Abrir menu principal

The Devil Rides Out

The Devil Rides Out
O Diabo à Solta[1] (PRT)
As Bodas de Satã (BRA)
 Reino Unido
1968 •  cor •  95 min 
Realização Terence Fisher
Produção Anthony Nelson Keys
Argumento Richard Matheson
Baseado em The Devil Rides Out de Dennis Wheatley
Elenco Christopher Lee
Charles Gray
Niké Arrighi
Leon Greene
Patrick Mower
Gwen Ffrangcon-Davies
Sarah Lawson
Paul Eddington
Rosalyn Landor
Russell Waters
Eddie Powell
Género fantasia, terror
Música James Bernard
Cinematografia Arthur Grant
Edição Spencer Reeve
Companhia(s) produtora(s) Associated British-Pathé
Hammer Film Productions
Seven Arts Productions
Distribuição Warner-Pathé Distributors
Lançamento Reino Unido 20 de julho de 1968
Idioma inglês
Orçamento £ 285 000[2]
Receita 276 459 entradas (França)[3]
Página no IMDb (em inglês)

The Devil Rides Out (O Diabo à Solta (título em Portugal) ou As Bodas de Satã (título no Brasil)) é um filme britânico dos géneros fantasia e terror, realizado por Terence Fisher e escrito por Richard Matheson, com base no romance homónimo de 1934 do autor inglês Dennis Wheatley. Foi protagonizado por Christopher Lee, Charles Gray, Niké Arrighi e Leon Greene. Estreou-se no Reino Unido a 20 de julho de 1968.

ElencoEditar

  • Christopher Lee como Nicholas, duque de Richleau
  • Charles Gray como Mocata
  • Niké Arrighi como Tanith Carlisle
  • Leon Greene como Rex Van Ryn (dobrado por Patrick Allen)
  • Patrick Mower como Simon Aron
  • Gwen Ffrangcon-Davies como condessa
  • Sarah Lawson como Marie Eaton
  • Paul Eddington como Richard Eaton
  • Rosalyn Landor como Peggy Eaton
  • Russell Waters como Malin
  • Eddie Powell como Bode de Mendes (não creditado)

Não creditadoEditar

  • John Bown como rececionista
  • Yemi Ajibade como africano
  • Ahmed Khalil como indiano
  • Zoe Starr como indiana
  • Willie Payne como criado
  • Keith Pyott como Max
  • Mohan Singh como criado de Mocata
  • Liane Aukin como satanista
  • John Falconer como satanista
  • Anne Godley como satanista
  • Richard Scott como satanista
  • Peter Swanwick como satanista
  • Bert Vivian como satanista

OutrosEditar

  • John Brown
  • Richard Huggett

ReceçãoEditar

The Devil Rides Out recebeu críticas favoráveis. Possui uma classificação de 93% no sítio Rotten Tomatoes.[4] Howard Thompson do jornal The New York Times escreveu: "[O filme] sustenta sabor e atmosfera na bonita fotografia colorida [...]. Sob a realização de Terence Fisher [...] os primeiros vinte minutos são excelentes, como o aristocrata de aço, interpretado com uma dignidade suave por Christopher Lee, a tentar enganar os maus[...]. Este contra-ataque civilizado [...] e alguns diálogos realistas, constantes da ação até ao brilho, que agitam o clímax [...]. Além do senhor Lee, a atuação [...] é demasiada ampla. Entretanto, [...] "The Devil's Bride" sustenta-se em conjunto, e os espetadores supersticiosos poderiam fazer muito pior."[5] Já a equipa da revista Variety escreveu: "O realizador Terence Fisher festejou com esta fatia de magia negra, baseada no romance de Dennis Wheatley. Ele construiu um filme de suspense, com vários destaques difíceis, e obteve um efeito importante por tocar neste assunto sobre a morte em linha reta, que teve atuações sérias e semelhantes do seu elenco capaz. Christopher Lee desta vez está no lado dos bons."[6]

Referências

  1. «O Diabo à Solta». Cinecartaz. Público. Consultado em 24 de maio de 2016 
  2. Hearn, Marcus; Barnes, Alan (2007). The Hammer Story: The Authorised History of Hammer Films (em inglês). Londres: Titan Books. p. 121. ISBN 978-1845761851 
  3. Soyer, Renaud (13 de janeiro de 2014). «Terence Fisher box office» (em francês). Box Office Story 
  4. «The Devil Rides Out» (em inglês). Rotten Tomatoes. Consultado em 24 de maio de 2016 
  5. Thompson, Howard (19 de dezembro de 1968). «Screen: 'Devil's Bride':British Feature Delves Into the Occult». The New York Times Company. The New York Times (em inglês) 
  6. «Review: 'The Devil Rides Out'». Variety (em inglês). 31 de dezembro de 1967 

BibliografiaEditar

  • Rigby, Jonathan (2000). English Gothic: A Century of Horror Cinema (em inglês). Londres: Reynolds & Hearn. ISBN 1-903111-01-3 

Ligações externasEditar