Melling, Eliza Scanlen, Mia Wasikowska e Robert Pattinson, cujas as histórias dos personagens se entrelaçam.

The Devil All the Time
No Brasil O Diabo de Cada Dia
Em Portugal Sempre o Diabo
 Estados Unidos
2020 •  cor •  139 min 
Direção Antonio Campos
Produção
História
  • Antonio Campos
  • Paulo Campos
Baseado em The Devil All the Time, de Donald Ray Pollock
Narração Donald Ray Pollock
Elenco
Gênero suspense psicológico
drama
terror
Música
  • Danny Bensi
  • Saunder Jurriaans
Cinematografia Lol Crawley
Edição
  • Andrew Mondshein
  • Sofía Subercaseaux
Companhia(s) produtora(s)
  • Nine Stories Productions
  • Bronx Moving Company
Distribuição Netflix
Lançamento
  • Estados Unidos 11 de setembro de 2020
  • Mundial 16 de setembro de 2020
Idioma inglês

The Devil All the Time foi lançado em cinemas selecionados em 11 de setembro de 2020, e na Netflix em 16 de setembro de 2020. Recebeu críticas mistas dos críticos, que elogiaram as performances de Holland e Pattinson, mas criticaram o tom sombrio.

PremissaEditar

A história se passa no sul de Ohio e da Virgínia Ocidental, na parte rural das cidades. The Devil All the Time narra a histórias de personagens bizarros surgidos nos anos 60, pós Segunda Guerra Mundial. Willard Russell é um veterano atormentado por não conseguir salvar sua bonita esposa, Charlotte, de uma morte agonizante por um câncer. Não importa quanto sangue ele tenha depositado em seu “altar” para salvá-la, ele não consegue.

Carl e Sandy Henderson são marido e mulher, mas também uma dupla de serial killers. Eles percorrem as estradas norte-americanas em busca de modelos para fotografar e exterminar. Roy é um pastor especialista em aranhas que foge da lei ao lado de seu guitarrista aleijado, Theodore. E finalmente, preso no meio disso tudo está Arvin Eugene Russell, o filho órfão de Willard e Charlotte. Ele cresce e busca se tornar um homem bom, mas também violento em sua própria maneira.[1][2]

EnredoEditar

Durante a Segunda Guerra Mundial, enquanto servia nas Ilhas Salomão, o fuzileiro naval americano Willard Russell encontra o sargento de artilharia Miller Jones esfolado e crucificado por soldados japoneses. Willard acaba com a agonia de Jones atirando nele atrás da orelha. Após a guerra, a caminho de casa em Coal Creek, Virgínia Ocidental, Willard passa por Meade, Ohio, onde conhece Charlotte, uma garçonete em um restaurante e um fotógrafo chamado Carl Henderson. Willard e Charlotte se casam e se mudam para Knockemstiff, Ohio, onde têm um filho que chamam de Arvin.

Em 1950, Helen Hatton se casa com Roy Laferty. Roy é um pregador evangélico bizarro, embora carismático, que derrama aranhas venenosas sobre sua cabeça enquanto dá sermões para demonstrar sua fé em Deus. Helen e Roy têm uma filha chamada Lenora. Durante um sermão, Roy é mordido por uma aranha em seu rosto e tem uma reação alérgica severa que afeta seu controle da realidade. Ele passa a acreditar que tem a capacidade de ressuscitar os mortos e leva Helen para a floresta. Ele a esfaqueia no pescoço com uma chave de fenda antes de tentar e não conseguir ressuscitá-la. Roy pega carona e é pego por um casal, Carl Henderson e sua esposa Sandy. Carl e Sandy são revelados como assassinos em série que pegam caronas e os encorajam a fazer sexo com Sandy enquanto Carl tira fotos antes de assassiná-los. Roy se recusa a fazer sexo com Sandy, então Carl atira e o mata.

Em 1957, Charlotte é diagnosticada com câncer. Willard acredita que pode influenciar a Deus com oração fervorosa para remover o câncer do corpo de sua esposa. Então ele ora a Deus e sacrifica o cachorro de Arvin, ajoelhado diante de uma cruz rústica que ele ergueu na floresta atrás de sua casa. No entanto, Charlotte morre apesar de seus esforços e Willard comete suicídio cortando sua garganta. Arvin, agora órfão, vai morar com sua avó Emma, ​​onde conhece Lenora, que se torna sua "meia-irmã" adotiva.

Em 1965, Arvin recebe a pistola Luger de seu pai como presente de aniversário. Ele é ferozmente protetor de Lenora, que é intimidada por alguns garotos locais, levando Arvin a atacar e espancar todos eles sem piedade. Lenora se aproxima do novo e narcisista reverendo Preston Teagarden. Preston seduz Lenora e ela fica grávida. Quando ela informa Preston, ele a nega. Não querendo envergonhar sua família, Lenora planeja tirar a própria vida se enforcando. No último segundo, ela decide não se suicidar, mas ao tentar desfazer o laço, ela escorrega do suporte e morre. Após a autópsia, Arvin fica sabendo que ela estava grávida e suspeita que Preston seja o pai. Ele segue Preston e o vê seduzir outra garota menor de idade.

Na igreja, Arvin confronta Preston sobre Lenora e atira, matando-o com a Luger antes de fugir. Arvin decide pegar carona, que acaba sendo pego por Carl e Sandy. Arvin percebe que Carl está carregando uma arma. Quando Carl começa o ritual do par, Arvin atira e mata Carl e Sandy em autodefesa. No porta-luvas do carro, ele encontra uma coleção composta por vários rolos de filme. O irmão de Sandy, o xerife Lee Bodecker, fica sabendo do assassinato de Sandy. Para proteger a si mesmo e sua próxima reeleição, ele vai ao apartamento de Carl e Sandy, onde encontra e destrói a coleção de fotos de Carl.

Arvin viaja para Meade para visitar a casa de sua infância. Lee descobre que Arvin assassinou Preston, o rastreia até Meade e, armado com uma espingarda, confronta Arvin na floresta na cruz rústica de Willard. Um tiroteio começa e Arvin atira em Lee no estômago com a Luger. Antes de Lee morrer, Arvin mostra a Lee a foto de Sandy com o corpo de Roy. Ele deixa a foto e os rolos de filme para que as evidências da matança em série de Carl e Sandy possam ser reveladas.

Arvin pega carona e é pego por um hippie. Enquanto ele viaja no banco do passageiro, Arvin, já exausto, luta para se manter acordado. Ele sonha acordado e contempla seu futuro como possivelmente um marido ou servindo na Guerra do Vietnã.

ElencoEditar

  • Tom Holland como Arvin Eugene Russell, filho de Willard e Charlotte.
    • Michael Banks Repeta como Arvin Russell com 9 anos
  • Bill Skarsgård como Willard Russell, pai de Arvin, marido de Charlotte e filho de Emma, ​​atormentado por sua experiência servindo na Segunda Guerra Mundial.
  • Robert Pattinson como Reverendo Preston Teagardin, um pregador carismático, mas moralmente corrupto, que estupra e abandona Lenora quando ela fica grávida.
  • Sebastian Stan como o Xerife do Condado de Ross, Lee Bodecker, irmão de Sandy, um policial sujo que protege sua irmã e está disposto a fazer qualquer coisa para manter sua posição.
  • Riley Keough como Sandy Henderson,[3] esposa de Carl e irmã mais nova de Lee. Ao contrário do marido, ela não gosta de matar e começa a pensar em matá-lo.
  • Jason Clarke como Carl Henderson,[3] marido de Sandy, fotógrafo e serial killer que tira fotos de suas vítimas.
  • Eliza Scanlen como Lenora Laferty, a "irmã adotiva" de Arvin; ela é filha de Roy e Helen que foi adotada por Emma.
    • Ever Eloise Landrum como Lenora Laferty (jovem)
  • Haley Bennett como Charlotte Russell,[3] mãe de Arvin e esposa de Willard.
  • Harry Melling como Roy Laferty, o pai de Lenora
  • Kristin Griffith como Emma Russell, avó de Arvin, mãe de Willard e mãe adotiva de Lenora.
  • David Atkinson como Earskell, tio-avô de Arvin e irmão de Emma.
  • Pokey LaFarge como Theodore, primo de Roy que perdeu o uso de suas pernas por beber substâncias venenosas.
  • Luke Whoriskey como o Soldado George ‘Mac’ Maccabe, um jovem soldado em estado de choque.
  • Douglas Hodge como Leroy Brown, um cafetão que mantém o xerife Bodecker em sua folha de pagamento. O xerife mata ele e seu guarda-costas para proteger suas chances de reeleição.
  • Drew Starkey como Tommy Matson, um dos valentões de Lenora.
  • Teddy Cole como o Hippie
  • Mia Wasikowska: Helen Hatton
  • Sebastian Stan: Lee Bodecker
  • Douglas Hodge: Tater Brown
  • Gregory Kelly: BoBo McDaniels
  • Abby Glover: Pamela-Sue Reacher
  • Jason Collett: Gary Matthew Bryson
  • David Maldonado: Henry Dunlop
  • Emma Coulter: Juanita
  • Gabriel Ebert

ProduçãoEditar

A produção de The Devil All the Time foi anunciada em setembro de 2018, com Tom Holland, Robert Pattinson, Chris Evans e Mia Wasikowska em negociações para estrelar. Antonio Campos foi escalado para escrever e dirigir o filme, com Jake Gyllenhaal como produtor. Em janeiro de 2019, Bill Skarsgård e Eliza Scanlen se juntaram ao elenco, e a Netflix foi escolhida para distribuir o filme.[4][5] Sebastian Stan foi escalado para substituir Evans, após conflitos de agendamento que o fizeram desistir e pessoalmente recomendou Stan para o papel.[6] Além disso, Jason Clarke, Riley Keough e Haley Bennett foram anunciados como parte do elenco,[7] e em março de 2019, Harry Melling também se juntou.[8] Danny Bensi e Saunder Jurriaans compuseram a trilha sonora do filme.[9]

As filmagens começaram em 19 de fevereiro de 2019, no Alabama, com locais de filmagem incluindo Blount County, Anniston, Deatsville, Pell City, Birmingham e Montevallo.[10] As filmagens foram concluídas em 15 de abril de 2019.[11][12]

LançamentoEditar

The Devil All the Time foi lançado em cinemas selecionados em 11 de setembro de 2020,[13][14][15] e digitalmente, na Netflix, em 16 de setembro de 2020.[16]

O filme foi o mais assistido na Netflix nos primeiros dois dias e o terceiro no geral nos primeiros cinco dias.[17] Em novembro de 2020, a Variety relatou que o filme foi o 22º título direto para streaming mais assistido de 2020 até aquele ponto.[18]

RecepçãoEditar

No Rotten Tomatoes, The Devil All the Time detém uma taxa de aprovação de 64% com base em 209 avaliações, com uma classificação média de 6,3/10. O consenso dos críticos do site diz: "A queda de The Devil All the Time nas trevas pode ser angustiante ao ponto de punição, mas é compensada por um forte trabalho de um elenco estelar."[19] No Metacritic, o filme tem uma pontuação média ponderada de 55 de 100, com base em 39 críticos, indicando "críticas mistas ou médias".[20]

Michael Phillips, do Chicago Tribune, escreveu: "É fácil para os olhos... vale a pena ver por um elenco intrigante, autenticando o ambiente o máximo possível. Holland é incrível, absorvendo cada novo revés na vida [de seu personagem] sem revelar toda a extensão dos danos."[3]

Ryan Lattanzio da IndieWire deu à The Devil All the Time um "C–" e chamou de "falha colossal, uma bagunça suada do início ao fim", embora ele elogiasse as performances de Holland e Pattinson.[21] Owen Gleiberman da Variety disse que "é difícil imaginar como um filme com tantos crimes e violência sórdidos poderia ser tão mecânico" e escreveu "The Devil All the Time nos mostra muito mau comportamento, mas o filme não está realmente interessado no que move os pecadores. E sem aquela curiosidade lúgubre, é apenas uma série de aulas da Escola Dominical: um noir que quer limpar a escuridão."[22]

Referências

  1. Ramos, Paula (8 de fevereiro de 2020). «THE DEVIL ALL THE TIME | Pattinson, Stan e Holland invadem a Netflix!». Coxinha Nerd. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  2. «O Diabo de Cada Dia | Divulgadas primeiras imagens de filme com Tom Holland e Robert Pattinson». Cinema com Rapadura. 3 de agosto de 2020. Consultado em 7 de agosto de 2020 
  3. a b c d «Netflix's The Devil All the Time Adds Bennett, Clarke, & Keough». archive.ph. 6 de maio de 2019. Consultado em 21 de julho de 2021 
  4. Kroll, Justin (16 de janeiro de 2019). «'It' Star Bill Skarsgard and 'Sharp Objects' Actress Eliza Scanlen Join Netflix's 'The Devil All the Time' (EXCLUSIVE)». Variety (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  5. «Chris Evans, Tom Holland Lead Antonio Campos Netflix Movie». Collider (em inglês). 16 de janeiro de 2019. Consultado em 21 de julho de 2021 
  6. Jr., Mike Fleming (14 de fevereiro de 2019). «Sebastian Stan Replacing Chris Evans In Netflix Film 'The Devil All The Time'». Deadline (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  7. Jr., Mike Fleming (20 de fevereiro de 2019). «Haley Bennett, Jason Clarke, Riley Keough Join 'The Devil All The Time' At Netflix». Deadline (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  8. Wiseman, Andreas (4 de março de 2019). «Netflix's Starry Pic 'The Devil All The Time' Adds 'Buster Scruggs' Star Harry Melling, Shoot Underway». Deadline (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  9. «Danny Bensi & Saunder Jurriaans to Score Antonio Campos 'The Devil All the Time' | Film Music Reporter» (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  10. «The Devil All the Time Locations». www.latlong.net (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  11. Casting, Project (8 de fevereiro de 2019). «Tom Holland's 'The Devil All The Time' is Now Casting!». Project Casting (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  12. «"Filming for the multi-million $$ @netflix film, "The Devil All the Time" happening in Bham today (Highland Park). Crew member says they're shooting the whole movie in AL & will wrap up April 15. The story is based on a book by David Ray Pollock & takes place in Ohio and West VA"». Twitter. Consultado em 21 de julho de 2021 
  13. «FilmInfo». www.landmarktheatres.com. Consultado em 21 de julho de 2021 
  14. Cinema, Alamo Drafthouse. «The Devil All the Time». drafthouse.com (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  15. «Cleveland Cinemas | The Devil All the Time». www.clevelandcinemas.com. Consultado em 21 de julho de 2021 
  16. «Tom Holland-starring Southern Gothic saga 'The Devil All the Time' to premiere on Netflix in September». EW.com (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  17. Brueggemann, Tom (21 de setembro de 2020). «'Antebellum' Immediate #1 on VOD Charts While RBG Films Soar on Apple TV». IndieWire (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  18. Bridge, Gavin (4 de novembro de 2020). «Data: 'Borat 2' Second Only to 'Hamilton' in Most Watched U.S. SVOD Movies of 2020». Variety (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  19. The Devil All the Time (2020) (em inglês), consultado em 21 de julho de 2021 
  20. The Devil All the Time, consultado em 21 de julho de 2021 
  21. Lattanzio, Ryan (11 de setembro de 2020). «'The Devil All the Time' Review: Netflix and Antonio Campos' Bloated Gothic Profoundly Fails a Terrific Cast». IndieWire (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021 
  22. Gleiberman, Owen (11 de setembro de 2020). «'The Devil All the Time' Review: Tom Holland and Robert Pattinson in a Netflix Drama of Small-Town Sin». Variety (em inglês). Consultado em 21 de julho de 2021